Publicidade

Posts com a Tag Julian Draxler

sábado, 4 de janeiro de 2014 Seleção da Alemanha | 09:11

Qual foi o melhor jogador da seleção em 2013?

Compartilhe: Twitter

A DFB (Federação Alemã de Futebol) abriu votação para eleger o melhor jogador da seleção da Alemanha no ano de 2013. No total, foram 35 atletas utilizados por Joachim Löw nos 12 jogos do ano passado (contando amistosos e eliminatórias), mas somente 12 deles estão concorrendo à premiação. Os nomeados precisam ter atuado em mais de 50% das partidas – ou seja, em mais de seis duelos.

► Clique para votar no melhor jogador da seleção em 2013

Seleção da AlemanhaCom essa regra, alguns nomes de peso ficaram de fora do pleito, como Mario Götze, Marcell Schmelzer, Lars Bender, Max Kruse (seis jogos cada), Mats Hummels, Marco Reus, Lukas Podolski (cinco), Miroslav Klose, Ilkay Gündogan (quatro) e Bastian Schweinsteiger (três).

Os indicados sãoPer Mertesacker, Andre Schürrle (dez jogos cada), Philipp Lahm, Mesut Özil, Thomas Müller (nove), Manuel Neuer, Sami Khedira, Jerome Boateng, Benedikt Höwedes, Marcell Jansen (oito), Toni Kroos e Julian Draxler (sete).

Fiquei em dúvida entre Müller, Kroos e Özil, mas escolhi o atacante do Bayern de Munique. E você? Para votar, é só CLICAR AQUI. Vale lembrar que a eleição acontece só até o próximo dia 8 de janeiro, às 11h (horário de Brasília), quando a DFB encerra a votação online.

=)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 1 de outubro de 2013 Liga dos Campeões | 18:18

Dortmund se recupera, e Schalke segue 100%

Compartilhe: Twitter

A terça-feira foi excelente para o futebol alemão na Champions League. Arquirrivais do Vale do Ruhr, Borussia Dortmund e Schalke venceram seus duelos contra Olympique de Marselha e Basel, respectivamente, com grande atuação dos seus principais jogadores – Draxler brilhou pelo S04, e Reus e Lewandowski deram as cartas no BVB.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na Suíça, os Azuis-Reais enfrentaram o perigoso Basel, que havia vencido o Chelsea na estreia, dentro do Stamford Bridge, e não se intimidaram: 1 a 0. Depois de um primeiro tempo onde o Schalke conseguiu controlar bem a partida e não dar chances para o rival, a etapa final foi bem mais movimentada.

Logo aos nove minutos, o jovem Draxler pegou rebote de escanteio e acertou um lindo chute de primeira de fora da área. A bola morreu no ângulo da meta suíça, um golaço! Depois de sofrer o gol, os donos da casa partiram para pressão e assustaram bastante o goleiro Hildebrand, mas as boas defesas do arqueiro e a segurança da zaga garantiram os três pontos para o time de Gelsenkirchen.

Clique para ampliar

Só para não passar batido, o jogo na Basiléia contou com um fato inusitado. Logo nos primeiros minutos, ativistas do Greenpeace escalaram até o teto do estádio e estenderam uma faixa contra a Gazprom, patrocinadora da Champions e do Schalke, apontada como a maior empresa de gás natural do mundo. O jogo foi paralisado até os engraçadinhos descerem e a faixa ser retirada.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Com 100% de aproveitamento, o Schalke lidera sozinho o grupo E com seis pontos, três a mais que o Chelsea, que bateu o Steaua Bucareste no outro jogo do dia, e do próprio Basel. Os romenos seguram a lanterna sem ponto.

Já o Borussia Dortmund recebeu o Olympique de Marselha e venceu por 3 a 0 sem grandes dificuldades, se recuperando da derrota diante do Napoli na estreia. No primeiro tempo, após um contra-ataque mortal, Durm cruzou e Lewandowski só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Na etapa complementar, Marco Reus ampliou o marcador. O meia bateu falta na área, a bola não desviou em ninguém e entrou no gol, para delírio dos torcedores que lotaram o Signal Iduna Park. O terceiro gol era questão de tempo, e veio de novo com Lewa. O atacante polonês bateu pênalti sofrido por Reus e deu números finais ao duelo.

A liderança da chave F é do Arsenal – seis pontos -, que derrotou o Napoli por 2 a 0 em Londres, com direito a gol de Özil. O meia ainda deu a assistência para o segundo tento, anotado por Giroud. Dortmund e Napoli estão com três, enquanto o Olympique segue sem pontuar.

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 18 de setembro de 2013 Liga dos Campeões | 18:04

Dortmund cai na Itália, e Schalke vence em casa

Compartilhe: Twitter

Weidenfeller foi expulso na derrota do Borussia Dortmund

Atual vice-campeão europeu, o Borussia Dortmund começou mal a edição 2013/2014 da Champions League. Jogando na Itália, o time aurinegro perdeu do Napoli por 2 a 1, sofrendo sua primeira derrota na temporada – até então eram sete jogos e sete vitórias.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

E nada deu certo para o Dortmund no jogo. O time até que estava jogando bem no estádio San Paolo, quando, aos 29 minutos, o Napoli abriu o placar com Higuaín. O argentino se antecipou a Schmelzer e cabeceou no canto de Weidenfeller. Por falar no goleirão, na tentativa de cortar um contra-ataque do rival já nos acréscimos, ele colocou a mão na bola fora da área e foi expulso. Kuba saiu para entrada do arqueiro reserva Langerak.

Lembrando que o BVB já havia perdido o zagueirão Hummels, lesionado, e o técnico Jurgen Klopp, expulso por reclamação no momento do gol do adversário.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na etapa final, mesmo com a um a menos e em desvantagem no placar, o time alemão partiu em busca do empate. Porém, aos 22 minutos, Insigne cobrou falta com categoria e jogou um balde de água fria nos Amarelos. O Dortmund não se entregou e continuou buscando o gol. E ele veio aos 42. Marco Reus cruzou e Zuñiga marcou contra, colocando fogo nos minutos finais. Mesmo partindo para o abafa – assim como nas quartas de final da Liga passada contra o Málaga -, não deu para empatar.

Faltou um Felipe Santana ali para virar herói.

Foi só o primeiro jogo da fase de grupos, o Dortmund tem tudo para avançar. No outro duelo da chave F, o Arsenal fez 2 a 1 no Olympique de Marselha, jogando na França. Próximo jogo do BVB é em casa, contra a equipe francesa.

Boateng chuta e marca para o Schalke

Se o Dortmund perdeu, o arquirrival Schalke venceu. O placar de 3 a 0 construído diante do Steaua Bucareste, na Veltins Arena, é um tanto quanto enganador e não reflete muito bem o que foi o jogo. Nos primeiros 45 minutos, nem parecia que os alemães estavam jogando em casa. O time romeno se sentiu bastante à vontade e até pressionou os Azuis-Reais, que praticamente não assustaram a meta do adversário.

A postura foi totalmente diferente no segundo tempo, com o S04 mais presente no campo de ataque, mas sem criatividade no meio de campo. Aos 22, o japonês Uchida levantou na área, a bola passou por todo mundo e entrou no gol, tirando o time do sufoco. Depois de abrir o placar, os germânicos usaram o contra-ataque para definir a partida. Aos 33, Prince Boateng fez o segundo, com Draxler completando a vitória aos 40.

O grupo E ainda contou com um resultado surpreendente. O Basel viajou até a Inglaterra e fez 2 a 1 no favorito Chelsea. E o próximo jogo do Schalke é justamente contra os suíços, no campo do adversário.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 10 de setembro de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 17:33

Obrigação cumprida

Compartilhe: Twitter

Mertesacker fez o primeiro gol da Alemanha

A obrigação de vencer Ilhas Faroe, mesmo atuando fora de casa, foi cumprida, mas a vaga na Copa do Mundo de 2014 ainda não veio. A Alemanha terá que esperar até outubro para carimbar seu passaporte para o Brasil, já que a Suécia derrotou o Cazaquistão no outro jogo do grupo C das eliminatórias e adiou a classificação germânica.

► Clique e veja a agenda de jogos completa da Alemanha

O jogo desta terça-feira não serve de parâmetro. A seleção de Ilhas Faroe é muito fraca e não dificultou as ações alemãs no triunfo por 3 a 0, em ritmo de treino. Foi praticamente ataque contra defesa. O último colocado da chave (sem nenhum ponto conquistado) claramente jogou para não ser goleado, montando um ferrolho danado lá atrás.

Klose não conseguiu balançar as redes

O primeiro gol saiu aos 22 minutos do primeiro tempo. Özil bateu escanteio, Boateng desviou de cabeça no primeiro pau e Mertesacker só completou para o gol vazio. No segundo tempo, Özil ampliou o marcador batendo pênalti sofrido por Thomas Müller. Nos últimos minutos, Lahm cruzou na área e Müller fechou o placar.

O goleiro Neuer foi um mero espectador, mal sujou o uniforme. Os laterais Lahm e Schmelzer ficaram a maior parte do tempo no campo de ataque e abusaram dos cruzamentos na área. Já a dupla de zaga não foi exigida, mas participou do lance do primeiro gol.

No meio, Khedira e Kroos fizeram o básico. Draxler foi muito bem pelo lado esquerdo, tentando dribles e chutes de fora. Assim como Müller, bem disposto em campo. Özil não tirou o pijama para jogar e errou alguns passes bobos, enquanto Klose teve poucas oportunidades para marcar.

Próximo jogo da Alemanha é no dia 11 de outubro, em Colônia, diante da Irlanda. Uma vitória garante a equipe na Copa do Mundo do ano que vem.

Notas dos jogadores:

Neuer 6,0, Lahm 6,5, Mertesacker 7,0, Boateng 6,5 e Schmelzer 6,5; Khedira 6,0, Kroos 6,0, Özil 6,0, Draxler 7,5 (Schürrle 6,0) e Müller 7,0; Klose 6,5 (Kruse Sem nota)

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 9 de setembro de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 10:29

Hora de carimbar o passaporte

Compartilhe: Twitter

Líder do grupo C das eliminatórias, a Alemanha entra em campo nesta terça-feira e pode garantir sua vaga para Copa do Mundo de 2014 de forma matemática. Para isso, basta a Nationalelf vencer a fraca seleção de Ilhas Faroe, fora de casa, e torcer para que a Suécia, 2ª colocada, não derrote o Cazaquistão, também fora de casa.

Özil fez dois contra Ilhas Faroe no 1º turno

Acho que vai, hein?

► Veja agenda de jogos da Alemanha

Quando: 09/09/2013, terça-feira
Onde: Estádio Torsvöllur, em Torshavn-FAR
Porque: Eliminatórias da Copa
Horário: 15h45 (de Brasília)
Ao vivo na TV: Sportv 3

Dos atletas que jogaram contra a Áustria na semana passada, Marco Reus será desfalque. O meia do Dortmund teve uma infecção intestinal – o famoso “piriri” – e nem viajou com a delegação. Draxler e Schürrle disputam a vaga no time titular. A provável formação inicial deverá ter Neuer, Lahm , Mertesacker, Boateng e Schmelzer; Khedira, Kroos, Özil, Thomas Muller e Draxler (Schürrle); Klose.

Palpite? Uns 3 a 0 está de bom tamanho, com três do Klose.

► Alemanha venceu Ilhas Faroe no 1º turno. Relembre a partida

O jogo desta terça será apenas o terceiro duelo entre as seleções em toda história, e a Alemanha venceu todos. Confira abaixo:
_______________________________________________________________________________

ALEMANHA 3 x 0 ILHAS FAROE
07/09/2012 – Em Hannover (ALE) – Eliminatórias da Copa 2014

Escalação da Alemanha: Neuer, Lahm, Mertesacker, Hummels e Badstuber; Khedira, Özil, Götze (Draxler), Reus e Thomas Müller (Schürrle); Klose (Podolski). Técnico: Joachim Löw

Gols:
ALEMANHA: Götze, aos 28′ do 1º tempo; Özil, aos 9′ e 26′ do 2º tempo
_______________________________________________________________________________

ALEMANHA 2 x 1 ILHAS FAROE
16/10/2002 – Em Hannover (ALE) – Eliminatórias da Euro 2004

Escalação da Alemanha: Kahn, Arne Friedrich, Ramelow (Freier), Wörns e Jeremies; Schneider (Kehl), Hamann, Frings e Ballack; Jancker (Neuville) e Klose. Técnico: Rudi Völler

Gols:
ALEMANHA: Ballack, aos 2′ do 1º tempo e Klose, aos 14′ do 2º tempo
ILHAS FAROE: Arne Friedrich, contra, aos 45′ do 1º tempo
_______________________________________________________________________________

ILHAS FAROE 0 x 2 ALEMANHA
11/06/2003 – Em Torshavn (FAR) – Eliminatórias da Euro 2004

Escalação da Alemanha: Kahn (Rost), Arne Friedrich, Ramelow, Wörns e Jeremies (Klose); Kehl, Freier, Schneider e Rau (Hartmann); Bobic e Neuville. Técnico: Rudi Völler

Gols:
ALEMANHA: Klose, aos 44′ do 2º tempo; Bobic, aos 45′ do 2º tempo
_______________________________________________________________________________

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 27 de agosto de 2013 Bundesliga, Liga dos Campeões | 17:34

Schalke avança na Champions, e Bayern perde os 100%

Compartilhe: Twitter

Por conta da disputa da Supercopa da Europa, na sexta-feira que vem, contra o Chelsea, o jogo do Bayern de Munique pela 4ª rodada da Bundesliga foi adiantado para esta terça. E diante do Freiburg, na Floresta Negra, os Bávaros sofreram o empate nos minutos finais, perdendo a campanha 100% dentro do Campeonato Alemão.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Guardiola preferiu poupar alguns dos seus principais jogadores e deixou Robben, Ribéry, Lahm, Boateng, Alaba e Mandzukic no banco de reservas. No primeiro tempo, Shaqiri abriu o placar para o Bayern, que teve diversas chances para ampliar o marcador, mas a displicência do ataque e a atuação inspirada do goleiro Baumann impediram mais gols. Aos 41 do 2º tempo, Höfler deixou tudo igual, para delírio dos torcedores que lotaram o Mage-Solar-Stadion.

Pior do que o empate foi a lesão de Schweinsteiger. O meio-campista deixou o gramado com muitas dores no tornozelo e mancado bastante. É dúvida para decisão de sexta.
__________________________________________________________________________________

Mais tarde, o Schalke entrou em campo para decidir seu futuro na Champions League. E mesmo diante da má fase que a equipe vive neste começo de temporada, conseguiu uma classificação suada contra o PAOK, na Grécia, avançando à fase de grupos da competição. O duelo fora de casa terminou em 3 a 2 para os alemães, com 4 a 3 no agregado.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Jogadores do Schalke celebram o gol de Draxler

Com o desfalque do lesionado Huntelaar e precisando de gols, o Schalke fez um primeiro tempo fraco, mas conseguiu marcar aos 43 minutos com o oportunista Szalai. O atacante húngaro aproveitou cruzamento de Uchida e balançou as redes. Na segunda etapa, logo no começo, o miolo de zaga alemão falhou e Athanasiadis apareceu livre para fuzilar a meta de Hildebrand e empatar.

Aos 19 minutos, a situação parecia que ficaria muito complicada com a expulsão de Jermaine Jones, após cometer falta duríssima no adversário. Porém, três minutos mais tarde, brilhou a estrela de Julian Draxler. O meio-campista recebeu uma assistência E-S-P-E-T-A-C-U-L-A-R do jovem Max Meyer, driblou o goleiro e marcou.

Os gregos então partiram para cima em busca da virada e conseguiram o empate numa cabeçada de Katsouranis, aos 34 minutos. Os momentos finais foram de pressão total do PAOK, algumas chances foram desperdiçadas, mas foi o Schalke que marcou de novo. Draxler foi lançado em profundidade, deu um drible sensacional no marcador e só rolou para Szalai decretar o placar.

A classificação do Schalke nos playoffs da Liga dos Campeões dá sobrevida ao contestado técnico Jens Keller, que poderia ser demitido em caso de eliminação. Pelo menos por enquanto, ele segue no comando. E se o time não melhorar, vai fazer muito feio na Champions.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sexta-feira, 12 de julho de 2013 Amistosos, Vídeos | 08:09

Schalke leva gol do meio de campo e perde amistoso

Compartilhe: Twitter

O Schalke não se deu muito bem no amistoso de pré-temporada realizado nesta quinta-feira, contra o Red Bull Salzburg, na Áustria. Os Azuis-Reais perderam por 3 a 1 – o gol foi de Draxler – e ainda levaram um tento de trás do meio de campo, de aproximadamente 65 metros de distância.  O defensor Martin Hinteregger viu o goleiro Timo Hildebrand adiantado e soltou a bomba lá de longe.

Que fase, hein? Veja no vídeo abaixo:

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 22 de março de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 16:53

Vitória fácil contra o Cazaquistão

Compartilhe: Twitter

Sem muitas dificuldades e em ritmo de treino, a Alemanha venceu o Cazaquistão por 3 a 0 nesta sexta-feira, em partida válida pelo grupo C das Eliminatórias para Copa de 2014, e garantiu a liderança isolada da chave. Schweinsteiger, Mario Götze e Thomas Müller anotaram os gols do triunfo germânico. O time jogou para o gasto, se poupou e não fez mais do que a obrigação, chegando aos 13 pontos.

► Clique e confira a agenda da Alemanha

Sem Mario Gomez, Reus e Klose, todos esperavam por Podolski ou até mesmo Schürrle no time titular, mas Joachim Löw surpreendeu e escalou o jovem Draxler entre os 11 iniciais. Porém, o atleta do Schalke deu um azar danado, levou uma pancada na cabeça e teve que sair com 19 minutos de partida. Uma pena, era a chance de mostrar um bom futebol e se firmar na equipe.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

Depois da saída de Draxler, a Alemanha resolveu fazer gol. Aos 20 minutos, Özil encontrou Schweinsteiger na área, o meia do Bayern dominou bonito e mandou no canto do arqueiro cazaque. Dois minutos mais tarde, Götze aproveitou um bate-rebate na área e só teve o trabalho de finalizar para a meta vazia, já que o goleiro ficou caído no gramado no lance.

No segundo tempo, a Nationalelf tirou o pé do acelerador e só administrou. Manuel Neuer, que tinha sido um mero espectador na etapa inicial, teve que trabalhar e fazer uma bela defesa num chute forte de Schmidtgal. Momentos antes, Konysbaev já havia acertado um petardo no travessão, para delírio da torcida que lotou o estádio em Astana.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Aos 29 minutos, Thomas Müller tratou logo de acabar com a empolgação dos anfitriões e ampliou o placar após mais uma assistência de Özil. Aliás, o meia do Real Madrid jogou bem, a exemplo do que já tinha feito no amistoso diante da França, no mês passado. Melhor em campo.

Duas considerações finais. Não gosto da seleção sem um centroavante, sem uma referência lá no ataque. Tudo bem que Klose e Gomez não puderam jogar, mas Kiessling não merecia uma chance? Sem o tradicional camisa 9, a equipe perde um pouco a objetividade e toca demais a bola na entrada da área rival. Se fosse um adversário mais forte, seria muito difícil balançar as redes.

E o Podolski? Entrou antes dos 20 minutos de jogo e não fez nada. Ficou plantado ali no lado esquerdo, tentou algumas jogadas, alguns chutes, mas nada além. Por isso que foi preterido por Löw mesmo com tantos desfalques. Já Mario Götze, atuando mais avançado, fez o básico. Anotou um gol, mas pareceu um pouco displicente em alguns momentos.

Bom, na terça-feira que vem, dia 26 de março, tem mais Alemanha em campo. E novo contra o Cazaquistão. A partida que abre o returno da chave vai acontecer na cidade de Nuremberg, na Baviera. Mais uma vitória à vista.

Notas dos alemães:

Neuer 7,0, Lahm 6,5, Mertesacker 6,5, Höwedes 6,0 e Schmelzer 6,5; Khedira 7,0 (Gündogan Sem nota), Schweinsteiger 7,5, Özil 8,0 e Draxler Sem nota (Podolski 5,5); Götze 6,0 e Müller 6,5 (Schürrle Sem nota).

Autor: Tags: , , , , , , ,

domingo, 10 de março de 2013 Bundesliga | 15:19

Schalke supera o Dortmund, e Bayern abre 20 pontos

Compartilhe: Twitter

Clássicos regionais na Europa geralmente são truncados, tensos, muitas vezes com poucas chances de gols. Mas não foi isso que se viu no Schalke x Borussia Dortmund de sábado, pela Bundesliga. Os arquirrivais fizeram um jogaço na Veltins Arena, cheio de lances de perigo, alternativas e com tês gols anotados. Dois dos Azuis-Reais e um dos Amarelos: 2 a 1 para o Schalke, repetindo o placar do primeiro turno, no Westfalenstadion.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

A primeira etapa foi amplamente dominada pelo S04, que abriu 2 a 0 com gols de Draxler e Huntelaar. E os anfitriões poderiam ampliar essa vantagem se não desperdiçassem muitas oportunidades. Inclusive, no começo do segundo tempo, Farfán perdeu uma ótima chance para matar o jogo.

Por falar em etapa final, quem tomou conta do jogo na segunda metade foi o Dortmund. Marco Reus começou no banco de reservas – não sei o motivo -, entrou no intervalo e deu outra cara para os visitantes, que diminuíram com Lewandowski e só não empataram porque também perderam algumas chances. Em uma delas, Lewa chutou para o gol e a bola pegou nas partes baixas de Götze. Confesso que senti a dor daqui. Veja no vídeo:

Com o triunfo no superclássico, o Schalke entrou de vez na briga por uma vaga na Champions League, agora ocupando a 4ª colocação, mesma pontuação que o Eintracht Frankfurt, 5º colocado, e que empatou com o Hannover no domingo. O BVB segue na segunda posição, já que o terceiro colocado Bayer Leverkusen foi até Mainz e perdeu dos donos da casa por 1 a 0.

***Só para a informação não passar batida, no clássico, o atacante Huntelaar trombou com o goleiro Hildebrand, lesionou os ligamentos do joelho e não vai jogar a partida decisiva do Schalke contra o Galatasaray, nas oitavas da Champions. Aliás, se houver necessidade de cirurgia, o holandês está fora da temporada. Já o zagueiro Hummels, do Dortmund, teve ruptura parcial dos ligamentos do tornozelo e vira desfalque por, pelo menos, 4 semanas. Que fase!

Boateng foi surfar na bandeirinha de escanteio após marcar o gol da vitória do Bayern

Diante de todos esses resultados, quem comemora é o Bayern de Munique. Na Allianz Arena, o líder sofreu contra o Fortuna Düsseldorf e só conseguiu a virada por 3 a 2 nos últimos minutos. O placar deixa a equipe com 20 pontos de vantagem sobre o Dortmund, faltando nove rodadas para o final da competição. Ou seja, os Bávaros podem ser campeões com incríveis sete rodadas de antecipação, dependendo dos outros resultados.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Bolly marcou para o Düsseldorf aos 15 minutos e Thomas Müller empatou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, o F95 voltou a ficar na frente com gol de Lambertz, mas os donos da casa buscaram o triunfo com tentos de Ribéry e Boateng. Vale lembrar que Jupp Heynckes decidiu poupar o zagueiro brasileiro Dante, que havia jogado todos os jogos do Bayern até aqui na Bundesliga e ficou de fora apenas desse duelo em todo campeonato.

O fim de semana ficou marcado também por dois resultados surpreendentes. O Wolfsburg visitou o Freiburg, nem se importou com a boa temporada que o rival faz e enfiou 5 a 2, com direito a gol do meia Diego. Outro brasileiro que balançou as redes foi o atacante Roberto Firmino, na vitória maiúscula do Hoffenheim fora de casa diante do Greuther Fürth, 3 a 0.

Fechando a rodada, o Hamburgo visitou o Stuttgart e venceu por 1 a 0 dentro da Mercedes Benz Arena, chegando à 6ª colocação na tabela, só um ponto atrás de Schalke e Frankfurt. Olha o HSV aí, hein? Comendo pelas beiradas e sem muito alarde, o time do norte alemão vem chegando e quer ficar com uma das vagas na Champions.

Confira os resultados da rodada:

Sexta, 8 de março
Augsburg 1 x 2 Nuremberg

Sábado, 9 de março
Mainz 1 x 0 Bayer Leverkusen
Freiburg 2 x 5 Wolfsburg
Greuther Fürth 0 x 3 Hoffenheim
Schalke 2 x 1 Borussia Dortmund
Bayern de Munique 3 x 2 Fortuna Düsseldorf
Borussia M’gladbach 1 x 1 Werder Bremen

Domingo, 10 de março
Hannover 0 x 0 Eintracht Frankfurt
Stuttgart 0 x 1 Hamburgo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de março de 2013 Bundesliga | 09:12

Só dois times venceram em casa na 24ª rodada

Compartilhe: Twitter

Se a briga pelo título da Bundesliga já está praticamente definida, com o Bayern de Munique com uma das mãos na salva de prata, a luta pelas outras duas vagas diretas à Liga dos Campeões da Europa também. Isso porque Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen foram os únicos times que venceram em casa na 24ª rodada e estão bem próximos de garantirem vaga na fase de grupos da Champions.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

Contra o Hannover, os Amarelos venceram por 3 a 1 e se mantiveram na segunda colocação, enquanto os Leões receberam o Stuttgart e tiveram dificuldades para fazer 2 a 1. O Dortmund agora tem 46 pontos, contra 45 do Leverkusen, terceiro colocado, e 38 do Frankfurt, o quarto na tabela, que perdeu em casa do Borussia M’gladbach e hoje estaria na fase preliminar da Champions.

Goleiro Gomes bem que tentou, mas não evitou a derrota do Hoffenheim diante do Bayern

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Lá na frente aparece o Bayern de Munique, soberano e só contando os dias para comemorar. Mesmo jogando mal, sua pior partida na temporada, os Bávaros venceram o Hoffenheim por 1 a 0, no campo do adversário, e mantiveram a vantagem de 17 pontos sobre o Dortmund. Mario Gomez foi titular e fez o gol da vitória.

Na rodada passada, os times do norte alemão decepcionaram ao serem goleados fora da casa. Neste final de semana, Werder Bremen e Hamburgo voltaram a jogar mal, dessa vez diante dos seus torcedores, e não conseguiram vencer. O Hamburgo só empatou contra o lanterna Greuther Fürth, 1 a 1, e o Werder perdeu do Augsburg no Weserstadion: 1 a 0 para o antepenúltimo colocado.

Nos outros jogos, o Schalke seguiu com a sua campanha de recuperação dentro do torneio e goleou o Wolfsburg por 4 a 1, fora de casa, com direito a dois gols do jovem Draxler. Já os duelos Nuremberg x Freiburg e Fortuna Düssedorf x Mainz terminaram empatados pelo mesmo placar, ambos 1 a 1.

Veja os resultados da rodada:

Sexta, 1º de março
Eintracht Frankfurt 0 x 1 Borussia M’gladbach

Sábado, 2 de março
Borussia Dortmund 3 x 1 Hannover
Nuremberg 1 x 1 Freiburg
Werder Bremen 0 x 1 Augsburg
Hamburgo 1 x 1 Greuther Fürth
Wolfsburg 1 x 4 Schalke
Bayer Leverkusen 2 x 1 Stuttgart

Domingo, 3 de março
Hoffenheim 0 x 1 Bayern de Munique
Fortuna Düsseldorf 1 x 1 Mainz

Autor: Tags: , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última