Publicidade

Posts com a Tag Guardiola

terça-feira, 14 de janeiro de 2014 Fora dos campos | 18:10

Ex-volante embarca para estágio no Bayern de Munique

Compartilhe: Twitter

Mozart

Lembram daquele volante Mozart? Revelado no Paraná Clube, nos anos 90, e com passagens por Coritiba, Flamengo e Palmeiras? Pois então, atualmente com 34 anos de idade, ele largou os gramados em 2012 para se arriscar na carreira de treinador. E para dar uma alavancada na nova função, o jovem técnico fará um estágio na Alemanha, “só” no Bayern de Munique.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Mozart

A ideia de Mozart é conviver com os jogadores da equipe bávara e aprender com o técnico Pep Guardiola. “É uma excelente oportunidade, pois o Guardiola é uma referência na profissão. Quero aproveitar para entender a metodologia de trabalho dele, e me aperfeiçoar para quando surgir uma nova oportunidade eu estar melhor do que da última vez”, disse o treinador, que comandou o Jaraguá-SC na temporada de 2013.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Mozart embarca para terras alemãs no próximo dia 27 de janeiro e ficará uma semana ao lado de Guardiola realizando o estágio no atual campeão do mundo. “Em uma oportunidade como essa você tira lições de tudo. Quero aproveitar bastante este período para aprender o máximo possível”, completou o ex-volante, que já atuou contra o espanhol quando era jogador profissional.

“Joguei contra o Pep quando atuava na Itália, ele estava no Brescia e eu no Reggina. O jogo não acabou muito bem para nós, lembro que perdemos”, finalizou Mozart.

Impossível um lugar melhor para aprender, não?

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 30 de agosto de 2013 Supercopa da Europa | 19:28

Com requintes de crueldade, Bayern é campeão

Compartilhe: Twitter

Um dia é da caça, outro do caçador. Um dia é de Petr Cech, outro de Manuel Neuer. Um dia é do Chelsea, outro do Bayern. A vingança está consumada.

E o Bayern fez o clube inglês provar do seu próprio veneno na decisão da Supercopa da Europa. O enredo do jogo em Praga foi praticamente o mesmo da final da Champions de 2011/2012, disputada na Allianz Arena, com o time alemão melhor no duelo, mantendo a posse de bola, pressionando, enquanto o Chelsea se defendia de todas as maneiras e tentava alguma coisa nos contra-ataques.

Só que o final foi diferente.

Martinez marcou para o Bayern no final

No primeiro tempo, Fernando Torres abriu o placar para os ingleses após receber passe de Schürrle. Um belo gol. Durante toda etapa inicial, o Bayern tentou buscar o empate principalmente em jogadas pelo lado esquerdo, com Ribéry, mas Mourinho armou uma retranca absurda e o time de Munique não conseguiu furar a parede.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Logo no começo da etapa final, como estava difícil penetrar na defesa adversária, Ribéry resolveu arriscar de fora de área e, enfim, venceu o goleiro Petr Cech: 1 a 1. O panorama continuou o mesmo. Bayern atacando, Chelsea se defendendo. O time londrino ainda teve excelentes chances em bolas aéreas, uma com Ivanovic cabeceando no travessão e outra com David Luiz exigindo boa defesa de Neuer. Sem contar a oportunidade do brasileiro Oscar num erro bisonho de Dante, que escorregou e deixou o compatriota livre para marcar, mas o arqueiro alemão pegou.

O duelo foi para a prorrogação. Assim como na Champions.

Aos 3 minutos do tempo extra, o belga Hazard arrancou pela esquerda, passou com facilidade por Lahm, driblou Boateng sem dificuldades e acertou um chute seco. Neuer poderia ter defendido, mas falhou. Como Ramires havia sido expulso no final do tempo regulamentar, o duelo virou ataque contra defesa. Com um homem a menos, nem contra-ataque o Chelsea conseguia criar mais.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Neuer defende o pênalti de Lukaku

Principalmente no segundo tempo da prorrogação, o Bayern armou um verdadeiro bombardeio pra cima da defesa inglesa com Ribéry, Boateng, Mandzukic, Götze, Lahm, Shaqiri… chances não faltaram. E quase todas defendidas por Cech de forma espetacular. Entretanto, aos 15 minutos e 56 segundos do segundo tempo, faltando só 4 segundos para o apito final, Alaba levantou na área, a bola desviou em Dante e sobrou para Martinez empatar: 2 a 2.

Nas penalidades, o Bayern converteu todas as suas cinco cobranças com Alaba, Lahm, Ribéry, Kroos e Shaqiri, e a decisão ficou nos pés do atacante belga Lukaku, de apenas 20 anos de idade. De canhota, ele bateu para defesa de Neuer e delírio dos torcedores Bávaros que estavam no estádio.

Primeiro título de Guardiola pelo Bayern de Munique. Primeiro título do futebol alemão na Supercopa da Europa. E viva o futebol, que proporciona momentos emocionantes como esse. Haja coração, como diria o outro.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 24 de julho de 2013 Amistosos | 18:36

Bayern, Schalke e Wolfsburg vencem amistosos

Compartilhe: Twitter

No reencontro do técnico Pep Guardiola com o Barcelona, o Bayern de Munique nem precisou se esforçar muito para vencer por 2 a 0 e conquistar a Uli Hoeness Cup, torneio amistoso realizado na Allianz Arena, casa dos Bávaros. Os gols foram anotados por Lahm, de cabeça, e Mandzukic.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Por falar em Lahm, mais uma vez o lateral direito foi escalado no meio de campo, atuando como volante e saindo para o ataque. O fato é que a “invenção” vem dando certo, tanto que o capitão já anotou três gols nos jogos da pré-temporada, algo incomum na sua carreira. E fazendo até gol de cabeça com todo seu 1,70m de altura.

Lahm sobe no 3º andar e marca de cabeça

A opção de usar Lahm pelo meio de campo nesses primeiros jogos é simples. Schweinsteiger se recuperou recentemente de lesão e atuou pela primeira vez sob o comando de Guardiola – Bastian entrou no segundo tempo -, ao passo que Luiz Gustavo e Martínez se apresentaram atrasado por conta da Copa das Confederações e estão sem ritmo. O brasileiro ainda entrou em campo contra o Barça.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

O treinador deixou claro também que a formação sem um centroavante fixo deverá ser bastante utilizada. Nesta quarta-feira, Guardiola iniciou a partida com Mandzukic e Pizarro no banco de reservas e Thomas Müller mais avançado como homem de referência. E olha que ainda tem Mario Götze chegando para ser titular.

Vale ressaltar que o Barcelona jogou totalmente desfigurado, sem alguns de seus principais atletas, como Iniesta, Xavi, Busquets, Piqué, Daniel Alves e o recém-contratado Neymar. O argentino Messi esteve em campo, mas saiu no intervalo.

Michel Bastos em ação pelo Schalke

Outros alemães também estiveram em campo nesta quarta em amistosos de pré-temporada. Na Áustria, o Schalke enfrentou os ingleses do Southampton e venceu por 2 a 0, tentos anotados por Huntelaar e Matip. Já o Wolfsburg contou com um gol do brasileiro Naldo para fazer 2 a 1 no St. Gallen, na Suíça.

Ainda na Suíça, o Mainz fez uma partida recheada de gols diante do Basel. Os três gols dos alemães no empate por 3 a 3 foram do atacante Choupo-Moting. Já o Hannover jogou contra o Kasımpasa, da Turquia, e perdeu por 1 a 0.

Ah, e para não passar batido, Mario Gomez anotou seus primeiros gols com a camisa da Fiorentina na goleada por 7 a 1 no amistoso contra a Cremonese. Super Mario balançou a rede por duas vezes – o 1º e o 4º tentos.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013 Amistosos, Bundesliga, Jogadores brasileiros, Mercado, Seleção da Alemanha | 13:42

Voltamos!

Compartilhe: Twitter

Depois de duas semanas de férias, o Blog do Alemão está de volta. E olha que muitas coisas aconteceram nesses 15 dias de recesso, hein? Apesar de não ter escrito por aqui, consegui acompanhar as coisas da Alemanha. Tem brasileiro novo na Bundesliga, convocação da seleção para o amistoso contra a França, grandes jogos no campeonato e muitos boatos no mercado da bola.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Michel Bastos fez gol na sua estreia pelo Schalke, mas a equipe perdeu do lanterna em casa

Se eu esquecer de alguma coisa, é só falar lá embaixo, nos comentários.

O goleiro Gomes chegou ao Hoffenheim e fica no clube alemão até a metade do ano, por empréstimo do Tottenham. E na sua estreia, levou um gol, mas teve boa atuação na vitória da equipe sobre o Freiburg. Quem também chegou e já estreou foi o meia Michel Bastos, que estava no Lyon e agora é do Schalke – também até o fim da temporada. Ele fez um gol no seu primeiro jogo pelos Azuis-Reais, mas o time perdeu dentro de casa para o lanterna Greuther Fürth, de virada.

Aliás, o problema do Schalke não é meio e nem ataque, é defesa. A equipe não contratou ninguém de qualidade para cuidar da zaga e corre sérios riscos de cair na Champions já nas oitavas de final, até porque o seu rival, o Galatasaray, se reforçou muito bem e agora tem Drogba e Sneijder no elenco.

O outro brasileiro que chegou à Bundesliga é o volante França, que saiu do Criciúma e foi para o Hannover.

Dentro do Alemão, o Bayern de Munique segue soberano e mais líder do que nunca. Nenhuma novidade, o título dessa temporada já é Bávaro. O vice-líder agora é o Borussia Dortmund, que venceu o Bayer Leverkusen na última rodada em um jogão na BayArena, que terminou 3 a 2 para os Amarelos. Não assisti ao vivo, mas vi os melhores lances e foi uma partidaça, uma das melhores da temporada.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

O Bayern tem 51 pontos, contra 39 do Dortmund e 37 do Leverkusen. Já era, né?

Por falar em Bayern e Dortmund, a imprensa da Itália já cravou o acerto do atacante Lewandowski com o time de Munique para a próxima temporada. Seria um pedido de Guardiola, que também quer Falcao Garcia, do Atlético de Madrid, e Luis Suarez, do Liverpool. A tendência é que o técnico espanhol faça uma renovação na equipe.

Nationalelf

A seleção alemã entra em campo nesta quarta-feira, dia 6 de fevereiro, no seu primeiro jogo do ano. E para o duelo contra a França, em Paris, Joachim Löw terá muitos problemas. Dos convocados, o treinador não poderá contar com Marco Reus, Mario Götze, Schmelzer, Schweinsteiger e Klose, todos lesionados. Achei injustiça a não convocação de Kiessling, que faz uma ótima temporada pelo Bayer Leverkusen. Mas enfim.

► Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

Quando: 06/02/2013, quarta-feira
Onde: Stade de France, em Paris-FRA
Porque: Amistoso
Horário: 18h00 (de Brasília)
Na TV: Esporte Interativo e Sportv 3

Löw já adiantou que Adler será o titular no gol, deixando Neuer no banco de reservas. Com isso, o time que deve entrar jogando é esse: Adler, Lahm, Mertesacker, Hummels e Lars Bender (Westermann); Khedira, Gündogan, Kroos e Özil; Thomas Müller e Mario Gomez.

Palpite? Vai ser difícil, mas aposto em um empate por 1 a 1, gol de Gomez.

Alemanha perdeu o último jogo contra a França

No retrospecto, a Alemanha leva desvantagem contra os franceses. São 24 partidas na história, com sete vitórias germânicas, seis empates e 11 triunfos da França – já se passam 26 anos da última vitória alemã no duelo, que aconteceu em 1987. Foram 40 gols contra e 40 gols a favor.

Confira abaixo alguns desses jogos:

Primeiro jogo
15/03/1931 – Amistoso em Paris-FRA
França 1 x 0 Alemanha

Último jogo
29/02/2012 – Amistoso em Bremen-ALE
Alemanha 1 x 2 França

Última vitória alemã
12/08/1987 – Amistoso em Berlim-ALE
Alemanha 2 x 1 França

Maior vitória alemã
27/09/1967 – Amistoso em Berlim-ALE
Alemanha 5 x 1 França

Jogo com mais gols
28/06/1958 – Decisão do 3º lugar da Copa de 58
França 6 x 3 Alemanha

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 Bundesliga, Mercado | 10:32

As novidades na Alemanha e a volta da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

O Campeonato Alemão, enfim, está de volta. Mas antes de falar sobre a 18ª rodada, a primeira do segundo turno, um rápido pitaco sobre algumas novidades nos times germânicos.

► Clique aqui e confira as contratações e perdas dos alemães na janela de janeiro

NURI SAHIN
O Borussia Dortmund repatriou o meio-campista turco, que estava no Liverpool e que pertence ao Real Madrid. Ele fica no Westfalenstadion por empréstimo de um ano e meio, até julho de 2014.

Comentário: Uma ótima sacada dos Amarelos, que se fortalecem ainda mais na briga pelo título da Champions, a prioridade da equipe na temporada. Porém, o ídolo do clube não chega com status de titular. Até junho, Sahin terá que se contentar em esquentar o banco de reservas, já que o time está redondo sem ele. E Gündogan, o cara que entrou na sua vaga, tomou conta do meio de campo do Dortmund. A partir do meio do ano Sahin vai brigar por um lugar entre os 11, não agora.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

RAFFAEL
Em crise, o Schalke contratou o meio-campista brasileiro, que estava no Dínamo de Kiev, da Ucrânia. O ex-jogador do Hertha Berlim fica por empréstimo até o meio do ano, com opção de compra dos Azuis-Reais.

Comentário: Bom reforço. Raffael é habilidoso, rápido, se apresenta para o jogo e pode ajudar muito Huntelaar e Afellay no ataque. Porém, a prioridade do Schalke não é arrumar o setor ofensivo, mas sim a defesa. A equipe caiu muito de produção nas últimas rodadas da Bundesliga e não conseguiu um nome importante para tomar conta da zaga. A tendência é de muito sofrimento para os torcedores.

A contratação de Raffael tem um porém. Como ele já jogou a Champions pelo Dínamo, o meia não poderá atuar pelo Schalke na competição. “Estou muito feliz com o desfecho da negociação. Acredito que não vou ter qualquer tipo de problema já que atuei por quatro anos na Alemanha e me adaptei muito bem ao estilo de jogo do país. Passei bons momentos assim que cheguei no Hertha e agora tenho outro desafio na carreira. Mesmo só podendo jogar pelo Schalke no Alemão, estarei acompanhando os jogadores nas duas partidas das oitavas. Temos uma boa equipe e acredito na classificação para a próxima fase”, disse o brasileiro.

PEP GUARDIOLA
Para surpresa de muitos, o Bayern de Munique anunciou a contratação do técnico espanhol, que assume no começo de julho de 2013 e fica até 2016, de acordo com o vínculo firmado entre as duas partes. Dizem que o contrato foi assinado antes do Natal, em 20 de dezembro de 2012. Conseguiram segurar bem a infirmação.

Comentário: Excelente notícia para os torcedores bávaros e para o futebol alemão. A chegada de um técnico multicampeão e desejado por clubes de todo mundo só mostra o quanto a Bundesliga está crescendo e se consolidando como um dos grandes campeonatos do mundo – para mim, fica atrás apenas do Campeonato Inglês.

Dentro de campo, a tendência é que Guardiola adapte o Bayern ao seu estilo de jogo mais cadenciado e trabalhado. Atualmente, a equipe tem jogadores que definem rápido as jogadas e que ficam pouco tempo com a bola nos pés. Talvez Kroos e Schweinsteiger sejam os atletas que menos precisem mudar. O resto sim, principalmente Ribéry, Robben e Müller.

E Mario Gomez? Guardiola não gosta de centroavantes parados. Ele prefere jogadores que se movimentam bastante no ataque, que se mexam por todo setor ofensivo. Por isso, Mandzukic tem mais chances de ser titular com o espanhol. Até Pizarro tem certa vantagem.

Outro ponto positivo é  fato de Guardiola trabalhar bastante com os jovens da base. Foi assim no Barcelona e será assim no Bayern, que tem toda estrutura nesse sentido. O espanhol tem todos os ingredientes nas mãos para dar certo e levar a equipe de volta às grandes conquistas continentais. Aposto nisso.

Bom, sobre a Bundesliga, não tem muito o que falar. Vamos ver como os times voltam depois da pausa de inverno. Confira abaixo a programação e os palpites da 18ª rodada.

Sexta, 18 de janeiro
Schalke 1 x 0 Hannover (17h30 – ESPN)

Sábado, 19 de janeiro
Bayer Leverkusen 1 x 1 Eintracht Frankfurt
Hoffenheim 2 x 1 Borussia M’gladbach
Bayern de Munique 4 x 0 Greuther Fürth (12h30 – ESPN Brasil)
Wolfsburg 2 x 0 Stuttgart
Mainz 1 x 2 Freiburg
Werder Bremen 0 x 2 Borussia Dortmund (15h30 – ESPN)

Domingo, 20 de janeiro
Fortuna Düsseldorf 3 x 2 Augsburg
Nuremberg 1 x 0 Hamburgo

Autor: Tags: , , , , , ,