Publicidade

Arquivo da Categoria Copa do Mundo

quinta-feira, 17 de junho de 2010 Copa do Mundo, Off-topic, Seleção da Alemanha | 08:43

Fim do mistério

Compartilhe: Twitter

Antes de mais nada, quero agradecer a todos os leitores que se empenharam e escreveram sobre meu último post. Foram muitos comentários e e-mails falando da comemoração de Klose, que sempre que marca um gol, faz um número três com a mão.

Os internautas Danilo e Hector mataram a charada. O atacante alemão faz esse gesto em homenagem à sua mulher Sylwia e aos dois filhos gêmeos Noah e Luan. Cada dedo representa um deles e o círculo fechado é referente à união da “família Klose”.

Uma bela homenagem do jogador. Não conhecia esse lado “paizão” de Miro. Agora torço mais do que nunca para que ele faça os gols para ser o maior artilheiro da história das Copas.


Além disso, muitos leitores se mostraram indignados com o tratamento que a Nationalelf recebe da imprensa brasileira no geral. Simplesmente não conhecem nada do time. Özil substituto de Ballack? Podolski no Colônia desde 2006? Khedira tunisiano? Mario Gomez argentino?

Estudar um pouquinho a seleção tricampeã não custa nada antes de falar bobagem, né?

Mas enfim. Vamos ao que interessa. O time de Joachim Löw volta a campo nesta sexta-feira para enfrentar a Sérvia, pela segunda rodada do grupo D da Copa do Mundo. A torcida na Alemanha ficou bastante empolgada com a atuação na estreia diante da Austrália e espera mais uma boa exibição.

> Leia a apresentação completa da partida
> Acompanhe o jogo em tempo real no iG

Palpite? Acho que 3 a 1 está de bom tamanho. Acredito que a Alemanha não vá apresentar um futebol tão vistoso como o de domingo passado, mas deve ter uma atuação muito eficiente. Aposto em gols de Klose (2) e Cacau.

Local: Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth
Data: 18 de junho de 2010, sexta-feira
Horário: 8h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Alberto Undiano (ESP)
Assistentes: Fermin Martinez e Juan Carlos Yuste Jimenez (ambos ESP)

ALEMANHA: Neuer, Lahm, Mertesacker, Friedrich e Badstuber; Khedira, Schweinsteiger, Müller e Özil; Podolski e Klose. Técnico: Joachim Löw

SÉRVIA: Stojkovic; Ivanovic, Subotic, Vidic e Kolarov; Milijas, Stankovic, Krasic e Jovanovic; Zigic e Pantelic. Técnico: Radomir Antic

Off-topic

Pra quem gosta de cinema assim como ama futebol, vale esta dica bacana. No final de semana estreia o filme Kick-Ass no Brasil, e o meu caro amigo Lucas Nascimento fez a crítica e um especial super bacana. Vale a pena ler nos links abaixo :)

> Especial Kick-Ass
> Crítica do filme

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 09:14

Três o que?

Compartilhe: Twitter

Assisti à estreia contra a Austrália na rede Globo e fiquei espantado com a falta de informações que se tem da seleção alemã. Primeiro acham que o time inteiro é formado por jogadores naturalizados e sem identificação com o país. O que é errado, claro. Dos 23 convocados, cinco não nasceram na Alemanha: Piotr Trochowski, Lukas Podolski e Miroslav Klose (Polônia), Marko Marin (Bósnia) e Cacau (Brasil).

Todos, menos Cacau, foram para a Alemanha ainda muito jovens, crianças, e nunca jogaram futebol em seus países de origem. E nos casos de Özil, Boateng, Aogo, Mario Gomez e Khedira, todos têm descendência estrangeira, mas nasceram na Alemanha.

Outra desinformação é sobre a comemoração de Miroslav Klose. Quem acompanha o futebol alemão, sabe que o atacante, sempre que marca gols, mostra um número três com a mão. Sinceramente, não sei o que significa isso. Já procurei em muitos lugares, mas nunca encontrei.

Na Globo, quando Klose marcou de cabeça contra a Austrália, Galvão Bueno disse que o três com a mão foi referente ao número de gols que faltam para ele se igualar a Gerd Müller como maior artilheiro alemão em Copas do Mundo. O que é uma grande bobagem, porque ele sempre comemorou assim.

Se não sabe, não fala. Como eu não sei, não vou chutar aqui o motivo pelo qual ele faz o número três.
Aliás, alguém ai sabe? Comentários são bem-vindos :)

Para não falarem que estou ficando louco, consegui algumas fotos do Klose fazendo a comemoração desde os tempos de Werder Bremen. Veja abaixo:

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

domingo, 13 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 17:42

Estreia de gala

Compartilhe: Twitter

Que início de Copa do Mundo! A Alemanha praticamente não deu chances para a Austrália e goleou no primeiro duelo no Mundial de 2010. Arrisco-me a dizer que foi a melhor atuação da seleção alemã nos últimos tempos. Um time paciente, com muita força defensiva, criatividade e velocidade. No final das contas, 4 a 0, fora o baile.

É difícil apontar um jogador  que tenha sido destaque individual. O grupo foi impecável. No primeiro tempo, a Alemanha esteve perfeita. Até começou um pouco nervosa, tomando um sufoco da Austrália. Logo aos três minutos, o time da Oceania chegou com perigo, mas Lahm conseguiu bloquear um chute de Garcia, já na pequena área.

> Leia o relato completo da partida
> Veja galeria com as melhores fotos da estreia

Depois disso, a Nationalelf tomou conta do jogo. No primeiro gol, Özil deu um passe espetacular e encontrou Müller livre dentro da área. O cruzamento foi para trás, passou por Klose, e Podolski chegou soltando a bomba de esquerda para abrir o placar.

Klose queria marcar o seu e após um cruzamento de Poldi, perdeu uma chance incrível para ampliar. Sozinho dentro da área, finalizou para fora. Alguns minutos mais tarde, o matador não perdoou. Lahm cruzou da esquerda e Klose antecipou o goleiro e um zagueiro adversário para marcar de cabeça. Foi seu 11º gol em Copas do Mundo. Se chegar aos 15, se iguala ao brasileiro Ronaldo como maior marcador na história do torneio.

O show continuou na segunda etapa. A Austrália voltou melhor, mas logo a Alemanha botou ordem na casa e chegou à goleada. As coisas ficaram mais fáceis com a expulsão do australiano Cahill. Müller fez o terceiro deixando um zagueiro sentado no chão e o quarto foi anotado pelo brasileiro Cacau, após passe de Özil.

Foi uma estreia de gala. A jovem equipe alemã mostrou que tem condições de fazer uma boa campanha e, por que não, repetir a final da Copa de 2002 contra o Brasil. Próximo jogo é na sexta-feira que vem, dia 18, contra a Sérvia, que perdeu para Gana no primeiro jogo.

Atuações

Neuer – Pouco exigido. Pegou um cruzamento aqui, outro ali. Nota 6,0
Lahm – Marcou bem como sempre e chegou diversas vezes com eficiência no ataque. Fez a assistência do 2º gol. Nota 7,5
Mertesacker – O xerifão da zaga ganhou todas pelo alto e por baixo. Nota 7,0
Friedrich – Ligado no jogo, mas o ataque da Austrália não dificultou muito seu trabalho. Nota 6,0
Badstuber – Era o lateral-esquerdo na teoria, mas na prática jogou como terceiro zagueiro. Subiu pouco. Nota 6,0
Khedira – Ótima atuação, substituindo Ballack à altura. Chegou diversas vezes no ataque como elemento surpresa. Nota 7,0
Schweinsteiger – Não é o capitão, mas é o líder da equipe dentro de campo. Todas as bolas passaram pelos seus pés. Nota 8,0
Özil – Foi o maestro! Deu o toque de classe no meio-campo e participou ativamente de dois gols, além de mostrar habilidade e categoria em muitos outros lances. Nota 9,0
Müller – Jogou como um legítimo ponta direita. Infernizou a zaga australiana e ainda marcou um gol. Nota 8,5
Podolski – Esse é um caso à parte. Podolski se transforma com a camisa da Alemanha. Fez um gol, deu passes geniais e ainda ajudou na marcação. Nota 8,5
Klose – Mostrou muita vontade e raça. Perdeu dois gols, mas estava lá para deixar sua marca. Mais 4 gols e entra para história. Nota 7,5
Cacau – Entrou, fez seu gol e ainda deu mais velocidade ao ataque. Bela atuação. Nota 7,5
Mario Gomez – Recebeu algumas bolas, mas pouco fez na partida. Pareceu um pouco pesado. Nota 5,5
Marin – Começou na reserva e entrou no segundo tempo. Foi veloz, tentou alguns dribles, mas perdeu a bola em todos eles. Nota 5,5

Local: Estádio Moses Mabhida, em Durban (África do Sul)
Data: 13 de junho de 2010, domingo
Horário: 15h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Marco Rodríguez (México)
Assistentes: Jose Luis Callado (México) e Alberto Mendez (México)
Cartões amarelos: Özil, Cacau (Alemanha); Neill, Moore, Valeri (Austrália)
Cartão vermelho: Cahill (Austrália)
Gols: ALEMANHA: Podolski, aos 8 minutos, e Klose, aos 26 minutos do primeiro tempo; Müller, 23 minutos, e Cacau, 25 minutos do segundo tempo

Autor: Tags: , , , , , , ,

sábado, 12 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 20:19

Chegou a hora

Compartilhe: Twitter

Neste domingo é a vez da Alemanha entrar em campo e estrear na Copa do Mundo contra a Austrália, em Durban, no estádio Moses Mabhida. É a chance dos novos talentos alemães mostrarem do que são capazes na luta pelo tetracampeonato.

> Leia a apresentação da partida
> Acompanhe em tempo real pelo iG

Palpite? 2 a 0 para Alemanha, gols de Mesut Özil e Miroslav Klose. Sim, Klose, em busca de cinco gols para igualar Ronaldo como maior artilheiro da história de Copas do Mundo.

Local: Estádio Moses Mabhida, em Durban (África do Sul)
Data: 13 de junho de 2010, domingo
Horário: 15h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Marco Rodríguez (México)
Assistentes: Jose Luis Callado e Alberto Mendez (ambos do México)

ALEMANHA: Neuer, Lahm, Mertesacker, Friedrich e Badstuber (Boateng); Khedira, Schweinsteiger, Trochowski e Özil; Podolski e Klose. Técnico: Joachim Löw

AUSTRÁLIA: Schwarzer, Carney, Chipperfield, Neill e Moore; Cahill, Culina, Emerton e Grella; Kennedy e Kewel. Técnico: Pim Verbeek

Após a partida, as informações, comentários e notas dos jogadores aqui no blog! Viel Glück Nationalelf

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 11 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 00:57

Imagens da Alemanha

Compartilhe: Twitter

Antes de mais nada, quero explicar os poucos posts que tenho colocado aqui no blog às vésperas da estreia da Alemanha na Copa do Mundo. O Mundial é muuuuito legal… mas para se assistir! Trabalhar com Copa é uma correria danada, não dá tempo nem para você respirar.

Mas enfim… para movimentar esse espaço, encontrei umas imagens legais sobre a seleção alemã. Vou colocá-las numa galeria aqui embaixo (para ampliar, é só clicar).

As primeiras são de Thomas Müller no treinamento da equipe, mostrando o dedo do meio para seus companheiros. Claro que era uma brincadeira, mas é muito feio. Que é isso! Depois, algumas imagens dos jogadores da seleção posando para fotos, a pedido do diário Bild. Não sei qual o propósito, mas está bem bizarro.

Desnecessário!

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

segunda-feira, 7 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 11:41

Curtas da Alemanha

Compartilhe: Twitter

A Nationalelf já está em solo sul-africano. A delegação alemã desembarcou neste domingo no país da Copa e agora só treinará até a estreia contra a Austrália, no dia 13 de junho. A Alemanha chegou no maior avião do mundo, o Airbus A380, e teve 526 passageiros à bordo, contando jogadores, comissão técnica, dirigentes e torcedores.

E seleção alemã é a mais jovem desde a Copa do Mundo de 1934. São apenas três jogadores acima dos 30 anos – Klose, Butt e Friedrich -, com média de idade de 24,96 anos. Dos 23 atletas convocados, sete jogaram o último Mundial Sub-21: Neuer, Özil, Khedira, Boateng, Kroos, Aogo e Marin.

Joachim Löw surpreendeu e liberou a bebida na concentração da Alemanha na Copa. Cerveja e vinho são permitidos, contanto que seja com moderação para não prejudicar o time na disputa do Mundial.

Dos 736 jogadores de todas as seleções convocados para a Copa do Mundo, 61 atuam no futebol alemão. A Bundesliga está atrás apenas do Campeonato Inglês, que conta com 96 atletas. Veja quais são os nomes das listas finais divulgadas na última semana (sem contar, claro, os 23 da própria seleção alemã):

Suiça (7): Diego Benaglio (Wolfsburg), Mario Eggimann (Hannover), Steve von Bergen (Hertha Berlim), Tranquillo Barnetta e Eren Derdiyok (Bayer Leverkusen), Pirmin Schwegler (Eintracht Frankfurt), Albert Bunjaku (Nuremberg)
Holanda (5): Khalid Boulahrouz (Stuttgart), Joris Mathijsen e Eljero Elia (Hamburgo), Mark van Bommel e Arjen Robben (Bayern de Munique)
Sérvia (5): Antonio Rukavina (Munique 1860), Neven Subotic (Borussia Dortmund), Gojko Kacar (Hertha Berlim), Zdravko Kuzmanovic (Stuttgart), Zoran Tosic (Colônia)
Eslováquia (5): Jan Durica (Hannover), Peter Pekarik (Wolfsburg), Radoslav Zabavnik (Mainz 05), Erik Jendrisek (Kaiserslautern), Stanislav Sestak (Bochum)
Camarões (4): Georges Mandjeck (Kaiserslautern), Joel Matip (Schalke 04), Eric Maxim Choupo-Moting (Nuremberg), Mohamadou Idrissou (Freiburg)
Eslovênia (4): Miso Brecko (Colônia), Matej Mavric (Koblenz), Zlatko Dedic (Bochum), Milivoje Novakovic (Colônia)
Paraguai (3): Jonathan Santana (Wolfsburg), Lucas Barrios e Nelson Valdez (Borussia Dortmund)
Argélia (3): Anthar Yahia (Bochum), Karim Ziani (Wolfsburg), Karim Matmour (Borussia Mönchengladbach)
Dinamarca (3): Daniel Jensen (Werder Bremen), Thomas Kahlenberg (Wolfsburg), Søren Larsen (Duisburg)
Gana (3): Hans Sarpei (Bayer Leverkusen), Isaac Vorsah e Prince Tagoe (Hoffenheim)
Estados Unidos (3): Steven Cherundolo (Hannover), Michael Bradley (Borussia Mönchengladbach), Ricardo Clark (Eintracht Frankfurt
Brasil (2): Josué e Grafite (Wolfsburg)
Costa do Marfim (2): Arthur Boka (Stuttgart), Guy Demel (Hamburgo)
Grécia (2): Angelos Charisteas (Nuremberg), Theofanis Gekas (Hertha Berlim)
Nigéria (2): Obafemi Martins (Wolfsburg), Chinedu Obasi (Hoffenheim)
Argentina (1): Martin Demichelis (Bayern de Munique)
Austrália (1): Dario Vidosic (Duisburg)
Chile (1): Arturo Vidal (Bayer Leverkusen)
França (1): Franck Ribéry (Bayern de Munique)
Japão (1): Makoto Hasebe (Wolfsburg)
México (1): Ricardo Osorio (Stuttgart)
Portugal (1): Hugo Almeida (Werder Bremen)
Coréia do Sul (1): Cha Du-Ri (Freiburg)

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 3 de junho de 2010 Amistosos, Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 18:12

Rumo à África

Compartilhe: Twitter

No último amistoso da Alemanha antes da Copa do Mundo, mais uma atuação convincente e uma boa vitória na despedida da torcida. Dessa vez, a vítima foi a Bósnia, que teve em campo o “quarteto mágico” da Bundesliga, formado por Misimovic, Salihovic, Ibisevic e Dzeko.

A partida foi disputada na Commerzbank-Arena, casa do Frankfurt, para um público de 48 mil pessoas.

Os visitantes saíram na frente com gol de Dzeko, numa bobeira do lateral Philipp Lahm. O capitão da Nationanelf, no entanto, se recuperou no segundo tempo e marcou um golaço para empatar. No fim, em duas cobranças perfeitas de pênalti, Schweinsteiger decretou o placar de 3 a 1.

O time que entrou em campo deve ser o mesmo da estreia. A surpresa ficou por conta da presença de Holger Badstuber pela esquerda. O setor estava cotado para ser de Aogo ou Jansen, mas o jovem atleta do Bayern de Munique parece que ganhou a vaga.

Klose começou como titular no ataque e, mais uma vez, esteve apagado. Özil foi muito bem no meio-campo, assim como o baixinho Marko Marin, que entrou aos 25 minutos do segundo tempo e infernizou a zaga adversária.

Escalação: Neuer, Lahm, Mertesacker, Friedrich e Badstuber; Khedira, Schweinsteiger, Trochowski e Özil; Podolski e Klose.
Entraram: Müller, Cacau, Marin, Mario Gomez, Tasci e Kroos.

Logo ao final da partida, o treinador Joachim Löw foi entrevistado por uma TV local. O apresentador perguntou se ele pensa em colocar Cacau como titular na vaga de Klose, já que o brasileiro entrou muito bem no jogo.

O treinador ficou mudo por uns 5 segundos, pensando, e ressaltou a importância que Klose tem dentro no grupo, não só pela experiência, mas por também buscar a artilharia geral de todas as Copas. A motivação faz sentido. Klose tem 10 gols em Copas, enquanto Ronaldo já fez 15. O alemão Gerd Müller é o segundo colocado, com 14.

Agora, a delegação alemã parte para a África do Sul, onde termina sua preparação paa estreia contra a Austrália, no dia 13 de junho.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 15:57

Foto oficial

Compartilhe: Twitter


Clique para ver numa resolução maior

1ª fileira: Serdar Tasci, Thomas Müller, Mario Gomez, Holger Badstuber, Per Mertesacker, Stefan Kiessling, Marcell Jansen, Jerome Boateng e Sami Khedira;

2ª fileira: Oliver Bierhoff (diretor técnico), Andreas Köpke (treinador de goleiros), Arne Friedrich, Bastian Schweinsteiger, Dennis Aogo, Miroslav Klose, Lukas Podolski, Hansi Flick (auxiliar técnico) e Joachim Löw (treinador);

3ª fileira: Piotr Trochowski, Marko Marin, Philipp Lahm, Hans-Jörg Butt, Manuel Neuer, Tim Wiese, Toni Kroos, Mesut Özil e Cacau.

Esses são os caras que vão buscar o tetra para a Alemanha lá na África do Sul! Viel Glück

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 1 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 12:12

Quebra-cabeça de Löw, Beck fora e a numeração

Compartilhe: Twitter

São cinco posições já definidas entre os titulares, de acordo com o diário Bild. Joachim Löw ainda quebra a cabeça para definir o time alemão que estreia contra a Austrália, dia 13 de junho. Seis lugares no campo estão em aberto. Neuer será o goleiro, com Mertesacker na zaga, Khedira e Schweinsteiger como volantes, Özil na armação e Podolski no ataque. Claro que Lahm é titular absoluto. Mas ainda não se sabe se na lateral-esquerda ou na direita.

O número 1 do quebra-cabeças aí em cima é no ataque. Eu colocaria Cacau. A posição 2 é no meio-campo pela direita. A imprensa alemã não dá opção de Kroos, mas mesmo assim eu ficaria com Trochowski ao invés de Müller. A peça número 3 seria de Lahm, pela direira. Na zaga, a número 4, Friedrich é o mais indicado, enquanto na lateral-esquerda, briga boa entre Jansen e Aogo, mas eu colocaria Jansen no número 5, mais pela experiência.

E você?

**Post atualizado às 16h01
Aliás, Joachim Löw teve que indicar à Fifa, nesta terça-feira, o corte de um jogador. Eu apostava em Stefan Kiessling, principalmente pelas ausências de Ballack, Träsch e Westermann, mas o treinador decidiu deixar o lateral-direito Andreas Beck de fora. Acertaram alguns leitores :)

A númeração para a Copa do Mundo também foi definida. O número 13 de Michael Ballack ficou com Thomas Müller. Só lembrando que uma das maiores lendas do futebol alemão também vestiu a 13 e tinha o mesmo sobrenome: Gerd Müller. Seria um presságio?

1 – Manuel Neuer
2 – Marcell Jansen
3 – Arne Friedrich
4 – Dennis Aogo
5 – Serdar Tasci
6 – Sami Khedira
7 – Bastian Schweinsteiger
8 – Mesut Özil
9 – Stefan Kiessling
10 – Lukas Podolski
11 – Miroslav Klose
12 – Tim Wiese
13 – Thomas Müller
14 – Holger Badstuber
15 – Piotr Trochowski
16 – Philipp Lahm
17 – Per Mertesacker
18 – Toni Kroos
19 – Cacau
20 – Jerome Boateng
21 – Marko Marin
22 – Jörg Butt
23 – Mario Gomez

E como desgraça pouca é bobagem, o goleiro titular Manuel Neuer não treinou com a equipe alemã por conta de uma infecção intestinal. Ainda não está claro se esse problema pode tirar o jogador da Copa do Mundo, mas exames serão feitos para indicar a gravidade. Só faltava essa.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 31 de maio de 2010 Amistosos, Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 11:00

Sai zica!

Compartilhe: Twitter

A seleção alemã confirmou o corte de mais um jogador da Copa do Mundo. O defensor Heiko Westermann, do Schalke 04, fraturou o pé no amistoso de sábado contra a Hungria e não vai ao Mundial da África do Sul. O lance que causou a lesão do jogador foi nos últimos minutos de partida, quando a Alemanha já vencia por tranquilos 3 a 0.

É uma perda importante para Nationalelf, já que além de zagueiro, Westermann poderia atuar como volante, nas vagas justamente de Ballack ou Träsh, também cortados por lesão.

Agora restam 24 jogadores na preparação da Alemanha, sendo que Joachim Löw ainda cortará um. Andam dizendo por lá que esse atleta preterido será o atacante Stefan Kiessling. E acredito que será o jogador do Bayer Leverkusen mesmo.

Sobre o amistoso, triunfo sem muitas dificuldades diantes dos húngaros, que têm uma boa geração de novos talentos. Esse sim foi um teste válido. Os gols foram anotados por Podolski (pênalti), Mario Gomez e Cacau. Lahm, Schweinsteiger e Müller foram poupados, por isso não entraram em campo.

O time jogou assim: Neuer, Boateng , Mertesacker, Friedrich (Badstuber) e Westermann; Khedira (Aogo), Kroos (Marin), Trochowski (Jansen) e Özil (Cacau); Podolski e Klose (Gomez).

A boa notícia ficou por conta da boa atuação de Khedira como primeiro volante. O atleta do Stuttgart foi o melhor em campo, com bons desarmes e chegando bem ao ataque. Deverá ser o titular na Copa com esse monte de ausência no setor. Klose, por sua vez, foi muito mal. Entrou como titular, com a braçadeira de capitão, mas não levou perigo ao gol adversário.

Já Cacau entrou no intervalo e mais uma vez mandou muito bem, com boa movimentação e um belo gol. E a dupla de zaga formada por Mertesacker e Friedrich não deu chances ao ataque da Hungria e pode ser mantida para o Mundial.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última