Publicidade

Arquivo da Categoria Fora dos campos

sexta-feira, 19 de julho de 2013 Fora dos campos, Vídeos | 09:36

Guardiola leva porrada de goleiro reserva

Compartilhe: Twitter

Momentos antes da foto oficial da temporada 2013/2014 no Bayern de Munique, o goleiro reserva Tom Starke acertou uma porrada em cheio no rosto do treinador Pep Guardiola, que parece ter sentido o golpe. É claro que o movimento foi sem querer, Starke estava conversando com outros jogadores, mas deve ter doído bastante no comandante. Pegou em cheio no olho…

A foto ficou assim:

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 11 de julho de 2013 Bundesliga, Fora dos campos | 12:59

Schalke e Dortmund salvam rival regional

Compartilhe: Twitter

O tradicional Duisburg, clube alemão que existe desde 1902 e um dos fundadores da Bundesliga, ficou na 11ª colocação na última edição da 2.Bundesliga, mas não conseguiu apresentar as garantias financeiras necessárias para jogar a 2ª divisão da próxima temporada e foi rebaixado para 3ª.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na Alemanha funciona assim. Se uma equipe não atender aos critérios econômicos estabelecidos pela Federação, é automaticamente rebaixado.

Porém, sem recursos suficientes, o Duisburg correu o risco de não disputar nem a 3ª divisão de 2013/2014 e quase sofreu outra queda, dessa vez para a Regionalliga, que é uma espécie de 4ª divisão dividida em várias ligas regionais menores. O clube precisava de cerca de 600 mil euros para ter condições de jogar a 3.Liga e conseguiu esse valor com dois grandes rivais: Schalke e Borussia Dortmund.

A cidade de Duisburg é colada a Gelsenkirchen e vizinha a Dortmund, fazendo parte da região do Vale do Ruhr, no noroeste germânico. Sabendo das dificuldades financeiras que o outrora adversário da elite alemã passa, os Azuis-Reais e os Amarelos não hesitaram em ajudar as Zebras e fizeram um empréstimo de 300 mil euros cada, permitindo que o Duisburg disputasse a 3ª divisão.

Além disso, Schalke e Dortmund ainda farão amistosos para arrecadar fundos para o Duisburg.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Ajudar financeiramente outras equipes é uma prática comum na Alemanha. O Bayern de Munique é o maior “solidário” entre todos os clubes, já tendo, inclusive, emprestado dinheiro para o Borussia Dortmund, que estava à beira da falência no começo dos anos 2000. Alemannia Aachen, St. Pauli e o arquirrival Munique 1860 também receberam apoio dos Bávaros.

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 10 de julho de 2013 Fora dos campos | 19:21

Bayern e Schalke cometem gafe em fotos

Compartilhe: Twitter

Nesta terça-feira, o Bayern de Munique jogou um amistoso preparatório contra o Brescia, na Itália, e venceu por 3 a 0 – gols de Müller, Kroos e Kirchhoff. Antes do duelo, os jogadores posaram para uma foto de toda equipe e pouca gente percebeu que Mario Gomez estava lá. Como assim? Na verdade, o atacante já está negociado com a Fiorentina, nem jogou, mas sua camisa número 33 estava presente na imagem. E quem vestiu o uniforme do ex-atacante bávaro foi o zagueiro Badstuber, que ainda se recupera de uma lesão grave no joelho.

É claro que essa ainda não é a tradicional foto oficial da temporada do Bayern de Munique. O Schalke, porém, já tirou a sua imagem oficial, mas um pouco antes da hora. Isso porque alguns jogadores importantes ficaram de fora, como Jermaine Jones, Uchida, Papadopoulos, Escudero e Annan. Eles ainda não e apresentaram para pré-temporada.

Os Azuis-Reais poderiam ter esperado o elenco ficar completo, né?

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 14 de maio de 2013 Fora dos campos | 13:50

Roupa nova do Stuttgart

Compartilhe: Twitter

Em primeira mão, as novas camisas do Stuttgart para a próxima temporada. A Puma caprichou no uniforme dos Schwaben, hein? Lindos demais. Para mim, os mais bonitos dos times alemães que já divulgaram.

Camisa de mandante

Camisa de visitante

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 10 de maio de 2013 Bundesliga, Fora dos campos | 10:26

Camisas novas de Bayern e Schalke, e a rodada

Compartilhe: Twitter

Depois de Bayer Leverkusen e Wolfsburg, agora é a vez de Bayern de Munique e Schalke divulgarem de forma oficial suas novas camisas para próxima temporada. Dá uma conferida aí embaixo:

Bayern de Munique – camisa de mandante

Schalke – camisa de visitante

Por falar em Schalke, o clube anunciou também a renovação de contrato do jovem meia-atacante Draxler. Sondado pelo Borussia Dortmund, o atleta aumentou seu vínculo com os Azuis-Reais até 2018 e sua multa rescisória subiu para 45 milhões de euros. Além dele, Höwedes também renovou seu contrato até 2017, assim como Meyer. Já Matip estendeu seu vínculo até 2016.

Agora, a Bundesliga. A 33ª e penúltima rodada será toda disputada neste sábado, às 10h30. Ainda tem briga pro Champions, Europa League e rebaixamento. Muita coisa já pode ser definida no fim de semana.

Confira a programação e os palpites da 33ª rodada:

Mainz 1 x 1 Borussia M’gladbach
Schalke 3 x 0 Stuttgart
Bayer Leverkusen 2 x 0 Hannover
Fortuna Düsseldorf 2 x 1 Nuremberg
Greuther Fürth 1 x 0 Freiburg
Bayern de Munique 4 x 0 Augsburg (10h30 – ESPN Brasil)
Hoffenheim 2 x 1 Hamburgo
Wolfsburg 1 x 1 Borussia Dortmund
Werder Bremen 1 x 2 Eintracht Frankfurt

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 9 de maio de 2013 Fora dos campos | 08:40

Wolfsburg, o River Plate verde

Compartilhe: Twitter

Fim de campeonato é sempre assim. Mesmo com alguns jogos ainda por fazer, os clubes alemães começam a divulgar suas novas camisas para temporada seguinte e costumam até estrear os modelos nos últimos jogos que fazem em casa. O Bayer Leverkusen já mostrou sua tendência “Homens de Preto” e agora é a vez do Wolfsburg apresentar sua roupa nova, ao bom estilo River Plate, da Argentina. Só que verde.

Eu gostei. Para variar, a Adidas sempre acertando no que faz.

Veja as imagens abaixo:
(Clique para ampliá-las)

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 8 de maio de 2013 Fora dos campos | 21:38

Os "Homens de Preto" do Bayer Leverkusen

Compartilhe: Twitter

Bem bonita a nova camisa do Bayer Leverkusen, hein? O modelo que é predominante preto – camisa, short e meião – será usado em todos os jogos da temporada 2013/2014 disputados na BayArena, inclusive os da Champions League. A imagem divulgada ainda está sem o patrocinador master, já que a “Sunpower”, atual empresa que estampa a camisa, deixará de ser anunciante a partir de junho. O clube, aliás, já está em busca de um novo parceiro.

Clique na imagem para ampliar:

Autor: Tags: ,

terça-feira, 7 de maio de 2013 Fora dos campos, Liga dos Campeões | 14:54

Será?

Compartilhe: Twitter

Está circulando na internet um suposto esboço da nova camisa que o Borussia Dortmund vai usar já na final da Champions League, no próximo dia 25 de maio, contra o Bayern de Munique. De acordo com a imagem, o uniforme amarelo terá cordões pretos na gola e o escudo do clube estará dentro de uma coroa de louros.

Será? A conferir.

*Dica do sempre atento leitor Marcos Abraao, o Bob

Autor: Tags: ,

Bundesliga, Fora dos campos | 08:30

O modelo comercial de sucesso da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

Há algum tempo planejo colocar aqui um texto muito legal e esclarecedor que li do amigo Alexandre Perin, do blog Almanaque Esportivo. Ele conta de forma resumida como funciona o modelo comercial que é sucesso na Bundesliga e que torna o Campeonato Alemão um dos mais atraentes do mundo. Aliás, a série completa do estudo sobre o futebol alemão pode ser vista clicando aqui.

Vale a pena conferir abaixo:

Para ser dono de um time de futebol na Alemanha basta ser dono de uma vasta fortuna e comprar um time. Certo? Errado! Dos 36 times da primeira e segunda divisão da Alemanha, 34 são controlados por seus torcedores, incluindo o gigantesco Bayern de Munique. Apenas o Bayer Leverkusen (da indústria química “Bayer”), o Wolfsburg (da montadora “Volkswagen”) possuem “donos”, e ambos por razões históricas, já que foram fundados e são bancados há mais de 60 anos por estas empresas.

As regras financeiras são rigorosas e as punições em caso de débitos com clubes e jogadores são inflexíveis. Eventualmente algum magnata pode bancar dinheiro no clube, como Dietmar Hopp (fundador da gigante de tecnologia SAP e mecenas do clube Hoffenheim), mas o princípio se mantém: 50% +1 das ações do clube devem permanecer com seus sócios-torcedores.

O resultado é uma competição saudável. Sim, o Bayern de Munique ainda é díspar na questão financeira e tem uma arrecadação maior por ter 10 milhões de torcedores, com um poder de consumo espetacular. Mas também isto é reflexo de 23 anos de superávit financeiro, algo que não é refletido em nenhum outro grande clube europeu. E ainda assim, neste mesmo período desde 1991, ganhou 11 títulos nacionais e apenas uma Liga dos Campeões, exatamente o mesmo número do rival Borussia Dortmund. Um domínio bem menor que os protagonistas de outros países, especialmente na Inglaterra e Espanha. Basta vez que nos últimos 5 anos, três times diferentes foram campeões: o próprio Bayern de Munique, o Borussia Dortmund e o Wolfsburg.

Impulsionado pelos novos estádios do Mundial de 2006, a média de público alemã foi para a estratosfera. São absurdos 45 mil torcedores por jogo, a melhor do futebol mundial. E na Segunda Divisão é de 17 mil, melhor que quase todos os últimos anos no Brasil. Qual o segredo? A procura pela fidelização da classe média alemã, com ingressos baixos e a aproximação da torcida com o clube.

Todos os clubes alemães fazem pacotes com bons preços e uma variedade de valores capazes de caber no bolso dos alemães. A receita com a venda de ingresso é importante, mas uma eventual renúncia financeira é largamente compensada pelos gastos no estádio no dia de jogos e em visitas ocasionais que se tornam rotineiras. Comprova-se isto avaliando os números de receitas dos times da Bundesliga: em média o retorno financeiro do “Match Day Experience” (424 milhões de euros) é bem próximo aos valores obtidos em cotas de televisionamento (594 mi euros) e patrocínios (523 mi euros). Uma diferença abissal em comparação com outros países, como a Inglaterra, Itália e Espanha, totalmente dependentes das receitas de TV.

Temos um exemplo claro, em Dortmund com o Borussia. Com preço de 11 euros por jogo do Campeonato Alemão, o “paredão amarelo” do Borussia Dortmund no Westfalenstadion está sempre abarrotado, uma imagem marcante ao redor do planeta. São 20 mil torcedores que complementam a absurda média de 80 mil por jogo, a melhor do mundo. Com um sistema espetacular de formação de atletas, o time de Dortmund saiu da virtual falência há pouco menos de dez anos para uma solidez financeira impecável. Formando atletas aos montes, prospectando outros em times menores, o time obteve um lucro superior a 45 milhões de euros na última temporada, quando conquistou o bicampeonato nacional. Na Liga dos Campeões, em um grupo duríssimo com Real Madrid, Ajax e Manchester City, ficou em 1º lugar. Agora está na final competição.

Uma análise comportamental dos torcedores no “Match Day” deixou claro que o consumo e a sensação de felicidade é maior do que em outros países europeus, no qual o torcedor paga mais pelo ingresso mas consome pouco no estádio. O pacote de serviço oferecidos aos torcedores deixa o ambiente tão familiar que o consumo é elevado, como se fosse um shopping center. Imagens da Allianz Arena em Munique:

Não é à toa que 40% do público nos estádios alemães é composto por mulheres. Elas trazem crianças, e vão perpetuando este vínculo com o time, com a torcida, com o estádio. Com o futebol.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 2 de maio de 2013 Fora dos campos, Liga dos Campeões | 13:48

Bayern esquece Javi Martínez no estádio

Compartilhe: Twitter

Me espera aí, hein?

Um fato inusitado aconteceu logo após a vitória do Bayern de Munique sobre o Barcelona, no Camp Nou, nesta quarta-feira. O clube alemão simplesmente esqueceu Javi Martínez no estádio e o ônibus deixou o palco do duelo sem o seu camisa 8. Todos os outros atletas bávaros já estavam acomodados e o veículo partiu rumo ao hotel, deixando o volante espanhol para trás.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

Martínez, por estar atuando em seu país de origem, foi um dos mais assediados pela imprensa local e cansou de dar entrevistas depois do jogo. Após atender a todos, o jogador se deu conta de que os seus companheiros já haviam deixado o estádio e teve que pegar um táxi para retornar ao hotel e se juntar à delegação do Bayern de Munique.

É mole?

O fato é bastante parecido com um que aconteceu no Borussia Dortmund. A história é basicamente a mesma. O meia Gündogan, após um jogo da Copa da Alemanha, foi esquecido pelo ônibus do clube, que partiu para o aeroporto sem o jogador. Naquela ocasião, o atleta também foi bastante assediado pelos jornalistas por ter sido o nome da partida contra o Greuther Fürth.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Um funcionário do Fürth, então, mostrando todo espírito de fair-play, ofereceu carona para o jogador rival e levou Gündogan até o aeroporto da cidade. O carro desse funcionário foi escoltado pelos policiais e, no encontro com seus companheiros, o meio-campista foi recebido com muitos aplausos.

Relembre essa história clicando aqui.

É cada uma que acontece!

**Dica do amigo Charles Nisz

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. Última