Publicidade

Arquivo de maio, 2008

sábado, 31 de maio de 2008 Amistosos, Eurocopa, Seleção da Alemanha | 15:38

Que venha a Euro!

Compartilhe: Twitter

Foi no sufoco, mas a Alemanha venceu seu último teste antes da estréia na Eurocopa 2008, no próximo domingo, dia 8, contra a Polônia.

Em Gelsenkirchen, os germânicos viram a Sérvia abrir o marcador logo aos 18 minutos de jogo, com Jankovic. No segundo tempo, Neuville e Ballack marcaram os gols da virada e decretaram o placar final.

Venceu, mas não convenceu. A Alemanha tem mais uma semana de treinamentos antes da Euro, mas a torcida está desconfiada. O time que entrou jogando neste sábado é o considerado titular, somente com a ausência de Klose. Só resta saber quem sai: Kuranyi ou Gomez. Eu faria a dupla “KK” – Klose-Kuranyi – apesar de gostar demais do nome do Gomez.

Mas é sempre assim. A seleção chega desacreditada nos torneios que disputa, mas cresce no decorrer da competição. Apesar de ser um time jovem, versátil e até certo ponto veloz, não podemos esperar grandes atuações da Alemanha na Euro. Mas que vai brigar pelo título, isso vai.

A cobertura completa dos jogos da Alemanha você acompanha aqui no blog, com muitas informações, curiosidades e fotos interessantes.

Só para deixar registrado, o time que jogou foi esse:

Lehmann, Lahm (Podolski), Mertesacker (Friedrich), Metzelder e Jansen (Westermann); Fritz, Frings (Rolfes), Ballack e Schweinsteiger (Odonkor); Kuranyi (Neuville) e Gomez

Autor: Tags:

quinta-feira, 29 de maio de 2008 Amistosos, Jogadores brasileiros, Vídeos | 11:35

Breno estraga festa do Bayern

Compartilhe: Twitter

O que era para ser uma partida de festa, a última de Oliver Kahn com a camisa do Bayern, transformou-se num ringue de vale-tudo.

O time de Munique jogava contra uma equipe de Calcutá, na Índia, para mais de 120 mil torcedores, e num lance já no final da partida, um atacante indiano deu um carrinho por trás no zagueiro brasileiro Breno, que levantou e revidou com um forte chute na perna do jogador. E a confusão foi formada.

É só dar um play aí embaixo e assistir ao lance:

Ah, só para registrar, o Bayern de Munique venceu por 3 a 0, Oliver Kahn foi homenageado e o zagueiro expulso de campo, claro. E, apesar do carrinho forte do indiano, precisava disso?

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 28 de maio de 2008 Eurocopa, Seleção da Alemanha | 13:56

23 da Euro definidos

Compartilhe: Twitter

Joachim Löw anunciou nesta quarta-feira os três jogadores cortados da seleção alemã para disputa da Euro 2008. São eles: Jermaine Jones (Schalke 04), Patrick Helmes (Colônia) e Marko Marin (Borussia M’Gladbach). Os atletas, no entanto, poderão ser aproveitados se até o dia 8 de junho algum outro jogador se contundir com gravidade, sem possibilidade de jogar o torneio.

Dos 23 jogadores confirmados, o técnico da seleção alemã terá 3 goleiros, 7 defensores, 8 meio-campistas e 5 atacantes.

Veja a numeração (os jogadores com asterisco jogaram a Copa de 2006)

1 Jens Lehmann*
2 Marcell Jansen*
3 Arne Friedrich*
4 Clemens Fritz
5 Heiko Westermann
6 Simon Rolfes
7 Bastian Schweinsteiger*
8 Torsten Frings*
9 Mario Gómez
10 Oliver Neuville*
11 Miroslav Klose*
12 Robert Enke
13 Michael Ballack*
14 Piotr Trochowski
15 Thomas Hitzlsperger*
16 Philipp Lahm*
17 Per Mertesacker*
18 Tim Borowski*
19 David Odonkor*
20 Lukas Podolski*
21 Christoph Metzelder*
22 Kevin Kuranyi
23 René Adler

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 27 de maio de 2008 Amistosos, Seleção da Alemanha | 15:56

Valeu o teste?

Compartilhe: Twitter

Sem Borowski, Friedrich, Adler, Mario Gomez, Kuranyi e Rolfes, que ficaram em Mallorca se recuperando de leves contusões, a Alemanha entrou em campo nesta terça-feira contra Belarus – ou Bielorrússia, como preferir – em amistoso preparatório para Euro 2008. E empatou em casa: 2 a 2.

No primeiro tempo, com uma equipe forte, os alemães partiram para cima e abriram o placar com Klose, após receber bom passe de Podolski. O atacante estava alguns centímetros impedido, mas o bandeirinha não marcou nada. Na seqüência, Odonkor, surpresa na convocação e que fez uma bela partida, cruzou para área, e o zagueiro adversário marcou contra.

2 a 0 no placar e os germânicos tiraram o pé do acelerador. Tanto que Lehmann precisou fazer algumas boas defesas ainda no primeiro tempo. Algumas até espalhafatosas. Lehmann é e sempre foi um ótimo goleiro, mas a idade já começa a pesar, não passa por um bom momento e pode até prejudicar a equipe na competição.

Na segunda etapa, com as entradas de muitos reservas, a Alemanha ficou desfigurada. Levou um gol aos 15 minutos, marcado por Bulyga, mas mesmo assim continuava pressionando o time do leste europeu. A principal arma eram os chutes potentes de Trochowski, que entrou muito bem no jogo, com muita moral.

Com chances dos dois lados, quem acabou marcando foram os bielorrussos novamente. E de novo Bulyga, num chute forte de fora da área. Lehmann caiu, mas não conseguiu defender a bola no canto. Mas dava!

Além de Odonkor e Trochowski, que foram muito bem no amistoso, o experiente atacante Neuville, que entrou no segundo tempo, também foi uma grata surpresa no duelo. Sempre ligeiro e levando perigo para a zaga adversária.

Quando todos estiverem em condições físicas de jogo, a vaga no ataque, ao lado de Klose, deve ser de Mario Gomez ou Kuranyi. Podolski voltará para reserva.

Agora a seleção volta para Espanha, onde continua a preparação para Euro 2008. No próximo sábado, dia 31 de maio, os alemães jogam outro amistoso, desta vez contra a Sérvia, em Gelsenkirchen, último da equipe antes da competição.


Depois da cambalhota no gol, Klose lamenta chance perdida


Ê, Lehmann! Dava pra pegar essa…


Sou suspeito para falar, mas está linda essa camisa da Alemanha

Autor: Tags:

segunda-feira, 26 de maio de 2008 Bundesliga, Vídeos | 11:01

Os melhores do ano

Compartilhe: Twitter

Numa votação promovida pela revista Kicker com os jogadores da Bundesliga, o francês Franck Ribéry foi eleito o melhor do Campeonato Alemão, com 57,8% dos votos. Na segunda colocação, seu companheiro de Bayern, Luca Toni – 24,8%. Na terceira posição, com 8,5%, o meia brasileiro Diego.

Entre outros destaques, o zagueiro Bordon, ex-São Paulo e atualmente no Schalke, foi escolhido o melhor jogador da sua posição. Zé Roberto, do Bayern, foi eleito o segundo melhor meio-campista defensivo. E, além de Diego, que foi o melhor meio-campista ofensivo, Marcelinho Paraíba ficou entre os dez principais da posição.

Grande surpresa foi a má colocação do goleiro Oliver Kahn, que se aposentou dos gramados, e foi apenas o terceiro melhor de sua posição. René Adler, do Bayer Leverkusen, foi o vencedor, seguido por Robert Enke, do Hannover.

E para homenagear Ribéry e Toni, melhores jogadores da Alemanha, assista abaixo a este vídeo divertido dos dois. É um comercial de TV.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 22 de maio de 2008 Seleção da Alemanha | 13:32

Trocando as bolas

Compartilhe: Twitter

Na preparação para Euro 2008, em Mallorca (Espanha), os jogadores da seleção alemã trocaram a bola de futebol pela de basquete. E quem vê pensa que eles jogam bem com as mãos…


Klose passa por Kuranyi e parte para bandeja

Autor: Tags: ,

terça-feira, 20 de maio de 2008 Bundesliga, Fora dos campos | 14:00

Curtas da Alemanha

Compartilhe: Twitter

A temporada 2007/2008 da Bundesliga foi marcada pela grande presença dos torcedores nos estádios. Pouco mais de 12 milhões de espectadores acompanharam seus times nos 306 jogos realizados, uma média histórica de 39.448 pessoas por partida. Recorde absoluto!

O Borussia Dortmund, apesar da fraca campanha no Alemão, levou mais de 1 milhão e 200 mil pessoas ao seu campo, equivalente a uma média superior a 72 mil espectadores.

***

A Federação Alemã de Futebol divulgou nesta terça-feira que pagará 250 mil euros para cada jogador caso a seleção conquiste o título da Euro 2008.

Se a Alemanha ficar com o título, as premiações aos jogadores teriam um custo total de 5,75 milhões de euros, sem contar o pagamento ao técnico Joachim Löw e sua comissão técnica – cujo valores não foram divulgados.

***

O Bayern de Munique queria contar com o volante Gennaro Gattuso para próxima temporada, mas o jogador do Milan acabou com as esperanças bávaras e disse que prefere seguir no time italiano até o final de sua carreira.

Quem sai perdendo nessa história? O Bayern, que poderia ter o volante campeão mundial pela Itália, ou Gattuso, que perde a chance de jogar a próxima Liga dos Campeões numa equipe forte, até candidata ao título?

***

Por falar em Bayern, Ribery e Van Buyten, jogadores do atual campeão alemão, pregaram uma peça para cima de Oliver Kahn, que se aposentou dos gramados no último domingo.

O atacante e o zagueiro subiram no terraço de um prédio com um balde de água, esperaram o ex-goleiro sair e despejaram tudo em cima dele. Muito engraçado! Também, né… semana de festa em Munique. Assista ao vídeo no site do Bild CLICANDO AQUI.

A foto abaixo é só uma palhinha do vídeo

Autor: Tags:

segunda-feira, 19 de maio de 2008 Entrevistas exclusivas, Jogadores brasileiros | 11:13

Exclusiva com o brasileiro

Compartilhe: Twitter

Revelado nas categorias de base do Ituano, o zagueiro Vinícius Bergantin é titular absoluto na defesa do Hannover, uma das sensações da Bundesliga que terminou no último final de semana.

Conversei com o brasileiro sobre sua estadia na Alemanha, suas pretensões, sonhos, adaptação no futebol germânico e muitas outras coisas. Veja abaixo o bate-bola com Vinícius e conheça mais da sua carreira.

O Hannover terminou na 8º colocação da Bundesliga, melhor posição da equipe desde a temporada 1964/1965, ou seja, mais de 40 anos. A que se deve o bom rendimento do time nesta temporada?
A campanha do Hannover foi a melhor de todos os tempos. Isso se deve a mentalidade do clube, de querer crescer e não só se manter na 1ª divisão, como muitos outros fazem. O Hannover fez ótimas contratações, deu tranqüilidade para equipe técnica e para os jogadores trabalharem e crescerem num espaço em médio prazo.

A boa campanha poderá ser repetida na próxima temporada? Quais as ambições do Hannover para o futuro?
Creio que a campanha pode ser pelo menos mantida para o próximo campeonato, apesar de que os times que estão subindo para a 1ª divisão são equipes de tradição, então será mais difícil, mas estamos nos reforçando de novo. E se tudo correr bem, queremos lutar por uma vaga na copa da Uefa até o ano de 2010.

Na sua chegada à Alemanha, você teve algum difícil obstáculo a ser superado, assim como língua, comida, cultura…
Tive muitos obstáculos, como língua, culinária, frio, diferença do jogo entre o Brasil e Alemanha, mentalidade dos jogadores e do povo, saudades da família, dos amigos e do ambiente em que vivia, mas quando se tem um objetivo pela frente, tudo isso fica de lado. Assim, os obstáculos me fortaleceram e me fizeram crescer mais como pessoa e como profissional.

Você deixou o Brasil com 22 anos de idade e foi para a Europa sem ser muito conhecido da grande maioria dos brasileiros. Você acha que fez a escolha certa?
Tem razão, saí do Brasil com 22 anos, sem ter um nome forte no País, mas acho que fiz a escolha certa e foi a realização de um sonho, de jogar no futebol europeu, ainda mais num campeonato tão forte como é a Bundesliga.

Pretende continuar na Alemanha por muito tempo? Até quando vai seu contrato?
Tenho contrato até 2010 com o Hannover. Difícil prever alguma coisa até lá, já que no futebol pode acontecer muita coisa, mas posso dizer que estou contente aqui e não teria problema se fosse para continuar mais uns anos.

E jogar na Itália, já que possui cidadania italiana?
Tenho vontade de jogar em outro país aqui na Europa. Itália e a Espanha seriam as favoritas, por se parecerem mais com o Brasil. Seria ótimo se tivesse essa oportunidade.

Voltar a jogar no Brasil é uma possibilidade?
Gostaria de jogar mais um ou dois anos na Série A do Campeonato Brasileiro, mas como falei, no futebol não da pra fazer grandes previsões.

O Dunga anda chamando para seleção jogadores com pouco apelo popular aqui no Brasil. Da Alemanha, já convocou o Naldo, do Werder, que poucos conheciam. Você ainda sonha em ser lembrado algum dia?
O sonho sempre existe e nunca vai acabar. Estou lutando por isso. Caso não aconteça, sou consciente de que dei o melhor de mim e que o Brasil está servido de grandes jogadores.

A sua fase atual é a melhor na sua carreira? Ou você acha que já jogou melhor em clubes anteriores?
Acho que estou na melhor fase da minha carreira. As últimas duas temporadas foram muito boas pra mim. Sinto que estou mais amadurecido e me sinto bem fisicamente.

Para qual time você torce aqui no Brasil?
Prefiro não responder pra qual time eu torcia quando criança, pois infelizmente pode me trazer problemas para o futuro caso jogue numa equipe rival. Tem torcedores que não entendem e não aceitam isso, não acreditando no profissionalismo do jogador.

Ficha técnica

Nome: Vinícius Bergantin
Nascimento: 31/07/1980
Local: Salto-SP
Altura: 1,89m
Clube atual: Hannover
Camisa: 2
Clubes pelo qual já atuou: Ituano, São Caetano e Gama

Autor: Tags: ,

sábado, 17 de maio de 2008 Bundesliga | 21:45

Festa, emoção e lágrimas

Compartilhe: Twitter

A rodada final da Bundesliga foi marcada por muita festa, emoção e lágrimas no Allianz Arena. O Bayern goleou o Hertha por 4 a 1 – três de Toni, só pra variar – e levantou de forma oficial a taça da competição.

O jogo marcou a despedida de Oliver Kahn dos gramados de futebol. Já perto dos 45 minutos do segundo tempo, o goleirão foi substituído por Rensing, e os quase 70 mil presentes ao estádio aplaudiram de pé seu capitão, que vestiu a camisa do time de Munique por mais de 14 anos. Antes de deixar o gramado, Kahn cumprimentou um por um seus companheiros de time. Uma despedida emocionante!

E não parou por aí. Ainda aconteceram outros dois “adeus” neste sábado. Ottmar Hitzfeld dirigiu o Bayern pela última vez antes de assumir a seleção da Suiça, que joga a Euro 2008 a partir de junho. Muitas lágrimas também do árbitro Markus Merk, eleito por três vezes o melhor juiz do mundo, e que apitou seu último jogo oficial.

Foi uma festa muito bacana! Quem acompanhou pela televisão – assim como eu – deve ter ficado tão emocionado quanto os torcedores que estiveram no Allianz. Kahn fará muita falta ao Bayern, mas com certeza ele seguirá no clube, seja como dirigente, ou como técnico no futuro. Já a despedida de Ottmar é na verdade um “até logo”. A identificação do treinador com o time bávaro é imensa, que uma volta do comandante não é descartada.

A última rodada do campeonato definiu os times alemães das competições européias e o último rebaixado para segunda divisão. Veja abaixo:

Liga dos Campeões
Bayern de Munique
Werder Bremen
Schalke 04 (fase preliminar)

Copa da Uefa
Hamburgo
Wolfsburg
Borussia Dortmund (vice da Copa da Alemanha)
Hertha Berlim (classificado por “fair play”)

Copa Intertoto (classificatória para Copa da Uefa)
Stuttgart

Rebaixados
Nuremberg
Hansa Rostock
Duisburg

Algumas fotos da festa em Munique


O último gesto de Kahn como capitão do Bayern


Ottmar Hitzfeld e Markus Merk também dão adeus


Valeu, Kahn!

Autor: Tags:

sexta-feira, 16 de maio de 2008 Eurocopa, Seleção da Alemanha | 10:35

Pré-convocados para Euro

Compartilhe: Twitter

O técnico da seleção alemã Joachim Löw divulgou nesta sexta-feira a lista 26 de jogadores pré-convocados para disputa da Euro 2008. A lista definitiva, com 23 nomes, será divulgada pelo treinador até o dia 28 de maio. Veja abaixo:

GOLEIROS

Jens Lehmann (Arsenal-ING): Deve ser sua última competição oficial pela seleção alemã. E como titular.
Robert Enke (Hannover): Convocação justa. O melhor goleiro da Bundesliga.
Rene Adler (Bayer Leverkusen): Surpresa. Todos esperavam Hildelbrand, do Valencia, que é apontado como sucessor de Oliver Kahn. Eu ficaria com Hildelbrand.

DEFENSORES

Christoph Metzelder (Real Madrid-ESP): O zagueiro se recupera de uma lesão no pé e ainda é dúvida para o torneio. Pode ser cortado da lista definitiva. Mas se melhorar, é presença certa na equipe titular.
Per Mertesacker (Werder Bremen): Convocação justa. Também deve ser titular.
Philip Lahm (Bayern de Munique): É o melhor lateral do país, tanto que o Bayern renovou seu contrato nesta sexta-feira, até 2012.
Arne Friedrich (Hertha Berlim): Marca bem. Será uma opção boa no banco.
Marcel Jansen (Bayern de Munique): Não morro de amores por Jansen, ainda acho que existem zagueiros melhores na Alemanha.
Clemens Fritz (Werder Bremen): Justo. É um dos destaques defensivos de sua equipe e faz por merecer a convocação.
Heiko Westermann (Schalke 04): É bem limitado, mas tem a confiança de Löw.

MEIO-CAMPISTAS

Michael Ballack (Chelsea-ING): Titular absoluto e grande estrela da seleção. Recuperou o bom futebol na Inglaterra, após um período de desconfiança.
Thomas Hitzlsperger (Stuttgart): Sempre defendeu a seleção desde as categorias de base e merece a convocação.
Simon Rolfes (Bayer Leverkusen): É um dos que podem ser cortados, já que ainda não convenceu. Tem poucos jogos pela Alemanha.
Torsten Frings (Werder Bremen): É o motorzinho do Werder e será o titular na Euro. Joga demais!
Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique): Titular absoluto do Bayern e da seleção. Incansável.
Piotr Trochowski (Hamburgo): É bem limitado também. Mas não se tem bons volantes no futebol alemão que justifique a ausência de Trochowski.
Tim Borowski (Werder Bremen) É figurinha carimbada na seleção e não poderia ficar de fora dessa.
Jermaine Jones (Schalke 04) Bom jogador, voluntarioso e pode acabar como titular.
David Odonkor (Betis-ESP): Convocado pela primeira vez desde a Copa de 2006. Eu não chamaria. Seu time está mal das pernas na Espanha.
Marko Marin (Borussia Mönchengladbach) A grande supresa da lista, mas que não deve ir à Euro. O jovem de 19 anos jogou muito na segunda divisão e será observado pelo técnico.

ATACANTES

Mario Gomez (Stuttgart): Vem ganhando espaço constantemente na seleção e tem tudo para ser titular no ataque.
Miroslav Klose (Bayern de Munique): Tem créditos desde a Copa de 2006 e deve formar a dupla de ataque com Gomez.
Kevin Kuranyi (Schalke 04): Sempre oscilou, já foi intocável na Alemanha, mas tem que jogar bastante para jogar entre os 11.
Lukas Podolski (Bayern de Munique): Não está muito bem no Bayern, vem reclamando da reserva no time bávaro e terá que se contentar com a reserva da seleção.
Oliver Neuville (Borussia Mönchengladbach): Experiente. Levou sua equipe de volta à primeira divisão alemão, mas não acho que acrescentará mais nada na seleção.
Patrick Helmes (Colônia): Grande destaque na campanha do Colônia na volta à primeira divisão. Se mantiver o bom momento, estará na lista definitiva.

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última