Publicidade

Posts com a Tag Elson

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010 Liga Europa | 19:58

Apagão do Stuttgart e a classificação do Leverkusen

Compartilhe: Twitter

Debaixo de uma neve absurda na cidade de Berna, na Suíça, o Stuttgart sofreu sua primeira derrota na Liga Europa. Apesar do revés de 4 a 2 para o Young Boys, os Schwaben seguem à próxima fase do torneio na primeira colocação da chave H. O time suíço também se classificou, enquanto OB Odense e Getafe estão eliminados.

A partida demorou uns 20 minutos para começar por conta do mau tempo. O que menos se via era o verde do gramado, já que a neve cobriu todo campo de jogo. Com a bola rolando, os suíços saíram na frente na primeira etapa, mas Pogrebnyak e o jovem Sven Schipplock viraram o jogo para o Stuttgart no começo do segundo tempo. O time alemão vencia até os 37 da etapa complementar, quando aconteceu um apagão. O Young Boys marcou mais três gols e decretou a vitória em casa.

O meio-campista brasileiro Elson (o da foto aí em cima) foi titular nos germânicos.

Sem neve, mas em um frio de rachar o lábio (-10º C na cidade de Trondheim, na Noruega), o Bayer Leverkusen conseguiu sua classificação à próxima etapa da Liga Europa com a boa vitória de 1 a 0 sobre o Rosenborg. O meio-campista Sidney Sam fez o tento do triunfo alemão. A vitória do Aris sobre o Atlético de Madri na outra partida já garante o Bayer na primeira posição do grupo B.

Sem o goleiro Rene Adler, com dores lombares, Fabian Giefer, de apenas 20 anos de idade, foi o titular na meta dos Leões, que jogaram como se estivessem na BayArena. O Leverkusen dominou as ações durante todo jogo e só passou por algum perigo na segunda etapa, quando o time da casa se lançou ao ataque. Giefer mal trabalhou na partida.

Nesta quinta-feira é a vez do Borussia Dortmund entrar em campo. Em situação complicada na chave, o líder da Bundesliga precisa vencer o fraco Karpaty em casa e, na última rodada, derrotar o Sevilla, na Espanha. Parada dura.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de março de 2010 Bundesliga | 09:47

Caem alguns tabus

Compartilhe: Twitter

A 25ª rodada da Bundesliga serviu para embolar ainda mais a luta pelo título, restrita entre três equipes. E mais do que isso, os jogos do final de semana colocaram fim a três tabus.

1º tabu
Já estava na hora do Bayer Leverkusen perder uma partida no Alemão, não é? O revés por 3 a 2 diante do ex-vice-lanterna Nuremberg, fora de casa, fez os Leões despencarem para a 3ª colocação na tabela, sendo ultrapassados pelo Schalke, que goleou o Frankfurt sem dó fora de casa.

O Leverkusen ficou as primeiras 24 rodadas sem conhecer uma derrota, bateu o recorde histórico dentro do campeonato, mas sucumbiu no jogo seguinte. A nota triste nesta partida ficou por conta da grave lesão do zagueiro brasileiro Breno, emprestado do Bayern ao Nuremberg, que rompeu os ligamentos do joelho e está fora da temporada.

Pela cara dele na foto aí embaixo, dá pra ter uma noção da dor que ele sentiu na hora.

2º tabu
O cara estava mal no Bayern de Munique no ano passado, vai mal na seleção e faz uma péssima temporada pelo seu time, o Colônia. Mas aí Podolski resolveu jogar bola contra seu ex-clube, marcou um gol depois de mais de 1400 minutos e encerrou um jejum que já durava 19 jogos sem marcar um golzinho sequer. Para um atacante titular da seleção alemã é demais. Seu último tento havia sido marcado em 13 de setembro de 2009, na derrota por 2 a 1 ante o Schalke.

Além de marcar um gol contra o Bayern de Munique, Podolski foi um dos melhores jogadores em campo no empate por 1 a 1 contra o líder. O gol, aliás, foi uma falha bisonha de Butt. O atacante cobrou uma falta direta e o goleirão espalmou para dentro da sua meta. Sem Robben, gripado, e Ribéry começando no banco de reservas, os bávaros perderam a chance de disparar na ponta.

O foco agora é o duelo contra a Fiorentina, nesta terça-feira, no jogo de volta das oitavas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa. Um empate basta ao time de Munique.

3º tabu
Há 13 partidas o Hannover não sabia o que era vitória. O último triunfo tinha acontecido contra o Colônia, no dia 31 de outubro de 2009, dias antes do goleiro Robert Enke se suicidar. O elenco ficou abalado com a tragédia e de lá para cá não vencia.

A marca negativa caiu neste sábado, quando a equipe derrotou o Freiburg na casa do adversário. E um dos responsáveis pela volta por cima da equipe foi Élson, contratado no começo do ano junto ao Stuttgart. O meio-campista brasileiro fez o primeiro gol da vitória por 2 a 1, fora de casa.

Os cinco primeiros colocados
1º Bayern de Munique,  53
2º Schalke, 51
3º Bayer Leverkusen, 50
4º Hamburgo, 43
5º Borussia Dortmund, 42

Resultados e os palpites em vermelho
Colônia 1 x 1 Bayern de Munique (0x2) – Era a chance de disparar na liderança
Werder Bremen 2 x 2 Stuttgart (1×1) – Acertei o empate
Hamburgo 1 x 0 Hertha Berlim (3×1) – Acertei a vitória do Hamburgo (tava na cara também)
Frankfurt 1 x 4 Schalke (1×2) – Não esperava uma goleada, mas sabia que o Schalke venceria
Freiburg 1 x 2 Hannover (0x0) – Fim do tabu
Wolfsburg 4 x 1 Bochum (4×0) – Uh! Quase na mosca
Borussia Dortmund 3 x 0 Borussia M’Gladbach (2×0) – Quase acertei em cheio o duelo de Borussias
Nuremberg 3 x 2 Bayer Leverkusen  (0x0)  – Nunca acreditei no Leverkusen desde o começo
Hoffenheim 0 x 1 Mainz (3×2) – Hoffe decepcionou em casa, hein?!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 18 de agosto de 2009 Liga dos Campeões | 17:51

Stuttgart está na Liga e vê o adeus de Lehmann

Compartilhe: Twitter

A Alemanha garantiu nesta terça-feira mais uma equipe na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Além do Wolfsburg e Bayern de Munique, o Stuttgart também representará o país na competição interclubes. Tudo bem que ainda não é confirmado, mas depois de vencer o Timisoara por 2 a 0 na casa do adversário, as coisa ficaram bem mais fáceis. No próximo duelo, em terras germânicas, os Schwaben podem até perder que se classificam. Então, já estão lá.

No jogo contra os romenos, os brasileiros Cacau e Elson ficaram apenas como opções no banco de reservas, apesar de serem titulares da equipe em condições normais. Elson ainda participou da partida, entrando aos 15 do segundo tempo. O russo Pogrebnyak formou o ataque com Marica. E os dois gols saíram ainda no primeiro tempo, com Hleb e Gebhart – este último de pênalti.

Jens LehmannA notícia do dia para o Stuttgart, porém, foi o anúncio do goleiro Jens Lehmann de que encerrará a carreira ao final da atual temporada, na metade de 2010. O jogador de quase 40 anos, que chegou à equipe em 2008, decidiu que não jogará mais profissionalmente. Em menos de dois anos a Alemanha perdeu duas referências em sua meta. Em 2008, Oliver Kahn também deu adeus ao futebol.

Lehmann pendura as chuteiras após mais de 20 anos de profissionalismo. Foi revelado em 1988 pelo Schalke 04, onde permaneceu até 1998, quando se transferiu para o Milan. Na Itália não foi bem, e voltou ao futebol alemão em 1999, defendendo as cores do Borussia Dortmund. Se destacou de novo e despertou interesse do Arsenal. Jogou na Inglaterra de 2003 a 2008. E agora encerrará a carreira no Stuttgart.

Pela seleção alemã, o goleiro atuou por 61 vezes, sendo titular na Copa do Mundo de 2006. Ele tem no currículo uma Copa da Uefa, um Alemão, um Inglês e uma Copa da Inglaterra. Se a equipe continuar bem, pode finalizar sua história no futebol com mais uma conquista. Bundesliga ou Liga… quem sabe? Difícil, mas não impossível…

Comentário do blog: Já estava na hora dele parar, né?! Já não mostrou muita segurança na última Eurocopa, quando a Alemanha perdeu da Espanha e ficou com o vice. No Stuttgart, até que fez umas boas partidas, mas andava causando alguns problemas. Fica de bom tamanho encerrar em 2010. Já é um quarentão…

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 2 de março de 2009 Bundesliga, Jogadores brasileiros | 08:55

Ele voltou

Compartilhe: Twitter

Após um período longe dos gramados por conta de uma cirurgia no joelho, o atacante Grafite, do Wolfsburg, Grafite, atacante do Wolfsburgretornou aos lobos em grande estilo. Ele fez os dois primeiros gols da sua equipe na ótima vitória sobre o até então líder Hamburgo, na casa do adversário. O placar de 3 a 1 coloca o time verde na 4ª colocação, à frente do Bayern de Munique, e a apenas 4 pontos do Hertha Berlim, que venceu o Borussia Monchengladbach e lidera.

O atacante brasileiro agora é o terceiro artilheiro da Bundesliga, com 14 gols. Ele está atrás apenas de Patrick Helmes (16 gols), do Bayer Leverkusen, e Ibisevic (18 gols), do Hoffenheim, mas que não joga mais nesta temporada.

Por falar em Hoffenheim, a equipe não saiu do zero contra o Borussia Dortmund, no Westfalen Stadium, e agora está em 3º na tabela. Apesar do empate sem gols, a partida foi bastante movimentada, com chances para as duas equipes, mas os atacantes falharam nas finalizações.

Quem vai ficando para trás é o Bayern de Munique. No domingo, mais um tropeço no Alemão ao empatar com o Werder Bremen por 0 a 0, no Weserstadion. E olha que o time verde perdeu Naldo expulso com menos de 15 minutos de jogo, e mesmo assim os bávaros não conseguiram vencer. A equipe de Munique está em 5º e já periga até sair da zona de classificação da Copa da Uefa.

Schalke 04 e o Stuttgart venceram seus compromissos fora de casa e ainda sonham, por que não, em conquistar o título, apesar da dificuldade. Na vitória do Stuttgart sobre o Karlsruhe, um gol de Elson, aquele ex-Palmeiras. Pelo lado do Schalke, Rafinha marcou no triunfo sobre o Frankfurt.

Do 1º ao 9º colocado, a diferença é de 10 pontos. Claro que quem está mais abaixo na tabela precisa se superar a cada jogo para tentar algo. Mas não custa sonhar.

1º Hertha, 43 pontos
2º Hamburgo, 42 pontos 
3º Hoffenheim, 41 pontos
4º Wolfsburg, 39 pontos
5º Bayern de Munique, 39 pontos
6º Bayer Leverkusen, 36 pontos
7º Stuttgart, 36 pontos
8º Schalke, 34 pontos
9º Borussia Dortmund, 33 pontos

>> Veja a classificação completa da Bundesliga

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,