Publicidade

Arquivo da Categoria Supercopa da Europa

sexta-feira, 30 de agosto de 2013 Supercopa da Europa | 19:28

Com requintes de crueldade, Bayern é campeão

Compartilhe: Twitter

Um dia é da caça, outro do caçador. Um dia é de Petr Cech, outro de Manuel Neuer. Um dia é do Chelsea, outro do Bayern. A vingança está consumada.

E o Bayern fez o clube inglês provar do seu próprio veneno na decisão da Supercopa da Europa. O enredo do jogo em Praga foi praticamente o mesmo da final da Champions de 2011/2012, disputada na Allianz Arena, com o time alemão melhor no duelo, mantendo a posse de bola, pressionando, enquanto o Chelsea se defendia de todas as maneiras e tentava alguma coisa nos contra-ataques.

Só que o final foi diferente.

Martinez marcou para o Bayern no final

No primeiro tempo, Fernando Torres abriu o placar para os ingleses após receber passe de Schürrle. Um belo gol. Durante toda etapa inicial, o Bayern tentou buscar o empate principalmente em jogadas pelo lado esquerdo, com Ribéry, mas Mourinho armou uma retranca absurda e o time de Munique não conseguiu furar a parede.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Logo no começo da etapa final, como estava difícil penetrar na defesa adversária, Ribéry resolveu arriscar de fora de área e, enfim, venceu o goleiro Petr Cech: 1 a 1. O panorama continuou o mesmo. Bayern atacando, Chelsea se defendendo. O time londrino ainda teve excelentes chances em bolas aéreas, uma com Ivanovic cabeceando no travessão e outra com David Luiz exigindo boa defesa de Neuer. Sem contar a oportunidade do brasileiro Oscar num erro bisonho de Dante, que escorregou e deixou o compatriota livre para marcar, mas o arqueiro alemão pegou.

O duelo foi para a prorrogação. Assim como na Champions.

Aos 3 minutos do tempo extra, o belga Hazard arrancou pela esquerda, passou com facilidade por Lahm, driblou Boateng sem dificuldades e acertou um chute seco. Neuer poderia ter defendido, mas falhou. Como Ramires havia sido expulso no final do tempo regulamentar, o duelo virou ataque contra defesa. Com um homem a menos, nem contra-ataque o Chelsea conseguia criar mais.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Neuer defende o pênalti de Lukaku

Principalmente no segundo tempo da prorrogação, o Bayern armou um verdadeiro bombardeio pra cima da defesa inglesa com Ribéry, Boateng, Mandzukic, Götze, Lahm, Shaqiri… chances não faltaram. E quase todas defendidas por Cech de forma espetacular. Entretanto, aos 15 minutos e 56 segundos do segundo tempo, faltando só 4 segundos para o apito final, Alaba levantou na área, a bola desviou em Dante e sobrou para Martinez empatar: 2 a 2.

Nas penalidades, o Bayern converteu todas as suas cinco cobranças com Alaba, Lahm, Ribéry, Kroos e Shaqiri, e a decisão ficou nos pés do atacante belga Lukaku, de apenas 20 anos de idade. De canhota, ele bateu para defesa de Neuer e delírio dos torcedores Bávaros que estavam no estádio.

Primeiro título de Guardiola pelo Bayern de Munique. Primeiro título do futebol alemão na Supercopa da Europa. E viva o futebol, que proporciona momentos emocionantes como esse. Haja coração, como diria o outro.

Autor: Tags: , , , ,