Publicidade

Posts com a Tag Breno

quinta-feira, 5 de julho de 2012 Fora dos campos, Jogadores brasileiros | 15:06

A "nova casa" de Breno na Alemanha

Compartilhe: Twitter

Nesta quarta-feira, a justiça alemã condenou o zagueiro Breno, do Bayern de Munique, a 3 anos e 9 meses de prisão por ter incendiado sua casa no ano passado. Para não deixar passar um assunto tão grave quanto esse, resolvi fazer um post opinativo aqui no blog. E, claro, aberto para os comentários e pitacos de vocês leitores.

São muitas as perguntas. Mas a principal é se Breno terá ou não condições de voltar ao futebol depois de cumprir a pena. Não condições físicas, mas sim psicológicas. Se ele já andava deprimido com as inúmeras lesões, imaginem só passar quase 4 anos na cadeia. É claro que fica a torcida para que sim, mas acho que ele não vai mais atuar. Se conseguir voltar a jogar, não em alto nível.

Tempo ele tem. Atualmente com 22 anos, se cumprir a decisão da justiça até o fim, Breno terá “apenas” 26 anos quando sair. Ou seja, na idade em que muitos atletas ainda não atingiram o auge da carreira. Isso se a sua defesa não conseguir uma redução no tempo de pena, uma vez que já foi feito o pedido. Talvez caia para 2 anos. Talvez.

É possível também que, após dois anos de pena cumprida, Breno seja deportado para o Brasil. Mas isso ainda será analisado pelo tribunal na possível revisão do tempo de carceragem.

Em tempo, o Bild fez algumas imagens da prisão de Stadelheim, em Munique, onde Breno já está desde quando saiu o veredito e onde vai permanecer por um bom tempo. Fundado em 1894, o local foi palco de muitas execuções de pessoas no período em que o Nazismo imperou na Alemanha.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 22 de maio de 2012 Amistosos, Vídeos | 10:33

Amistoso fora de hora

Compartilhe: Twitter

Três dias depois da sua maior decepção na temporada, o Bayern de Munique tenta juntar os cacos da perda do título da Champions League e entra em campo novamente nesta terça-feira, às 15h30 (de Brasília), contra a seleção da Holanda, na Allianz Arena, em amistoso já marcado antes mesmo da disputa da Liga.

Aliás, com o ânimo dos atletas bávaros, a diretoria do clube e a Federação Holandesa poderiam conversar para tentar desmarcar essa partida. Não tem o menor sentido ela acontecer.

Mas pelo jeito ela vai acontecer. E Robben vai ter que jogar, como manda o contrato firmado entre o Bayern e a Holanda. Em 2010, o meia-atacante se machucou duas vezes servindo a seleção do seu país, fato que deixou os dirigentes do clube alemão furiosos. A partida serve para encerrar esse entrevero criado.

Ainda não está definido para qual lado Robben vai jogar. Ultimamente ele vem atuando contra o Bayern de Munique, então não seria surpresa ele entrar em campo pela seleção da Holanda. E tem que bater pênalti, hein?

Veja o vídeo da coletiva de imprensa e a camisa feita especialmente para o jogador.
É Nike ou Adidas?

Para a Holanda, o amistoso serve como preparação para Eurocopa. Para o Bayern, o jogo marca a despedida de seis atletas do clube, incluindo o brasileiro Breno. O zagueiro, que deve atuar por alguns minutos nesta terça, está com um pé na Lazio, da Itália. Ele foi acusado de incendiar a própria casa no ano passado e espera o resultado do julgamento para acertar sua transferência.

Os outros atletas que estão saindo do Bayern são os goleiros Butt, que vai se aposentar, e Sattelmaier, que nem jogou pelo time principal; o atacante Olic, já acertado com o Wolfsburg; e os meias Pranjic e Usami. O japonês vai para o Hoffenheim, enquanto o croata tem futuro incerto.

Vamos ver no que vai dar esse jogo aí.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de novembro de 2011 Bundesliga | 18:36

Líderes se enfrentam na 13ª rodada da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

Prova de fogo para o líder Bayern de Munique, que recebe o vice-líder Borussia Dortmund, na Allianz Arena, pela 13ª rodada do Campeonato Alemão. Ainda sem Schweinsteiger, a equipe bávara contará com o retorno do holandês Arjen Robben, que começará o duelo no banco de reservas. O meia-atacante não atua desde o dia 1º de outubro, no empate sem gols contra o Hoffenheim.

Breno e Robben

Além de Robben, Breno pode ser a grata surpresa como suplente. Nesta quinta-feira, o zagueiro brasileiro atuou por 60 minutos em um amistoso do Bayern de Munique II – vitória por 2 a 1 sobre o Falke Markt Schwaben – e arrancou aplausos dos torcedores. Lembrando que o ex-são-paulino passou momentos de apuros na prisão, acusado de colocar fogo em sua própria casa. Ele não joga desde abril.

Jogaço, imperdível!

Também no sábado, o terceiro colocado Werder Bremen visita o Borussia M’gladbach, quarto na tabela. As duas equipes estão com 23 pontos, mesma pontuação do Dortmund, que está na frente por ter um saldo de gols melhor. A rodada já começa nesta sexta-feira, com Kaiserslautern x Bayer Leverkusen.

Portanto, não esqueçam de palpitar lá no bolão do Blog do Alemão. Eu já deixei os meus, que são os mesmos daí de baixo:

Sexta, 18 de novembro
Kaiserslautern 2 x 1 Bayer Leverkusen (17h30 – Esporte Interativo e ESPN e ESPN HD)

Sábado, 19 de novembro
Colônia 2 x 0 Mainz
Wolfsburg 2 x 1 Hannover
Borussia M’gladbach 4 x 3 Werder Bremen (12h30 – Esporte Interativo e ESPN Brasil)
Freiburg 3 x 1 Hertha Berlim
Schalke 1 x 0 Nuremberg
Bayern de Munique 2 x 1 Borussia Dortmund (15h30 – ESPN Brasil e Bandsports)

Domingo, 20 de novembro
Stuttgart 2 x 0 Augsburg
Hamburgo 1 x 2 Hoffenheim

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 20 de setembro de 2011 Fora dos campos, Jogadores brasileiros | 12:01

O contraste do Bayern de Munique em imagens

Compartilhe: Twitter

Quando a fase é boa, tudo é válido. Até mesmo se vestir com roupas típicas para uma sessão de fotos com o patrocinador. E foi isso que os jogadores do Bayern de Munique fizeram um dia após a boa vitória sobre o Schalke, em Gelsenkirchen. Dá uma conferida ai nas imagens que promovem a Oktoberfest (para ampliar, é só clicar). Alguns atletas mostram um certo ar de constrangimento com os trajes.

Agora, o lado triste do post. A casa do zagueiro Breno pegou fogo na madrugada desta terça-feira e ficou totalmente destruída. Ainda bem que não aconteceu nada com o jogador, que está hospedado na residência do lateral Rafinha. O negócio foi feio, pelo que podemos ver nas fotos.

Casa do Breno

Casa do Breno

Casa do Breno

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 15 de março de 2011 Liga dos Campeões | 19:45

Final de temporada para o Bayern de Munique

Compartilhe: Twitter

Independente da eliminação do Bayern de Munique dentro de casa, o duelo contra a Inter de Milão foi um jogaço! Talvez o melhor desta edição da Liga dos Campeões da Europa e, seguramente, o melhor de 2011 no torneio. Cheio de alternativas, falhas, viradas, lances de perigo… e de gols, claro. O time alemão pecou nas finalizações, perdeu muitas oportunidades, e acabou sendo castigado no final: 3 a 2 para os italianos. A vingança do ano passado fica pra depois.

Final de temporada para os Bávaros. Praticamente sem chances de título da Bundesliga e eliminado da Copa da Alemanha e agora da Champions. Louis Van Gaal já podia pegar o boné e voltar para Holanda, não? Tudo bem que ainda falta classificar o time para a Liga do ano que vem – o time é 4º colocado no Alemão – e não pretende ficar de fora da próxima edição, cuja final acontecerá justamente na Allianz Arena, casa do Bayern. Os ânimos estarão abalados daqui pra frente.

Nesta terça, a Inter começou dando as cartas e abriu o placar logo aos 4 minutos, com Samuel Eto’o. O Bayern foi ganhando forças e tomou conta do primeiro tempo. Tanto que conseguiu a virada com Mario Gomez e Müller. No primeiro gol, Robben chutou, Júlio César falhou e Gomez completou para o gol, chutando meio que de costas. No segundo, Thiago Motta tentou cortar um passe, mas deu de lambuja para Müller virar.

O goleiro dos visitantes se redimiria ainda na primeira metade do jogo, quando Ribéry saiu cara a cara com o brasileiro, que fez uma linda defesa. Em outra chance, o francês quase marcou depois que o zagueiro Lúcio fez uma lambança dentro da área, mas falhou na tentativa. E o lance do Gomez, que a bola ficou girando em cima da linha e a zaga tirou? Ela ainda pegou na trave antes de sair… O Bayern deu um baile na atual campeã. Mas ainda faltava o 2º tempo.

Aos 17, Sneijder acertou um belo chute de fora da área e deixou tudo igual. Depois disso, o que se viu foi uma partida extremamente aberta, com chances para os dois lados. Júlio César ainda fez outras boas defesas, uma delas num chute lindo de Mario Gomez, de primeira.

Robben deixou o gramado aos 22 minutos, substituído por Altintop. E aí acabou o jogo do Bayern. O holandês era o melhor em campo e deu lugar ao turco, que se transformou no pior. Participação ridícula. Ribéry até que tentava conduzir os germânicos ao 3º gol, mas não conseguiu.

Robben se machucou? pediu pra sair? Foi opção tática? Estava apertado para ir ao banheiro? Fica a pergunta, porque não tem como tirar ele de um jogo desses. Se alguém souber o motivo da substituição, comenta aí embaixo.

Aos 42 minutos, outro que entrou em campo foi o ditado. Sim, o ditado. Aquele bem batido, “quem não faz, toma”, conhece? Eto’o, o segundo melhor em campo, atrás apenas de Robben, ganhou de Breno e rolou para Pandev pegar de primeira e acertar o ângulo de Kraft. Aí foi chutão para área, desespero total nos minutos finais. Mas ficou nisso.

Sobrou o Schalke para contar história na Liga. O sorteio das quartas de final é na sexta-feira.

Rápidas considerações sobre a partida:

– No gol de Eto’o, o primeiro do jogo, o camaronês estava impedido. Pouco, mas estava;
– Pela 1ª vez na história, em competições europeias, o Bayern caiu em casa depois de vencer fora;
– Apesar da derrota, Bastian Schweinsteiger voltou a jogar bem;
– Pandev, autor do gol da classificação, era o pior jogador da Inter na partida. E deu no que deu;
– A zaga melhorou um pouco com Van Buyten e Breno, mas o desentrosamento falou mais alto;
– Depois do apito final, Schweinsteiger se envolveu em confusão com italianos (foto abaixo).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 Liga dos Campeões | 19:42

Deus perdoa. Mario Gomez, não!

Compartilhe: Twitter

Como diria o falecido Don Ramón Valdés – que Deus o tenha: “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”. Mas o Bayern de Munique não quis nem saber das sábias palavras do poeta e tratou de vencer a Inter de Milão por 1 a 0, na Itália, na reedição da última final da Liga dos Campeões. É claro que a vingança ainda não está completa, já que teremos o jogo de volta em Munique, mas a vaga para as quartas de final está bem encaminhada.

Mesmo jogando fora de casa, os Bávaros fizeram uma partida de boa para excelente. O primeiro tempo foi bem equilibrado, mas com a saída do lesionado Pranjic, aos 37 minutos, a equipe se acertou. Breno entrou no seu lugar e Badstuber, que estava perdido na zaga ao lado de Tymoschuk, foi deslocado para lateral esquerda.

O zagueiro brasileiro foi um leão em campo. Ele entrou e anulou o camaronês Eto’o. O seu compatriota Luiz Gustavo também fez uma partida impecável, tomando conta do meio de campo. Destaques também para Robben, Lahm e Kraft. O jovem goleiro foi exigido poucas vezes, mas quando precisou, salvou o Bayern com difíceis defesas – pelo menos três ótimas intervenções.

No segundo tempo, o time alemão esteve quase perfeito dentro das quatro linhas. Apenas nos minutos finais é que a equipe italiana assustou – onde justamente apareceu Thomas Kraft -, mas no restante da etapa final o Bayern dominou as ações. O prêmio veio aos 44 minutos, quando Robben chutou de fora da área, Júlio César espalmou para o meio da área e, no rebote, Mario Gomez marcou o único gol do jogo.

Aliás, o que foi aquela dancinha do Super Mario (veja aqui) depois do tento? E esse cabelinho?

O treinador Louis Van Gaal gostou da atuação da equipe, tanto que nem fez alterações – só mesmo a entrada de Breno, mas por conta da lesão de Pranjic. Porém, Ribéry destoou da boa performance de todos companheiros. O meia-atacante francês estava lento, sem criatividade e perdia a bola com facilidade. Ao contrário de Robben, o melhor em campo.

A partida da volta será em 15 de março, na Allianz Arena. E dá Bayern!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010 Liga dos Campeões | 20:32

Bayern vence outra e termina em 1º na Liga

Compartilhe: Twitter

Sem muito esforço, o Bayern de Munique encerrou sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões com mais uma boa vitória. O 3 a 0 sobre o Basel, na Allianz Arena, garantiu ao clube alemão a liderança da chave E, com 15 pontos. A Roma, 2ª colocada, ficou com 10.

Van Gaal colocou de novo o goleiro Thomas Kraft como titular, deixando o experiente Butt no banco de reservas. A intenção do técnico em dar experiência ao jovem é válida, mas ele não fez uma intervenção difícil. Na defesa, Breno foi o único zagueiro de origem do Bayern, com Tymoshchuk e Van Bommel se revezando ao lado do brasileiro. Van Buyten e Demichelis ficaram na reserva

A vitória começou a ser construída após boa jogada de Contento pela esquerda, aos 35 minutos. Franck Ribéry marcou depois de cruzamento do lateral alemão, que merece ficar com 70% do tento. Tymoshchuk aumentou dois minutos depois.

Na segunda etapa, Ribéry voltou a marcar, decretando o placar final a favor dos bávaros. Apesar dos dois gols, a atuação do meia-atacante francês foi bem fraca. Ele errou muitos passes, ficou na marcação quando tentou dribles… precisa melhorar.

O sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões acontece no próximo dia 17 de dezembro. Bayern e Schalke, líderes de suas chaves, podem ter pela frente os seguintes adversários: Lyon (menos o Schalke), Roma (menos o Bayern), Inter de Milão, Valencia, Copenhague, Olympique de Marselha, Milan e Arsenal. Tirando o dinamarquês Copenhague, o resto é só pedreira.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 Bundesliga | 12:04

Análise da 15ª rodada da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

O tempo é curto, então vamos analisar o que aconteceu de melhor na 15ª rodada. A começar por mais um triunfo fora de casa do líder Borussia Dortmund. Os Amarelos bateram o Nuremberg por 2 a 0 e conquistaram a 8ª vitória em 8 jogos longe do Westfalenstadion, uma marca impressionante.

O ótimo zagueiro Mats Hummels abriu o placar no primeiro tempo, com o polonês Robert Lewandowski decretando a vitória do já campeão do primeiro turno da Bundesliga. O Dortmund agora está 10 pontos à frente do 2º colocado Mainz, que perdeu para o Frankfurt no sábado. Nesta partida, o atacante grego Gekas, das Águias, deixou sua marca mais uma vez e lidera a artilharia com 13 gols.

Na 3ª posição está o Bayer Leverkusen, que sofreu para derrotar o vice-lanterna Colônia na BayArena. Os Leões marcaram com Helmes, Barnetta e Reinartz. Os Bodes descontaram com o brasileiro Pedro Geromel e o meia Lanig. Apesar da derrota, gostei demais da atuação do Köln, que merecia uma sorte melhor nessa partida. O time mostrou muita garra.

O esperado reencontro do meio-campista Diego com o Werder Bremen foi decepcionante. O brasileiro teve uma participação discreta no empate sem gols e ainda levou um cartão amarelo na etapa inicial. A rede só não balançou porque Torsten Frings e Edin Dzeko desperdiçaram pênaltis para Werder e Wolfsburg, respectivamente.

Em Gelsenkirchen, o Schalke lavou a alma e derrotou o atual campeão Bayern de Munique, gols do meia Jurado e do zagueiro Höwedes. Os Azuis-Reais devem ter pagado o bicho dobrado para o goleiro Manuel Neuer, que garantiu o resultado com ótimas defesas. Ele não é titular da seleção alemã à toa.

O time bávaro foi melhor na partida e perdeu inúmeras chances de gols. As melhores com o francês Ribéry. Sem eficiência lá na frente, a equipe vacilou feio na defesa. O brasileiro Breno, titular, escorregou na frente de Raúl, que iniciou a jogada do primeiro tento. Depois que levou o gol, o Bayern ficou abatido e criou muito pouco.

Seleção da rodada

Neuer (Schalke), Höwedes (Schalke), Mertesacker (Werder Bremen) e Hummels (Borussia Dortmund); Kluge (Schalke), Köhler (Frankfurt), Ochs (Frankfurt) e Salihovic (Hoffenheim); Hanke (Hannover), Demba issé (Freiburg) e Lewandowski (Borussia Dortmund)

Resultados

(14º) St. Pauli 1 x 0 Kaiserslautern (12º) (2×1) Acertei a vitória
(16º) Stuttgart 1 x 1 Hoffenheim (6º) (2×2) Acertei o empate
(13º) Wolfsburg 0 x 0 Werder Bremen (10º) (4×1) Jogo decepcionante
(8º) Frankfurt 2 x 1 Mainz (2º) (1×2) Só inverti os placares
(18º) Borussia M’gladbach 1 x 2 Hannover (4º) (4×3) Hannover surpreendente
(5º) Freiburg 1 x 0 Hamburgo (9º) (2×2) Hamburgo segue decepcionando
(15º) Schalke 2 x 0 Bayern de Munique (7º) (1×1) O empate era o mais justo
(3º) Bayer Leverkusen 3 x 2 Colônia (17º) (2×0) Acertei a vitória
(11º) Nuremberg 0 x 2 Borussia Dortmund (1º) (1×2) Está fácil apostar no Dortmund

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 14 de novembro de 2010 Bundesliga | 17:22

Viu a 12ª rodada da Bundesliga? O resumão aqui

Compartilhe: Twitter

Rodada diferente, né? Alguns resultados inesperados, reações espetaculares, gols brasileiros, retornos de jogadores. A começar pelo que aconteceu em Colônia. O time do rapaz aí de cima apanhou feio do Borussia M’gladbach em casa e está numa péssima situação. O resultado tirou os Potros da lanterna e empurrou os Bodes para a última posição. São as constantes mudanças da fauna da Bundesliga.

Nesta partida, o atacante brasileiro naturalizado belga Igor de Camargo fez um gol. O argentino Raúl Bobadilla, seu companheiro de ataque, anotou outro dois tentos. E o Podolski? Precisa sair do Colônia se quiser continuar jogando em alto nível, infelizmente para o Köln. Aliás, com uma lesão no tornozelo, Poldi está fora do amistoso da Alemanha contra a Suécia, na próxima quarta-feira.

No jogo mais polêmico do fim de semana, Wolfsburg e Schalke empataram por 2 a 2 na Volkswagen Arena. Grafite e Dzeko colocaram os Lobos na frente, mas o brasileiro Edu e Huntelaar marcaram e decretaram o resultado final.

A reclamação da equipe da casa é justamente no gol anotado por Huntelaar. O atacante holandês claramente ajeitou a bola com o braço antes de chutar na saída de Benaglio e balançar as redes. O jornal Bild até brincou com o lance chamando o jogador de “Handtelaar”. O fato é que o time de Diego está vacilando demais diante de sua torcida nesta temporada, sempre saindo na frente do placar e sendo surpreendido depois.

E a (ex)sensação Mainz? Por que parou? Parou por quê? Outra derrota dentro de casa, dessa vez para o Hannover, e sua boa campanha indo por água abaixo. Quem agradece é o Borussia Dortmund, que disparou na ponta, e o Bayer Leverkusen, que venceu o St. Pauli, em Hamburgo, igualou pontuação do 05 e está na frente, em 2º, pelos critérios de desempate. Renato Augusto garantiu o triunfo de 1 a 0 dos Leões.

Já o Stuttgart vacilou feio, mesmo longe de sua torcida. No primeiro tempo, a equipe abriu 3 a 0 sobre os Kaiserslautern – com um gol de Cacau -, mas relaxou na segunda etapa e permitiu o empate heroico dos donos da casa. Outro que vai de mal a pior é o Werder Bremen. Os Papagaios não saíram do zero com o bom time do Frankfurt, no Weserstadion.

Fechando a rodada, no domingo, o Bayern de Munique recebeu o Nuremberg e conseguiu mais uma boa vitória na Allianz Arena. Além dos três pontos, três boas notícias para a equipe de Louis Van Gaal, que mais uma vez deixou Thomas Müller na reserva.

1) Mario Gomez confirmou a boa fase que vive atualmente com dois gols marcados e um pênalti sofrido;
2) Franck Ribéry voltou à equipe e voltou muito bem, fazendo várias jogadas de perigo pela ponta esquerda;
3) E o zagueiro Breno, que voltou a ser relacionado, entrou no intervalo e ganhou todas lá atrás.

Para não deixar de dar a tradicional cutucada em Super Mario, vocês viram o pênalti que ele cobrou já no fim do jogo? Ele queria marcar seu 3º tento na partida, mas bateu um verdadeiro tiro de meta, lá no alto. Mas tá bom, ele está com crédito.

Seleção da rodada

Nikolov (Frankfurt), Levels (Borussia M’gladbach), Hummels (Borussia Dortmund), Barth (Freiburg) e Pranjic (Bayern de Munique); Sergio Pinto (Hannover), Tiffert (Kaiserslautern), Renato Augusto (Bayer Leverkusen) e Kagawa (Borussia Dortmund); Bobadilla (Borussia M’gladbach) e Mario Gomez (Bayern de Munique)

Resultados

(1º) Borussia Dortmund 2 x 0 Hamburgo (9º) (1×1) Pintou campeão?
(11º) Werder Bremen 0 x 0 Frankfurt (5º) (2×1) Jogo morno, bem chato
(12º) Wolfsburg 2 x 2 Schalke (16º) (3×2) Com gol de mão fica fácil
(18º) Colônia 0 x 4 Borussia M’gladbach (17º) (1×0) Que sacode, pelo amor…
(15º) Kaiserslautern 3 x 3 Stuttgart (14º) (0x2) Vacilo feio fora de casa
(13º) St. Pauli 0 x 1 Bayer Leverkusen (2º) (2×2) Renato Augusto brilhou
(3º) Mainz 0 x 1 Hannover (7º) (4×1) E ai, molecada? Pararam?
(8º) Hoffenheim 0 x 1 Freiburg (4º) (5×3) Para mim, uma zebraça
(6º) Bayern de Munique 3 x 0 Nuremberg (10º) (3×0) Na mosca!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de março de 2010 Bundesliga | 09:47

Caem alguns tabus

Compartilhe: Twitter

A 25ª rodada da Bundesliga serviu para embolar ainda mais a luta pelo título, restrita entre três equipes. E mais do que isso, os jogos do final de semana colocaram fim a três tabus.

1º tabu
Já estava na hora do Bayer Leverkusen perder uma partida no Alemão, não é? O revés por 3 a 2 diante do ex-vice-lanterna Nuremberg, fora de casa, fez os Leões despencarem para a 3ª colocação na tabela, sendo ultrapassados pelo Schalke, que goleou o Frankfurt sem dó fora de casa.

O Leverkusen ficou as primeiras 24 rodadas sem conhecer uma derrota, bateu o recorde histórico dentro do campeonato, mas sucumbiu no jogo seguinte. A nota triste nesta partida ficou por conta da grave lesão do zagueiro brasileiro Breno, emprestado do Bayern ao Nuremberg, que rompeu os ligamentos do joelho e está fora da temporada.

Pela cara dele na foto aí embaixo, dá pra ter uma noção da dor que ele sentiu na hora.

2º tabu
O cara estava mal no Bayern de Munique no ano passado, vai mal na seleção e faz uma péssima temporada pelo seu time, o Colônia. Mas aí Podolski resolveu jogar bola contra seu ex-clube, marcou um gol depois de mais de 1400 minutos e encerrou um jejum que já durava 19 jogos sem marcar um golzinho sequer. Para um atacante titular da seleção alemã é demais. Seu último tento havia sido marcado em 13 de setembro de 2009, na derrota por 2 a 1 ante o Schalke.

Além de marcar um gol contra o Bayern de Munique, Podolski foi um dos melhores jogadores em campo no empate por 1 a 1 contra o líder. O gol, aliás, foi uma falha bisonha de Butt. O atacante cobrou uma falta direta e o goleirão espalmou para dentro da sua meta. Sem Robben, gripado, e Ribéry começando no banco de reservas, os bávaros perderam a chance de disparar na ponta.

O foco agora é o duelo contra a Fiorentina, nesta terça-feira, no jogo de volta das oitavas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa. Um empate basta ao time de Munique.

3º tabu
Há 13 partidas o Hannover não sabia o que era vitória. O último triunfo tinha acontecido contra o Colônia, no dia 31 de outubro de 2009, dias antes do goleiro Robert Enke se suicidar. O elenco ficou abalado com a tragédia e de lá para cá não vencia.

A marca negativa caiu neste sábado, quando a equipe derrotou o Freiburg na casa do adversário. E um dos responsáveis pela volta por cima da equipe foi Élson, contratado no começo do ano junto ao Stuttgart. O meio-campista brasileiro fez o primeiro gol da vitória por 2 a 1, fora de casa.

Os cinco primeiros colocados
1º Bayern de Munique,  53
2º Schalke, 51
3º Bayer Leverkusen, 50
4º Hamburgo, 43
5º Borussia Dortmund, 42

Resultados e os palpites em vermelho
Colônia 1 x 1 Bayern de Munique (0x2) – Era a chance de disparar na liderança
Werder Bremen 2 x 2 Stuttgart (1×1) – Acertei o empate
Hamburgo 1 x 0 Hertha Berlim (3×1) – Acertei a vitória do Hamburgo (tava na cara também)
Frankfurt 1 x 4 Schalke (1×2) – Não esperava uma goleada, mas sabia que o Schalke venceria
Freiburg 1 x 2 Hannover (0x0) – Fim do tabu
Wolfsburg 4 x 1 Bochum (4×0) – Uh! Quase na mosca
Borussia Dortmund 3 x 0 Borussia M’Gladbach (2×0) – Quase acertei em cheio o duelo de Borussias
Nuremberg 3 x 2 Bayer Leverkusen  (0x0)  – Nunca acreditei no Leverkusen desde o começo
Hoffenheim 0 x 1 Mainz (3×2) – Hoffe decepcionou em casa, hein?!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última