Publicidade

Posts com a Tag Inter de Milão

quarta-feira, 13 de abril de 2011 Liga dos Campeões | 18:15

Que venha o Manchester United!

Compartilhe: Twitter

Com outra boa vitória sobre a Inter de Milão, o Schalke confirmou, pela primeira vez em sua história, vaga na semifinal da Liga dos Campeões da Europa. Raúl – sempre ele – e Höwedes marcaram os gols da equipe alemã em Gelsenkirchen. Nesta quarta-feira, 2 a 1. No placar agregado, 7 a 3 para os Azuis-Reais, uma lavada!

Precisando apenas se cuidar para não levar uma goleada em casa, o Schalke controlou muito bem a partida desde o início. A Inter, precisando fazer 4 gols e não levar nenhum, mal assustou a meta de Neuer nos primeiros 45 minutos. Tanto que o goleirão trabalhou apenas uma vez, num chute de longe de Stankovic. De resto, só saídas em cruzamentos fáceis na área.

Benedikt Höwedes marcou o 2º gol do Schalke na partida

O Schalke também não forçou muito, não teve lá grandes chances para marcar, mas chegou ao primeiro gol antes do intervalo. O espanhol Jurado, que vem jogando demais, deu belo passe para o compatriota Raúl, que recebeu na área, driblou Júlio César e tocou para o gol vazio. Delírio na Veltins Arena com o 71º gol do atacante na história do torneio!

No segundo tempo, os italianos voltaram melhor e empataram nos primeiros minutos, com Thiago Motta. Mesmo assim, os germânicos foram inteligentes para administrar a vantagem conquistada no primeiro jogo e não deixaram o rival se animar. No fim, Raúl apareceu mais uma vez e deu lindo lançamento para Benedikt Höwedes. O zagueiro apareceu livre na frente do goleiro brasileiro e soltou a bomba para definir o placar.

Além de Raúl, “Sr. Champions League”, e de Jurado, outro atleta jogou muito nos dois duelos das quartas. Sabe quem? O volante grego Kyriakos Papadopoulos.  Ele pode não aparecer muito para a torcida, mas é de extrema importância no sistema que Ralf Rangnick montou na equipe. O jovem de 19 anos (sim, só 19 mesmo) marca muito bem, sabe sair jogando e mostra muita inteligência. Encaixou como uma luva. Como é que o Felix Magath não via esse garoto no elenco? Não dá pra entender…

Edu, que brilhou na partida em Milão, esteve tímido no jogo de volta e não teve muitas chances.

> Raúl sobe para arquibancada e comemora com a torcida no fim do jogo. Assista!

Agora, o Schalke terá o Manchester United pela frente no mata-mata. Depois comentamos com mais detalhes esse duelo aqui no blog. O primeiro jogo será em Gelsenkirchen, dia 26 de abril, com a decisão acontecendo na Inglaterra, dia 4 de maio. Na outra semifinal, o superclássico espanhol entre Barcelona e Real Madrid.

Bayern e Dortmund na Liga dos Campeões? Basta assistir, não jogar!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Fora dos campos | 14:15

Mau presságio no Schalke? Espero que não…

Compartilhe: Twitter

Horas antes do duelo decisivo contra a Inter de Milão, pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, um escudo luminoso enorme do Schalke 04 caiu do teto do escritório do clube, em Gelsenkirchen. Ninguém sabe ainda a causa do acidente, que, felizmente, não deixou feridos.

Seria um mau presságio do que está por vir no jogo contra os italianos, na Veltins Arena?
Espero que não!

*As imagens são do diário alemão Bild

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de abril de 2011 Liga dos Campeões | 17:57

Schalke 04… ou 05?

Compartilhe: Twitter

Que jogo, que atuação, que lavada! Histórico! Ninguém esperava que o Schalke goleasse a Inter de Milão, na Itália, por 5 a 2. Eu, sinceramente, não. E você? A vaga está praticamente assegurada. Praticamente porque é o Schalke. Já sabemos o que o time é capaz de fazer na temporada… digamos que os Azuis-Reais têm 95% de chance de seguir.

O fato é que o recém-chegado treinador Ralf Rangnick conseguiu dar um jeito na equipe. Ele promoveu os retornos de Baumjohann, Sarpei e Papadopoulos à equipe principal – antes eram preteridos por Felix Magath – e deu um voto de confiança ao brasileiro Edu. O resultado disso tudo foi a boa movimentação do ataque e uma ligeira melhora no sistema defensivo.

> Clique aqui e leia o relato completo da partida

Edu chuta e marca o 5º gol do Schalke

O grande nome do jogo desta terça-feira foi Edu. Partidaça do brasileiro! Não só pelos dois gols, mas também pelo inferno que causou na defesa italiana. Porém, sem muito alarde, o grego Papadopoulos também jogou demais, tomou conta do meio de campo. Talvez ele seja a peça que faltava para proteger os zagueiros e dar qualidade no passe.

Jurado deu velocidade e toque de classe na intermediária ofensiva, enquanto Matip, improvisado na defesa no lugar de Metzelder, formou um miolo de zaga bem mais consistente ao lado de Höwedes. Os dois se perderam em alguns lances, inclusive no 2º gol da Inter, mas no geral ficaram acima da média.

Mesmo com o lindo gol de Stankovic, aos 23 segundos de partida, o Schalke não se abalou. Raúl mostrou desde o começo que estava afim de jogo e assustou na sequência com duas boas cabeçadas perigosas. Mais tarde, Matip empatou após rebote da cabeçada de Papadopoulos, defendida por Júlio César.

Raúl + Champions = Sucesso

Ainda no primeiro tempo, Milito colocou a Inter na frente, mas Edu, faltando cinco minitos, igualou o marcador num gol de raça.

Logo no começo da segunda etapa, os donos da casa quase marcaram o terceiro. Mas foi Raúl que brilhou e virou para o Schalke. Ele recebeu passe de Farfán, ganhou da marcação de Chivu e, com extrema categoria, chutou na saída do goleiro brasileiro. Alguns minutos depois, Chivu foi expulso, facilitando a vida do Schalke.

Sem forçar muito, o time alemão chegou ao quarto gol. O espanhol Jurado puxou contra-ataque e viu Edu livre entrando na área. O passe, no entanto, foi interceptado pelo zagueiro Ranocchia, que marcou contra a própria pátria. Aos 30, Edu marcou mais um, girando na entrada da área e colocando no canto com precisão, longe do alcance do compatriota Júlio César.

Neuer se recuperou da bobeira no 1º gol

Depois foi só administrar e esperar o apito final. Ah, e fazendo justiça a Manuel Neuer, que se precipitou no primeiro gol da Inter ao cortar de cabeça fora da área um lançamento, ele foi seguro no jogo todo. Quando a partida estava 2 a 2, no começo da etapa final, o goleirão titular da seleção alemã fez uma defesaça num chute de Eto’o.

Outro destaque foi o peruano Jefferson Farfán. Desde o começo da campanha do Schalke na Champions, o jogador é o termômetro do time. Solícito, brigador, rápido, inteligente… pena que levou um cartão amarelo que lhe tira do jogo de volta, dia 13 de abril, quarta-feira que vem, lá na Veltins Arena, em Gelsenkirchen.

O bom é que a vaga já está garantida. Ou não?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de abril de 2011 Liga dos Campeões, Vídeos | 16:39

Schalke x Inter, mais uma decisão

Compartilhe: Twitter

Nesta terça-feira tem Inter de Milão x Schalke, duelo que abre as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Os dois times já se enfrentaram outras quatro vezes, todas em fases decisivas da Copa da Uefa – hoje, Liga Europa. Nunca um time ganhou do outro com margem superior a um gol de diferença.

Curiosamente, um jogador que esteve em campo nos quatro jogos anteriores também jogará nesta terça. Sabe quem? O argentino Javier Zanetti, atual capitão do time italiano. Esse tem história pra contar.

Veja o histórico de confrontos:

Atacante Ronaldo fez um gol no Schalke na Copa da Uefa de 1998

7 de maio de 1997
Final da Copa da Uefa – jogo de ida
Schalke 1 x 0 Inter de Milão
(SCH: Marc Wilmots)

21 de maio de 1997
Final da Copa da Uefa – jogo de volta
Inter de Milão 1 x 0* Schalke
(INT: Ivan Zamorano)
*Schalke venceu por 4 a 1 nos pênaltis

3 de março de 1998
Quartas da Copa da Uefa – jogo de ida
Inter de Milão 1 x 0 Schalke
(INT: Ronaldo)

17 de março de 1998
Quartas da Copa da Uefa – jogo de volta
Schalke 1 x 1* Inter de Milão
(SCH: Michaël Goossens / INT: Taribo West)
*Schalke venceu no tempo normal e a Inter empatou na prorrogação

No duelo mais importante da história, a decisão da Copa da Uefa da temporada 1996/97, o Schalke foi campeão com uma vitória em casa e uma derrota na Itália. Na partida de volta, a equipe alemã segurava a italiana até os 39 minutos do segundo tempo, quando o atacante chileno Zamorano anotou o gol que levou o jogo para os pênaltis.

Os times jogaram assim:

INTER: Gianluca Pagliuca, Giuseppe Bergomi (Jocelyn Angloma), Massimo Paganin, Salvatore Fresi e Alessandro Pistone; Javier Zanetti (Nicola Berti), Ciriaco Sforza (Aron Winter), Paul Ince e Youri Djorkaeff; Maurizio Ganz e Ivan Zamorano. Técnico: Roy Hodgson.

SCHALKE: Jens Lehmann, Olaf Thon, Johan de Kock, Thomas Linke e Yves Eigenrauch; Michael Büskens, Radek Latal (Oliver Held), Jiri Nemec e Andreas Müller (Ingo Anderbrügge); Marc Wilmots e Martin Max. Técnico: Huub Stevens.

Nos pênaltis: Zamorano e Winter perderam para a Inter, Djorkaeff marcou; Anderbrügge, Thon, Max e Wilmots marcaram para o Schalke.

Veja abaixo o vídeo de uma reportagem sobre esse jogo final:
(Detalhe para a cara de criança do goleiro Lehmann. Sim, aquele Lehmann)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 1 de abril de 2011 Bundesliga | 18:40

Schalke embala para pegar a Inter de Milão

Compartilhe: Twitter

É 1º de abril, mas não é mentira. O Schalke jogou muito bem fora de casa e conseguiu vencer o encardido time do St. Pauli, que sempre complica para os adversários no acanhado Millerntor-Stadion, que estava lotado. O jogo terminou antes do tempo regulamentar, aos 43 minutos do segundo tempo, porque uma caneca atirada pela torcida pirata atingiu a nuca do bandeirinha Thorsten Schiffner. O árbitro Deniz Aytekin resolveu colocar um ponto final na partida.

A postura dos torcedores do St. Pauli foi lamentável. Tudo bem que estavam nervosos com o gol anulado – muito bem anulado, por sinal – e com as expulsões de Bartels e Kalla, que foram justamente punidos com o cartão vermelho, mas nada justifica ficar atirando coisas no gramado.

De acordo com o site da Kicker, o torcedor baderneiro que atirou a caneca foi preso, mas mesmo assim a DFB (Federação Alemã de Futebol) deverá aplicar uma multa pesada ao clube.

Em campo, Raúl mostrou que pode ser o diferencial do Schalke para o duelo contra a Inter de Milão, pela Liga dos Campeões. O espanhol marcou um belo gol de cabeça, quase fez outro chutando do meio de campo – seria um golaço – e comandou o ataque dos Azuis-Reais na partida.

Quem também aparece como candidato a herói no Schalke é o peruano Farfán. Ele bateu o escanteio que terminou no primeiro gol, o de Raúl, e evitou a saída de bola pela linha de fundo no lance do segundo gol, anotado pelo jovem Draxler. Problema mesmo é a zaga. Metzelder dá cada susto, pelo amor…

Agora, foco no jogo da semana que vem. Pessoal lá em Gelsenkirchen já está apreensivo para o duelo com a Inter de Milão. O jogo será na terça-feira, lá na Itália, às 15h45 (de Brasília). Tenso!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 18 de março de 2011 Amistosos, Bundesliga, Eurocopa, Liga dos Campeões, Seleção da Alemanha | 08:34

Sexta de Liga dos Campeões, seleção alemã e Bundesliga

Compartilhe: Twitter

A Uefa sorteou nesta sexta-feira os confrontos das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, e o único clube alemão vivo em torneios europeus conheceu seu caminho rumo à possível decisão. Schalke x Inter de Milão, primeiro jogo na Itália (dia 5 de abril), segundo na Alemanha (dia 13 de abril). Quem passar, pega Chelsea ou Manchester United na semifinal. Pedreira de todo lado.

O ideal para equipe germânica era enfrentar Tottenham ou Shakhtar, mas não vejo o time já eliminado neste confronto com os italianos. Existe uma ponta de esperança, apesar de pequena.

Os Azuis-Reais vingam o Bayern de Munique? O que achou do caminho da equipe? Vale ressaltar que na final da Copa da Uefa da temporada 1996/97, o Schalke levou a melhor sobre a Inter, sagrando-se campeão nos pênaltis. O histórico, pelo menos, favorece.

Antes, o time de Gelsenkirchen tem compromissos pela Bundesliga. O primeiro já é neste domingo, contra o Bayer Leverkusen, fora de casa. O treinador Ralf Rangnick ainda não estreia no comando do Schalke, apesar de já ter comandado trabalhos na equipe. Mas, dependendo do que acontecer nesse duelo, o primeiro sem Felix Magath, teremos uma ideia da postura que o time deve ter na Liga.

Ainda pelo Alemão, o Borussia Dortmund terá a chance de se recuperar contra o perigoso Mainz, que sonha com a Champions. Outros que lutam por uma vaga na Liga dos Campeões também terão adversários complicados no fim de semana. O Bayern de Munique encara o Freiburg, fora, enquanto o Hannover recebe o Hoffenheim, último algoz do líder.

Veja a programação de jogos e palpites da rodada:

Sexta, 18 de março
(18º) Borussia M’gladbach 2 x 0 Kaiserslautern (14º)

Sábado, 19 de março
(8º) Hamburgo 1 x 1 Colônia (11º)
(15º) Frankfurt 1 x 0 St. Pauli (16º)
(7º) Freiburg 1 x 3 Bayern de Munique (4º) (11h30 – ESPN HD e Esporte Interativo)
(3º) Hannover 2 x 2 Hoffenheim (9º)
(6º) Nuremberg 2 x 1 Werder Bremen (12º)
(1º) Borussia Dortmund 3 x 2 Mainz (5º) (14h30 – ESPN Brasil)

Domingo, 20 de março
(2º) Bayer Leverkusen 0 x 0 Schalke (10º) (11h30 – Esporte Interativo)
(13º) Stuttgart 2 x 2 Wolfsburg (17º)

Nationalelf

O técnico Joachim Löw convocou nesta sexta-feira a seleção alemã para o duelo contra o Cazaquistão, pelas Eliminatórias da Euro 2012, no sábado, dia 26 de março, e para o amistoso contra a Austrália, na terça-feira, dia 29. Os jogos acontecem em Kaiserslautern e M’gladbach, respectivamente.

Lembrando que o treinador renovou seu contrato com a Federação Alemã e fica no time nacional até o fim da Copa do Mundo de 2014. Löw será o primeiro técnico a ficar por duas Eurocopas e dois Mundiais seguidos desde Franz Beckenbauer.

Nesta convocação, apenas duas “surpresas”. O meio-campista Kevin Grosskreutz ficou de fora. O técnico preferiu dar outra chance para Toni Kroos, que não faz uma boa temporada. Não gostei. Outro que não está na relação é Heiko Westermann. Já os outros garotos destaques do Borussia Dortmund foram chamados, assim como o atacante Andre Schürrle, do Mainz.

Veja a lista:

Goleiros: Manuel Neuer (Schalke), Rene Adler (Bayer Leverkusen), Tim Wiese (Werder Bremen)

Defensores: Arne Friedrich (Wolfsburg), Dennis Aogo (Hamburgo), Holger Badstuber (Bayern de Munique), Philipp Lahm (Bayern de Munique), Jerome Boateng (Manchester City-ING), Mats Hummels (Borussia Dortmund), Per Mertesacker (Werder Bremen), Marcel Schmelzer (Borussia Dortmund)

Meio-campistas: Mario Götze (Borussia Dortmund), Sven Bender (Borussia Dortmund), Mesut Özil (Real Madrid-ESP), Sami Khedira (Real Madrid-ESP), Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique), Christian Träsch (Stuttgart), Toni Kroos (Bayern de Munique)

Atacantes: Mario Gomez (Bayern de Munique), Miroslav Klose (Bayern de Munique), Thomas Müller (Bayern de Munique), Lukas Podolski (Colônia) e Andre Schürrle (Mainz)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de março de 2011 Liga dos Campeões | 19:45

Final de temporada para o Bayern de Munique

Compartilhe: Twitter

Independente da eliminação do Bayern de Munique dentro de casa, o duelo contra a Inter de Milão foi um jogaço! Talvez o melhor desta edição da Liga dos Campeões da Europa e, seguramente, o melhor de 2011 no torneio. Cheio de alternativas, falhas, viradas, lances de perigo… e de gols, claro. O time alemão pecou nas finalizações, perdeu muitas oportunidades, e acabou sendo castigado no final: 3 a 2 para os italianos. A vingança do ano passado fica pra depois.

Final de temporada para os Bávaros. Praticamente sem chances de título da Bundesliga e eliminado da Copa da Alemanha e agora da Champions. Louis Van Gaal já podia pegar o boné e voltar para Holanda, não? Tudo bem que ainda falta classificar o time para a Liga do ano que vem – o time é 4º colocado no Alemão – e não pretende ficar de fora da próxima edição, cuja final acontecerá justamente na Allianz Arena, casa do Bayern. Os ânimos estarão abalados daqui pra frente.

Nesta terça, a Inter começou dando as cartas e abriu o placar logo aos 4 minutos, com Samuel Eto’o. O Bayern foi ganhando forças e tomou conta do primeiro tempo. Tanto que conseguiu a virada com Mario Gomez e Müller. No primeiro gol, Robben chutou, Júlio César falhou e Gomez completou para o gol, chutando meio que de costas. No segundo, Thiago Motta tentou cortar um passe, mas deu de lambuja para Müller virar.

O goleiro dos visitantes se redimiria ainda na primeira metade do jogo, quando Ribéry saiu cara a cara com o brasileiro, que fez uma linda defesa. Em outra chance, o francês quase marcou depois que o zagueiro Lúcio fez uma lambança dentro da área, mas falhou na tentativa. E o lance do Gomez, que a bola ficou girando em cima da linha e a zaga tirou? Ela ainda pegou na trave antes de sair… O Bayern deu um baile na atual campeã. Mas ainda faltava o 2º tempo.

Aos 17, Sneijder acertou um belo chute de fora da área e deixou tudo igual. Depois disso, o que se viu foi uma partida extremamente aberta, com chances para os dois lados. Júlio César ainda fez outras boas defesas, uma delas num chute lindo de Mario Gomez, de primeira.

Robben deixou o gramado aos 22 minutos, substituído por Altintop. E aí acabou o jogo do Bayern. O holandês era o melhor em campo e deu lugar ao turco, que se transformou no pior. Participação ridícula. Ribéry até que tentava conduzir os germânicos ao 3º gol, mas não conseguiu.

Robben se machucou? pediu pra sair? Foi opção tática? Estava apertado para ir ao banheiro? Fica a pergunta, porque não tem como tirar ele de um jogo desses. Se alguém souber o motivo da substituição, comenta aí embaixo.

Aos 42 minutos, outro que entrou em campo foi o ditado. Sim, o ditado. Aquele bem batido, “quem não faz, toma”, conhece? Eto’o, o segundo melhor em campo, atrás apenas de Robben, ganhou de Breno e rolou para Pandev pegar de primeira e acertar o ângulo de Kraft. Aí foi chutão para área, desespero total nos minutos finais. Mas ficou nisso.

Sobrou o Schalke para contar história na Liga. O sorteio das quartas de final é na sexta-feira.

Rápidas considerações sobre a partida:

– No gol de Eto’o, o primeiro do jogo, o camaronês estava impedido. Pouco, mas estava;
– Pela 1ª vez na história, em competições europeias, o Bayern caiu em casa depois de vencer fora;
– Apesar da derrota, Bastian Schweinsteiger voltou a jogar bem;
– Pandev, autor do gol da classificação, era o pior jogador da Inter na partida. E deu no que deu;
– A zaga melhorou um pouco com Van Buyten e Breno, mas o desentrosamento falou mais alto;
– Depois do apito final, Schweinsteiger se envolveu em confusão com italianos (foto abaixo).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de março de 2011 Copa da Alemanha | 19:08

Raúl derruba o Bayern e classifica o Schalke

Compartilhe: Twitter

Se no fim de semana a Allianz Arena ficou amarela, nesta quarta-feira ela foi pintada de azul. O Schalke se superou e bateu o Bayern, em Munique, se classificando para a decisão da Copa da Alemanha. O adversário dos Azuis-Reais na finalíssima em Berlim, dia 21 de maio, será o Duisburg, que nesta terça-feira derrotou o Energie Cottbus por 2 a 1 na outra semifinal.

O primeiro tempo foi bastante disputado. O Bayern começou melhor, mas foi o Schalke que marcou. Aos 15 minutos, o espanhol Raúl mostrou todo seu oportunismo ao completar, de cabeça, uma também cabeçada de Höwedes em cobrança de escanteio. O veterano artilheiro ainda teve outras duas chances para marcar, mas não conseguiu. Em uma delas, o goleirão Kraft fez linda defesa.

Por falar em goleiro, Manuel Neuer brilhou na segunda etapa. O Schalke recuou, e os Bávaros pressionaram desde o primeiro minuto. O empate só não aconteceu porque o arqueiro se mostrou bastante seguro nas saídas de bola e nos chutes de longa distância.

Para quem não sabe, existe a possibilidade do goleirão se transferir para o Bayern ao término da temporada. A diretoria do time de Munique pretende desembolsar um bom dinheiro para isso, mas os torcedores não se mostraram muito entusiasmados. No jogo desta quarta, milhares foram às arquibancadas com uma faixa “Koan Neuer“, que significa algo do tipo “Não queremos Neuer”.

Quanta raiva, hein?! Veja na imagem aí de cima (clique para ampliar).

Ribéry, Schweinsteiger e Mario Gomez, de novo, estiveram apagados. Por que será? Robben foi o mais lúcido do time, mas sozinho não consegue resolver. Sinal de alerta ligado para o duelo contra a Inter de Milão, pela Liga dos Campeões. Foi a segunda derrota seguida do Bayern de Munique dentro de casa, algo bem raro de acontecer.

O Schalke, por sua vez, ganha moral para se classificar às quartas de final da Champions, diante do Valencia. Já na DFB Pokal, o rival será o Duisburg, que bateu o Cottbus por 2 a 1, em casa.

A partida aconteceu nesta terça-feira e foi emocionante. No último minuto, Hünemeier, do Cottbus, cabeceou para o gol, e o zagueiro francês Veigneau tirou em cima da linha, garantindo as Zebras na decisão (imagem ao lado). O Duisburg não terá o defensor brasileiro Bruno Soares, expulso contra o Energie na semi.

Já dá pra cravar o Schalke campeão?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 Liga dos Campeões | 19:42

Deus perdoa. Mario Gomez, não!

Compartilhe: Twitter

Como diria o falecido Don Ramón Valdés – que Deus o tenha: “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”. Mas o Bayern de Munique não quis nem saber das sábias palavras do poeta e tratou de vencer a Inter de Milão por 1 a 0, na Itália, na reedição da última final da Liga dos Campeões. É claro que a vingança ainda não está completa, já que teremos o jogo de volta em Munique, mas a vaga para as quartas de final está bem encaminhada.

Mesmo jogando fora de casa, os Bávaros fizeram uma partida de boa para excelente. O primeiro tempo foi bem equilibrado, mas com a saída do lesionado Pranjic, aos 37 minutos, a equipe se acertou. Breno entrou no seu lugar e Badstuber, que estava perdido na zaga ao lado de Tymoschuk, foi deslocado para lateral esquerda.

O zagueiro brasileiro foi um leão em campo. Ele entrou e anulou o camaronês Eto’o. O seu compatriota Luiz Gustavo também fez uma partida impecável, tomando conta do meio de campo. Destaques também para Robben, Lahm e Kraft. O jovem goleiro foi exigido poucas vezes, mas quando precisou, salvou o Bayern com difíceis defesas – pelo menos três ótimas intervenções.

No segundo tempo, o time alemão esteve quase perfeito dentro das quatro linhas. Apenas nos minutos finais é que a equipe italiana assustou – onde justamente apareceu Thomas Kraft -, mas no restante da etapa final o Bayern dominou as ações. O prêmio veio aos 44 minutos, quando Robben chutou de fora da área, Júlio César espalmou para o meio da área e, no rebote, Mario Gomez marcou o único gol do jogo.

Aliás, o que foi aquela dancinha do Super Mario (veja aqui) depois do tento? E esse cabelinho?

O treinador Louis Van Gaal gostou da atuação da equipe, tanto que nem fez alterações – só mesmo a entrada de Breno, mas por conta da lesão de Pranjic. Porém, Ribéry destoou da boa performance de todos companheiros. O meia-atacante francês estava lento, sem criatividade e perdia a bola com facilidade. Ao contrário de Robben, o melhor em campo.

A partida da volta será em 15 de março, na Allianz Arena. E dá Bayern!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010 Bundesliga, Liga dos Campeões, Liga Europa | 10:31

Bayern pega Inter na Liga. E os palpites da rodada

Compartilhe: Twitter

O sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões não foi lá tão generoso com o Bayern de Munique, que terá pela frente a Inter de Milão, na reedição da decisão da última Champions. Tudo bem que o time italiano não anda muito bem das pernas, mas é o atual campeão e aos poucos vem recuperando seus jogadores machucados. Briga de cachorro grande.

Já o Schalke encara o Valencia, atual 5º colocado da Espanha. Talvez depois do Copenhague, o Valencia era o time “menos difícil” que o time alemão poderia pegar. Então acho qur ficou de bom tamanho. Tanto Bayern quanto Schalke têm totais condições de classificação. Veja abaixo a lista completa de duelos:

Shakhtar Donetsk x Roma
Tottenham x Milan
Schalke x Valencia
Bayern de Munique x Inter de Milão
Real Madrid x Lyon
Barcelona x Arsenal
Manchester United x Olympique de Marselha
Chelsea x Copenhague

Na Liga Europa, os dois alemães que sobraram também conheceram seus rivais da fase de mata-mata. O Bayer Leverkusen enfrenta o Metalist, da Ucrânia, enquanto o Stuttgart pega o Benfica, de Portugal. Parada dura para os Schwaben, hein? Já os Leões, teoricamentente, têm um caminho mais fácil até a próxima fase.

Agora, os palpites da rodada da Bundesliga:

Sexta, 17 de dezembro
(18º) Borussia M’gladbach 1 x 2 Hamburgo (9º)

Sábado, 18 de dezembro
(10º) Schalke 3 x 0 Colônia (16º)
(12º) Werder Bremen 4 x 2 Kaiserslautern (13º)
(14º) Wolfsburg 1 x 0 Hoffenheim (7º)
(8º) Frankfurt 2 x 2 Borussia Dortmund (1º) (12h30 – ESPN HD)
(11º) Nuremberg 2 x 1 Hannover (3º)
(15º) St. Pauli 1 x 1 Mainz (4º)

Domingo, 19 de dezembro
(2º) Bayer Leverkusen 2 x 1 Freiburg (12h30 – Esporte Interativo)
(17º) Stuttgart 1 x 3 Bayern de Munique (6º) (14h30 – ESPN e Esporte Interativo)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última