Publicidade

Posts com a Tag Estados Unidos

sábado, 7 de dezembro de 2013 Copa do Mundo, Seleção da Alemanha | 20:09

Seleção alemã com sotaque nordestino

Compartilhe: Twitter

Como muitos devem saber, este blogueiro que vos escreve está viajando de férias. Mesmo assim, consegui um tempinho para escrever algumas linhas sobre a seleção da Alemanha, que conheceu seus adversários na fase de grupos da Copa do Mundo de 2014: Gana, Estados Unidos e Portugal.

Grupo G

16 de junho, às 13h (de Brasília): Alemanha x Portugal – Fonte Nova, em Salvador
21 de junho, às 16h (de Brasília): Alemanha x Gana – Castelão, em Fortaleza
26 de junho, às 13h (de Brasília): Alemanha x EUA – Arena Pernambuco, em Recife

sorteioAchei um grupo chato demais, complicado de se passar. Obviamente que confio na classificação, mas serão partidas duríssimas. Contra Gana, por exemplo, na Copa de 2010, a Nationalelf penou para vencer por 1 a 0, gol de Özil. Os irmãos Boateng – Jerome, do Bayern, e Kevin-Prince, do Schalke – vão se reencontrar mais uma vez em Mundiais. Aliás, diante dos africanos, a Alemanha tem dois jogos e duas vitórias conquistadas na história.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Já contra os portugueses, rivais da estreia, são 17 partidas ao longo dos anos, com nove vitórias alemãs, cinco empates e outros três triunfos lusos. Se por um lado Portugal não tem um time considerado muito forte, possui em seu elenco “só” o astro Cristiano Ronaldo, o melhor jogador do mundo na minha visão. Não pode vacilar.

Fechando a participação na chave G, o duelo será contra os Estados Unidos. A seleção norte-americana é comandada por Jürgen Klinsmann, técnico que dirigiu a Alemanha na Copa de 2006, e vem crescendo de produção com o passar do tempo. Talvez seja o país que mais esteja em evolução nas últimas décadas, desde quando sediou o evento em 1994. No histórico, são nove jogos, com seis vitórias alemãs e três dos EUA.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

E os jogos no Nordeste? A princípio achei que poderia ser um fator negativo para a Alemanha. E até é, já que os atletas não estão acostumados a atuar com tanto calor assim. Mas é ruim para alemães, portugueses, norte-americanos e ganeses. Mesmo o país africano sendo de clima tropical, assim como no Brasil, todos os seus atletas atuam na Europa. Está igual para todo mundo.

Acompanhei o sorteio dos grupos aqui da Europa e os jornais alemães também consideram a chave G bastante forte. E todas as publicações aqui de Munique, pelo menos, comemoraram o fato de os jogos acontecerem às 18h (contra Portugal e EUA) e às 21h (contra Gana) no horário daqui. Por falar em seleção alemã, parece que a camisa número 2 para o Mundial será mesmo naquele modelo rubro-negro, parecido com o uniforme do Flamengo. A imagem já está circulando pela internet.

alemanha

aaaaaaa

Autor: Tags: , , ,

domingo, 2 de junho de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha, Vídeos | 17:46

Stegen falha feio, e time reserva apanha dos EUA

Compartilhe: Twitter

No segundo amistoso com o time reserva, a Alemanha até que não jogou tão mal contra os Estados Unidos, em Washington, mas foi derrotada por 4 a 3. O jogo foi marcado pelos muitos erros de marcação do sistema defensivo e pela falha bisonha do goleiro ter Stegen. E, claro, teve a zica da camisa verde, que não dá sorte nunca. É linda, mas já dá para aposentar.

► Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

O time germânico começou bem e quase abriu o placar com Mertesacker. Porém, foram os norte-americanos que saíram na frente. Aos 13 minutos, após cruzamento da direita, o atacante Jozy Altidore, sozinho no meio da área, acertou um belo chute de primeira para vencer o goleiro ter Stegen. Falha no miolo de zaga da Nationalelf.

Por falar em falha, o segundo gol dos EUA saiu num erro grotesco do arqueiro alemão. Aos 17, Höwedes recuou a bola para Stegen, que se enrolou todo no domínio e deixou ela entrar no gol. Deu dó. O camisa 1 do Borussia M’gladbach é jovem e um excelente goleiro, mas na seleção ele dá um azar danado.

Confere o lance no vídeo:

Mesmo levando dois gols em menos de cinco minutos, a Alemanha seguiu jogando melhor, mantendo mais a posse de bola, mas sem conseguir ameaçar o gol de Howard. Klose até chegou a balançar as redes, mas o árbitro marcou impedimento. E acertou.

Na segunda etapa, Löw mexeu no time e colocou Westermann, Wollscheid, Aogo e Kruse. A seleção continuou melhor que os EUA e conseguiu diminuir aos sete minutos, justamente em jogada de dois atletas que haviam acabado de entrar. Kruse cobrou escanteio e Westermann cabeceou firme para marcar o gol.

Quando o empate parecia próximo, os donos da casa ampliaram. Altidore cruzou da esquerda, mais uma vez a defesa ficou parada e Dempsey apareceu livre no meio da área para fuzilar. Quatro minutos mais tarde, o mesmo Dempsey arriscou de fora da área e marcou um belo gol. Stegen estava adiantado, na risca da pequena área, e não alcançou a bola.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

A goleada estava feia, então a equipe tratou de deixar o placar menos vexatório. Aos 34, Kruse arriscou de fora e acertou o canto, diminuindo o prejuízo. Dois minutos depois, Sidney Sam finalizou cruzado, o goleiro dos EUA espalmou e Draxler marcou o terceiro gol alemão no rebote.  Os minutos finais foram de pressão germânica, mas ficou nisso.

E o saldo destes dois amistosos que a Alemanha fez com o time reserva? Três jogadores agradaram bastante e podem até figurar nas próximas convocações, mesmo com a volta dos atletas de Bayern, Dortmund e Real Madrid: Jansen, Kruse e Sam. No duelo contra os EUA, os dois últimos entraram no segundo tempo e deram mais movimentação à equipe.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Por outro lado, ter Stegen ainda vai ter que ralar muito no seu clube para tentar voltar. Podolski foi bem no primeiro jogo, contra o Equador, mas não tão bem neste domingo. Schürrle também não aproveitou muito bem a chance de se firmar de vez na equipe.

Próximo jogo da seleção alemã é só em agosto, no dia 14, em amistoso contra o Paraguai, na cidade de Kaiserslautern.

Notas dos jogadores:

ter Stegen 3,0, Lars Bender 4,5 (Westermann 6,0), Mertesacker 6,5 (Wollscheid 5,0), Höwedes 5,5 e Jansen 6,5 (Aogo 5,0); Sven Bender 6,0 (Kruse 7,5), Reinartz 6,0 e Draxler 6,5; Schürrle 6,5 (Sidney Sam 7,0), Podolski 6,0 e Klose 5,0 (Nicolai Müller Sem nota)

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 1 de junho de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 21:03

Seleção joga e Klose busca recorde de Gerd Müller

Compartilhe: Twitter

A seleção alemã volta a campo neste domingo e faz seu último amistoso da temporada européia. Depois, a Nationalelf só entra em campo no mês de agosto. E para encarar os Estados Unidos, o técnico Joachim Löw terá os reforços de Klose e Sven Bender, que não atuaram na vitória do meio da semana passada diante do Equador. O meia Grosskreutz também era esperado, mas se machucou na final da Champions e virou desfalque.

► Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

Alemanha x EUA na Copa de 2002

Quando: 02/06/2013, domingo
Onde: RFK Memorial Stadium, Washington (EUA)
Porque: Amistoso
Horário: 15h30 (de Brasília)
Ao vivo na TV: Sportv 2

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

E o time deverá ser diferente daquele que bateu os equatorianos, levando em consideração os treinamentos realizados antes do duelo contra os norte-americanos. O goleirão ter Stegen deve ter uma oportunidade no lugar de Adler, assim como Aogo, Reinartz e Schürrle. Lars Bender assume a lateral direita, e o zagueiro Höwedes vai jogar na sua posição de origem. E, claro, Klose lá no ataque, com Kruse ficando como opção na reserva.

O time deve ser esse: ter Stegen, Lars Bender, Mertesacker, Höwedes e Aogo; Sven Bender, Reinartz e Draxler; Schürrle, Podolski e Klose.

Palpite? Jogo difícil, ainda mais com a Alemanha toda desfigurada. Um empate fora de casa está bom demais: 2 a 2, dois gols de Klose. Aliás, Miro está apenas um tento atrás de Gerd Müller (68 a 67) e tem tudo para igualar ou passar a lenda alemã na artilharia de toda história da seleção.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

A história do confronto Alemanha x Estados Unidos é curta e recente, já que as seleções começaram a se enfrentar somente a partir da década de 90. Até hoje, foram oito partidas, com seis vitórias alemãs e duas norte-americanas – a Nationalelf marcou 18 gols e sofreu 11.

Confira abaixo todos os jogos da história:

22 de março de 2006
Amistoso em Dortmund (ALE)
Alemanha 4 x 1 Estados Unidos

21 de junho de 2002
Quartas da Copa do Mundo, em Ulsan (COR)
Alemanha 1 x 0 Estados Unidos

27 de março de 2002
Amistoso em Rostock (ALE)
Alemanha 4 x 2 Estados Unidos

30 de julho de 1999
Fase de grupos da Copa das Confederações, em Guadalajara (MEX)
Estados Unidos 2 x 0 Alemanha

06 de fevereiro de 1999
Amistoso em Jacksonville (EUA)
Estados Unidos 3 x 0 Alemanha

15 de junho de 1998
Fase de grupos da Copa do Mundo, em Paris (FRA)
Alemanha 2 x 0 Estados Unidos

18 de dezembro de 1993
Amistoso em San Francisco (EUA)
Estados Unidos 0 x 3 Alemanha

16 de junho de 1993
US Cup, em Chicago (EUA)
Estados Unidos 3 x 4 Alemanha

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 28 de maio de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 10:23

Com apenas um titular, Alemanha pega o Equador

Compartilhe: Twitter

A seleção alemã volta a campo nesta quarta-feira para um amistoso contra o Equador, nos Estados Unidos. Sem os jogadores de Bayern de Munique, Borussia Dortmund e Real Madrid (Özil e Khedira), o time de Joachim Löw estará totalmente modificado. Klose, Sven Bender e Grosskreutz, que também foram convocados, só vão atuar contra a seleção norte-americana, no domingo que vem.

► Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

Alemanha 3 x 0 Equador, em 2006

Quando: 29/05/2013, quarta-feira
Onde: GEO Group Stadium, Boca Raton-EUA
Porque: Amistoso
Horário: 15h30 (de Brasília)
Ao vivo na TV: ESPN

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Com algumas caras novas e atletas que não costumam ser convocados, é difícil prever qual time o técnico vai mandar a campo, mas ele treinou com a tradicional formação 4-2-3-1, com dois volantes, três meias ofensivos e um homem de referência na área. A provável equipe terá Adler, Höwedes, Mertesacker, Westermann e Jansen; Lars Bender, Reinartz, Draxler, Podolski e Schürrle; Kruse.

Desses, só Mertesacker pode ser considerado titular absoluto. Podolski já perdeu a vaga para Reus (ou até mesmo Götze) e, no gol, Neuer ainda é o preferido de Löw.

Palpite? Aposto em uma vitória alemã apertada, 2 a 1, com dois de Schürrle.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na história, a Alemanha enfrentou o Equador apenas uma vez. Foi na fase de grupos da Copa do Mundo 2006, em Berlim, no estádio Olímpico, e a Nationalelf venceu por 3 a 0, dois gols de Klose e um de Podolski. Naquele jogo do dia 20 de junho, o time que entrou em campo foi esse: Lehmann, Arne Friedrich, Mertesacker, Huth e Lahm; Schneider (Asamoah), Frings (Borowski), Ballack  e Schweinsteiger; Podolski e Klose (Neuville).

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 15 de maio de 2012 Fora dos campos, Vídeos | 10:17

Podolski no Arsenal e o Schalke em NY

Compartilhe: Twitter

Post de hoje só com imagens. A primeira é uma foto de Lukas Podolski com a camisa do Arsenal. Combinou com ele, não? Até parece o uniforme do Colônia.

Tem também o vídeo com o making of do “ensaio” de Poldi:

http://www.youtube.com/watch?v=ruBndv0GfOQ

E agora a aventura do Schalke nos Estados Unidos. Os jogadores estão aproveitando bem a excursão da equipe por Nova York e passeando pela cidade. E é claro que isso rende bastante fotos dos pontos turísticos. Confere algumas aí embaixo:

Klaas-Jan Huntelaar, o engraçadão

Huntelaar comendo um dogão na barraquinha de pretzels

Mais Huntelaar nos EUA

Zagueiro Metzelder na Estátua da Liberdade

Matip, Uchida e Unnerstall no Empire State

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 Bundesliga, Mercado | 17:02

Freddy Adu pode jogar na 2ª divisão alemã

Compartilhe: Twitter

Quem não se lembra do atacante norte-americano Freddy Adu? Que surgiu como uma das maiores promessas do futebol mundial, mas que nunca fez jus à fama. Só pra relembrar, ele estreou como profissional aos 14 anos de idade no DC United, em 2004, e depois passou por Benfica, Monaco, Belenenses e Aris, além de já ter sido pretendido por gigantes do futebol europeu como Chelsea, Manchester United e Real Madrid.

Mas por que Adu citado aqui no Blog do Alemão? O jovem canhoto de 21 anos está em um período de treinamentos com o modesto Ingolstadt, clube que é o vice-lanterna da 2ª divisão da Bundesliga, e pode ser contratado se for aprovado nos testes. “Estou ansioso pelo estágio na Turquia (local de pré-temporada do time) e quero oferecer ao Ingolstadt boas atuações”, afirmou o jogador.

Se não conseguir, tem que aposentar. Até eu jogaria no penúltimo colocado da 2.Bundesliga.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,