Publicidade

Posts com a Tag Felix Brych

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014 Copa do Mundo, Vídeos | 11:22

Árbitro que validou ‘gol fantasma’ vai para a Copa

Compartilhe: Twitter

felix_brych_2A Fifa definiu todos os árbitros que vão apitar na Copa do Mundo de 2014, e o alemão escolhido para a competição foi Felix Brych, de 38 anos de idade – ele apita jogos da Bundesliga desde 2004 e integra o quadro da entidade máxima do futebol desde 2007.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Felix Brych até é um bom juiz, bastante respeitado dentro de campo pelos jogadores, mas a atual temporada dele vem sendo desastrosa. O apitador escolhido para o Mundial tem média 4 de nota de atuação, segundo a revista “Kicker”, ocupando a penúltima colocação entre todos os 22 da Alemanha. O melhor árbitro em atividade no país é Manuel Gräfe, com nota 7,7.

Vale lembrar que foi Brych quem validou o “gol fantasma” de Stefan Kiessling na partida que o Bayer Leverkusen venceu o Hoffenheim por 2 a 1, em outubro do ano passado. No lance, a cabeçada do atacante foi para fora, mas a bola furou a rede e entrou no gol, enganando o árbitro. Reveja a trapalhada no vídeo abaixo:

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 21 de outubro de 2013 Bundesliga, Vídeos | 08:02

Gol fantasma e grande atuação de Götze marcam a rodada

Compartilhe: Twitter

'Gol fantasma' de Kiessling sobre o Hoffenheim

Rodada bastante polêmica na Alemanha, hein? O assunto do final de semana e que vai render por mais um bom tempo é o “gol fantasma” de Stefan Kiessling na vitória do Bayer Leverkusen diante do Hoffenheim, por 2 a 1, jogando fora de casa. No segundo tempo, quando os Leões já venciam os anfitriões por 1 a 0, o juiz Felix Brych validou um tento inexistente do centroavante.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Após cobrança de escanteio, Kiessling cabeceou para fora, a bola furou a rede e entrou na meta. O atacante viu que a bola foi por fora, lamentou a chance desperdiçada e nem comemorou, mas o árbitro confirmou o tento. Na hora, os próprios jogadores do Hoffe não perceberam que a bola havia furado a rede pelo lado de fora e nem reclamaram.

Confira o lance de Kiessling no vídeo:

No primeiro tempo, Brych já havia anulado um gol legítimo dos donos da casa, anotado por Volland, alegando um impedimento que não existiu. Depois do “gol fantasma”, o juizão ainda deu um pênalti inexistente para o Hoffenheim – a infração foi fora da área -, mas o brasileiro Roberto Firmino desperdiçou a oportunidade. O goleiro Leno defendeu.

O fato é que o Hoffenheim já entrou com um protesto formal na Federação Alemã (DFL) pedindo a anulação da partida. Lembrando que, em 1994, um episódio parecido aconteceu na vitória do Bayern de Munique e Nuremberg. Thomas Helmer, do Bayern, perdeu uma chance clara em cima da linha, mas o árbitro Hans-Joachim Osmers não viu que a bola foi para fora e deu o gol de forma absurda.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

O jogo acabou em 2 a 1 para a equipe de Munique, mas DFL acatou o protesto do Nuremberg, cancelou o jogo e remarcou o duelo, que terminou com outro triunfo do Bayern, dessa vez por 5 a 0. Naquela ocasião, a Fifa ficou irritada demais com o “replay” e ameaçou punir a Alemanha. Agora, porém, a Federação Alemã já avisou que deixa o caso de Hoffenheim x Bayer Leverkusen nas mãos da entidade máxima do futebol mundial.

Confira o gol fantasma de Helmer em 1994:

Por falar em Bayern, a equipe recuperou a liderança da Bundesliga após a goleada aplicada sobre o Mainz, por 4 a 1, dentro da Allianz Arena. E foram os visitantes que saíram na frente, levando a vitória parcial para o intervalo. Entretanto, com a entrada de Mario Götze no segundo tempo, o time de Munique resolveu jogar bola e virou o marcador. O meia fez sua melhor partida com a camisa vermelha, deu duas assistências – para Robben e Mandzukic – e ainda participou do tento de Müller.

O Borussia Dortmund também venceu e segue na segunda colocação: 1 a 0 diante do Hannover, gol de pênalti de Marco Reus. Na sequência, depois de Bayern, Dortmund e Leverkusen, aparecem Hertha Berlim e Schalke. O time da capital fez 1 a 0 sobre o Borussia M’gladbach, enquanto os Azuis-Reais suaram a camisa para vencer o Braunschweig por 3 a 2, com gol anotado aos 46 minutos do 2º tempo.

Luiz Gustavo marcou na vitória do Wolfsburg

No domingo, jogaço entre Hamburgo e Stuttgart, que terminou empatado por 3 a 3. E o Wolfsburg, com um gol do volante brasileiro Luiz Gustavo, bateu o Augsburg e conquistou sua primeira vitória como visitante. Vale destacar também que Werder Bremen e Freiburg protagonizaram o primeiro jogo sem gols da temporada.

Confira os resultados da 9ª rodada:

Sexta, 18 de outubro
Hoffenheim 1 x 2 Bayer Leverkusen 

Sábado, 19 de outubro
Borussia Dortmund 1 x 0 Hannover
Bayern de Munique 4 x 1 Mainz
Werder Bremen 0 x 0 Freiburg
Braunschweig 2 x 3 Schalke
Eintracht Frankfurt 1 x 1 Nuremberg
Hertha Berlim 1 x 0 Borussia M’gladbach

Domingo, 20 de outubro
Hamburgo 3 x 3 Stuttgart
Augsburg 1 x 2 Wolfsburg

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 28 de agosto de 2012 Bundesliga, Fora dos campos, Vídeos | 13:51

Lewandowski prega peça em Reus no treino do BVB

Compartilhe: Twitter

Parece que Marco Reus já está ambientado no Borussia Dortmund. No treinamento desta segunda-feira, o atacante Lewandowski pregou uma peça no jovem meio-campista, que caiu de costas no gramado. E o Götze só ficou rindo do lado, nem parou.

Dá uma conferida no vídeo aí embaixo:

Dizem que Lewandowski está tentando uma vaga no “Zorra Total” alemão.

Só pra não deixar passar batido, olha só o que o juizão Felix Brych aprontou no duelo entre Hannover e Schalke, pela Bundesliga. Dá o manual do copinho de água pra ele.

http://www.youtube.com/watch?v=Ti7W0lqghT8

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 9 de maio de 2012 Bundesliga | 14:17

Dados, números e curiosidades da Bundesliga que acabou

Compartilhe: Twitter

A Bundesliga acabou no último fim de semana, mas ainda dá tempo de colocar aqui alguns números e dados interessantes sobre a competição, né? Claro que dá. Mas antes, queria compartilhar uma ilustração que o leitor Eduardo Alves me mandou por e-mail. É sobre o campeão Borussia Dortmund. Ficou bem bacana, dá até para usar como papel de parede.

Clique e amplie no tamanho completo

Agora sim, vamos aos números e curiosidades:

DADOS GERAIS

Bayern deu a maior goleada

Foram 306 jogos disputados e 875 gols anotados – média de 2,86 por partida. Os mandantes venceram 139 vezes (45,4%), enquanto os visitantes triunfaram em 88 jogos (28,8%). Ainda aconteceram 79 empates (25,8%).

O resultado mais comum foi o 1 x 1, que aconteceu em 36 jogos.

Os jogos que tiveram mais gols na temporada foram três: Werder Bremen 5 x 3 Freiburg, Bayern de Munique 7 x 1 Hoffenheim e Borussia Dortmund 4 x 4 Stuttgart. Oito gols em cada duelo. E o Bayern de Munique é o dono das duas maiores goleadas em casa e fora de casa: 7 a 0 sobre Freiburg, na Allianz Arena, e 6 a 0 sobre o Hertha, em Berlim.

Mais da metade dos jogadores da Bundesliga foram alemães, claro – 264 atletas, o equivalente a 51,4%. O restante é procedente de 62 países diferentes. Áustria e Brasil aparecem logo na sequência com 17 jogadores (3,3%), seguidos por República Tcheca e Croácia, com 13 atletas cada (2,5%).

Florian Meyer, Felix Brych e Wolfgang Stark foram os árbitros que mais apitaram jogos na competição: 19 cada um. Já Manuel Gräfe foi o juiz que mais distribuiu cartões amarelos, num total de 85 e média de 5 por jogo. O árbitro Peter Sippel foi o que mais expulsou atletas: 7 vermelhos.

EQUIPES

Hertha foi o time mais indisciplinado

A equipe mais indisciplinada foi o Hertha Berlim, que levou 74 cartões amarelos e 8 vermelhos. Kaiserslautern e Hoffenheim aparecem logo depois, com 72 amarelos cada. O Kaiserslautern, porém, teve uma expulsão a mais que Hoffe: 4 a 3.

O Bayern de Munique liderou as estatísticas de gols marcados nos primeiros 15 minutos. Foram 14 tentos neste espaço de tempo. Depois vem o Mainz, que fez 12. Já dos 30 aos 45 minutos do segundo tempo, o Stuttgart foi quem mais marcou: 19 gols nesse período dos jogos. Depois vem o Borussia Dortmund, com 18.

Schalke e Werder Bremen conseguiram virar cinco jogos que saíram atrás do marcador, liderando este quesito.

Dos 18 times do torneio, apenas cinco fizeram gols já nos acréscimos: Bayern de Munique (2), Augsburg, Freiburg, Bayer Leverkusen e Hertha Berlim.

Agora, falando de gols sofridos, o Kaiserslautern foi o time mais vazado nos primeiros 15 minutos: 13 gols. E nos 15 minutos finais, a equipe que mais levou gols foi o Colônia, com 16 tentos contra sua meta. Cinco times levaram gols nos acréscimos, sendo que o Werder Bremen tomou dois depois do tempo regulamentar. Os outros são o Hoffenheim, Colônia, Wolfsburg e Stuttgart.

JOGADORES

Arango atuou em todos os jogos

Oito jogadores atuaram em todas as 34 rodadas do campeonato: Lewandowski (Dortmund), Kraft (Hertha), Schäfer (Wolfsburg), Arango e ter Stegen (Borussia M’gladbach), Simons (Nuremberg), Ulreich (Stuttgart) e Zieler (Hannover). Desses, os goleiros Ulreich, ter Stegen e Zieler jogaram todos os minutos dos seus times e não foram substituídos.

O volante Jermaine Jones foi o mais indisciplinado da Bundesliga, levando 13 amarelos. Sokratis Papastathopoulos, do Werder, e Andreas Beck, do Hoffenheim, também levaram 13 advertências no total. E apenas um jogador levou mais de um cartão vermelho na competição. Miso Brecko, do Colônia, foi expulso duas vezes.

Huntelaar, do Schalke, foi o jogador que liderou o quesito “dois gols por jogo”. Em sete jogos ele balançou as redes duas vezes. Já no quesito “três gols por jogo”, Mario Gomez, do Bayern de Munique, foi o único atleta que conseguiu dois “hat-tricks”. E foi o único também que fez 4 gols na mesma partida.

Perisic, do Dortmund, e Reisinger, do Freiburg, foram os atletas que mais entraram no decorrer das partidas quando começaram como reservas. Ambos participaram de 20 jogos nessas condições.

Ainda falando de jogadores que começaram os jogos como suplentes, Arnautovic, do Werder, Robben, do Bayern, Perisic, do Dortmund, e Choupo-Moting, do Mainz, são os artilheiros dos reservas. Eles fizeram três gols cada depois que saíram do banco.

Unnerstall, gigante e pesado

Lukas Podolski bem que tentou salvar o Colônia do rebaixamento. Ele é o jogador que tem a melhor porcentagem de gols dentro do próprio time, com 46% – quase metade dos tentos do Köln. Huntelaar, artilheiro da Bundesliga, fez 39% dos gols do Schalke e é o segundo colocado neste dado.

Unnerstall, goleiro do Schalke, foi o jogador mais alto e mais pesado do campeonato. Ele tem 1,98m e pesa 100 kg. A altura dele é a mesma de Naldo, zagueiro do Werder, mas o brasileiro pesa menos. Por falar nisso, Orozco, do Wolfsburg, foi o jogador mais leve de todos, com apenas 55 kg. O colombiano também foi o  mais baixinho, 1,64m.

O atleta mais novo que entrou em campo na temporada foi Pascal Itter, do Nuremberg. Ele tem apenas 16 anos de idade. Em contrapartida, Lenz, do Wolfsburg, e Butt, do Bayern, foram os mais velhos a jogar. Ambos têm 37 anos nas costas.

E o mais feio? Ribéry? Huntelaar? Owomoyela? Mario Gomez?

Lembrou de algum outro dado legal?
Coloque aí nos comentários.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,