Publicidade

Posts com a Tag Liga dos Campeões

quarta-feira, 28 de setembro de 2011 Liga dos Campeões | 22:19

Bayern voa, Leverkusen respira e Dortmund se complica

Compartilhe: Twitter

Na Liga dos Campeões, vamos começar falando de quem venceu, né? Na terça-feira, o Bayern de Munique não tomou conhecimento do milionário Manchester City e venceu por 2 a 0, dois gols de Super Mario Gomez, na Allianz Arena. No primeiro tempo, o atacante aproveitou rebote do goleiro rival num chute de Müller e marcou. O segundo também foi de rebote do arqueiro, após cabeçada de Van Buyten.

Com seis pontos, os Bávaros lideram a chavem, com o Napoli vindo na sequência com quatro pontos. Os ingleses estão em terceiro, com apenas um ponto, enquanto o Villarreal só perdeu até agora e segura a lanterna.

Se nos dois últimos jogos da Bundesliga o Bayer Leverkusen se deu mal, na Champions a equipe se recuperou. Jogando na BayArena, triunfo de 2 a 0 sobre o Genk, da Bélgica, com gols de Bender e Michael Ballack, já no final do duelo. A equipe alemã partiu para a pressão total desde o início do jogo, encurralando o adversário em seu campo de defesa. Boa partida dos Leões. É um alento.

Agora, o time de Leverkusen tem três pontos no grupo liderado pelo Chelsea, que tem quatro. O Valencia vem na terceira posição com dois pontos, enquantos os belgas estão com apenas um.

Por fim, o vexame do Borussia Dortmund na França. Tudo bem que o Olympique de Marselha é tradicional, mas o atual campeão alemão não pode apanhar de 3 a 0 assim. E os três gols do adversário foram de falhas defensivas dos Amarelos. Uma pena a garotada sentir o peso de competição europeia, assim como foi na Liga Europa da temporada passada.

A situação ficou difícil para o Dortmund. O time de Jurgen Klopp tem apenas um ponto no grupo e está em terceiro. O Olympique lidera com 100% de aproveitamento, e o Arsenal tem quatro, na vice-liderança.

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 16 de maio de 2011 Bundesliga, Fora dos campos | 16:50

(Quase) tudo definido na Bundesliga

Compartilhe: Twitter

Agora sim, fim de Campeonato Alemão. Quer dizer, ainda faltam os playoffs do rebaixamento, tanto para a primeira quanto para a segunda divisões. Borussia M’gladbach, 16º colocado da 1ª divisão, e Bochum, 3º colocado da 2ª divisão, duelam, enquanto para a 2.Bundesliga, Dynamo Dresden, 3º da 3ª, e Osnabrück, 16º da 2ª, se enfrentam. Veja a programação de jogos mata-mata:

Quem vencer, tem vaga na 1ª divisão:
19/05 – Borussia M’gladbach x Bochum, em M’gladbach
25/05 – Bochum x BorussiaM’gladbach, em Bochum

Quem vencer, tem vaga na 2ª divisão:
20/05 – Dynamo Dresden x Osnabrück, em Dresden
24/05 – Osnabrück x Dynamo Dresden, em Osnabrück

De resto, tudo definido. A temporada foi marcada pela quebra de dois recordes. Um positivo, outro negativo. Nunca antes na história houve tantas demissões de técnicos. Foram 12 cabeças rolando.

Borussia Dortmund recebe a Salva de Prata

Em contrapartida, pela terceira vez na história da Bundesliga, mais de 13 milhões de pessoas foram aos estádios. Com uma média de 42.673 espectadores por partida e 13.057.899 torcedores em toda a temporada, foi quebrado o recorde de 2008/2009, que foi de 13.013.422 pessoas.

Alguns fatos importantes marcaram a última rodada. No jogo em que o Borussia Dortmund venceu, recebeu o prato de salada e ainda rebaixou o Frankfurt, o brasileiro Dede, que se despedia da equipe, perdeu um pênalti. Era a chance de sair dos Amarelos com um golzinho na conta. O goleiro Fährmann, aliás, ainda pegou outra penalidade de Barrios no duelo – o paraguaio fez 2 gols na partida.

Se o Frankfurt caiu, o Wolfsburg se salvou. Antes de vencer o Hoffenheim fora de casa, porém, o meia Diego abandonou a preleção dos Lobos ao saber que não seria titular no jogo. O brasileiro simplesmente deixou o hotel e nem quis saber de ir para o estádio do Hoffe para ficar na reserva. Vamos ver agora qual será o futuro do atleta, já que sua relação com Felix Magath ficou bem abalada depois disso. Volta para o Brasil?

Vagas na Liga dos Campeões
Borussia Dortmund, Bayer Leverkusen e Bayern de Munique (fase preliminar)

Vagas na Liga Europa
Hannover, Mainz e Schalke ou Duisburg, que duelam na final da Copa da Alemanha

Caíram da 1ª para a 2ª
St. Pauli e Frankfurt

Subiram da 2ª para 1ª
Hertha Berlim e Augsburg

Caíram da  2ª para 3ª
Arminia Bielefeld e Rot-Weiss Oberhausen

Subiram da 3ª para 2ª
Eintracht Braunschweig e Hansa Rostock

Caíram da 3ª para as ligas regionais
Wacker Burghausen, Werder Bremen II e Bayern de Munique II

Queria deixar aqui uma imagem da torcida do Hansa Rostock, que subiu para a 2ª divisão. A faixa abaixo confirma que eles realmente são do contra.

Seleção da rodada

Fährmann (Frankfurt), Balitsch (Bayer Leverkusen), Haggui (Hannover), Rodnei (Kaiserslautern) e Schäfer (Wolfsbureg); Vidal (Bayer Leverkusen), Schweinsteiger (Bayern de Munique) e Schürrle (Mainz); Mandzukic (Wolfsburg), Lucas Barrios (Borussia Dortmund) e Podolski (Colônia)

Resultados

(3º) Bayern de Munique 2 x 1 Stuttgart (11º) (5×1) Acertei a vitória dos Bávaros
(1º) Borussia Dortmund 3 x 1 Frankfurt (17º) (3×0) Acertei a vitória amarela
(º) Hamburgo 1 x 1 Borussia M’gladbach (16º) (1×1) Na mosca!
(5º) Mainz 2 x 1 St. Pauli (18º) (3×1) Acertei a vitória do 05
(9º) Hoffenheim 1 x 3 Wolfsburg (15º) (2×2) Lobos se salvaram da degola
(13º) Colônia 2 x 1 Schalke (14º) (2×1) Na mosca!
(8º) Freiburg 0 x 1 Bayer Leverkusen (2º) (2×0) Leverkusen na fase de grupos da Liga
(4º) Hannover 3 x 1 Nuremberg (6º) (3×3) Aqui tudo podia acontecer
(10º) Kaiserslautern 3 x 2 Werder Bremen (12º) (1×1) Aqui também

Nesta segunda-feira, a Bundesliga aproveitou para mostrar a nova bola da temporada 2011/2012. A “Torfabrik” – ou “Fábrica de gols” – é essa aí embaixo, apresentada pelo zagueiro campeão Mats Hummels.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 4 de maio de 2011 Liga dos Campeões | 18:38

É… não deu, Schalke!

Compartilhe: Twitter

Jogadores do Schalke derrotados na Inglaterra

Já era meio que previsível uma eliminação do Schalke nesta quarta-feira, dia em que o clube completou 107 anos de vida e ainda mostrou ao mundo seu novo uniforme rosa escuro. Mas cair de quatro para os reservas do Manchester United foi demais. Quando fiquei sabendo que Alex Ferguson escalaria um time repleto de suplentes, confesso que criei alguma esperança. Em vão.

Os Azuis-Reais estavam perdidos no Old Trafford, sem poder de ataque, com Raúl isolado lá na frente. Jurado fez o único gol dos alemães, mas foi ele que falhou no 1º tento dos ingleses. O meia espanhol errou passe na intermediária e armou o contra-ataque fulminante dos rivais. Na conclusão, Valencia fez 1 a 0.

Na sequência, Manuel Neuer também falhou e Gibson ampliou para os donos da casa. O goleirão tentou abafar um chute forte do atleta rival, mas a bola bateu em suas mãos, na trave e estufou as redes. Acabava ali o sonho do Schalke. Ainda no primeiro tempo, os germânicos diminuíram – com Jurado, como já havia dito -, mas parou por aí.

Jurado acerta belo chute e faz um golaço

Na segunda etapa, Edu entrou na vaga do sumido Baumjohann e deu uma movimentação maior no ataque. Porém, os problemas defensivos, que assombraram o Schalke em toda temporada, permitiram mais dois gols do United, ambos anotados pelo brasileiro Anderson. E ambos em contra-golpes mortais.

Höwedes e Metzelder formam uma dupla de zaga até que razoável. O problema do time são os laterais. Uchida, pela direita, e Escudero, pela esquerda, são fraquíssimos. Papadopoulos é um volante com boa técnica, mas é bastante novo e ainda precisa se impor mais em campo.

Ao Schalke, resta agora o título da Copa da Alemanha. A decisão contra o Duisburg acontece no dia 21 de maio, no Estádio Olímpico de Berlim. Se vencer, conquista o título da DFB Pokal, claro, e uma vaga na próxima Liga Europa. Tá bom, mas não tá.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 3 de maio de 2011 Liga dos Campeões | 18:08

Clima de "já ganhou"? Cuidado, Manchester!

Compartilhe: Twitter

Raúl treina no Old Trafford

O Barcelona é o primeiro finalista da Liga dos Campeões da Europa. O segundo sai nesta quarta-feira, lá na Inglaterra. Como sabemos, o Manchester United venceu o Schalke, em Gelsenkirchen, por 2 a 0, e tem uma vantagem absurda sobre a equipe alemã para o embate no Old Trafford.

Até por isso, o treinador Alex Ferguson deverá poupar alguns jogadores importantes para esse duelo, já pensando na partida decisiva que tem contra o Chelsea, no domingo, pelo Campeonato Inglês. Entre os nomes estão Ryan Giggs, Wayne Rooney e “Chicharito” Hernandez. Por esse motivo, a imprensa alemã está chamando o time inglês de arrogante.

O United que não entre em campo achando que já está classificado, porque essa notícia serviu de motivação extra para o Schalke. O técnico Ralf Rangnick declarou que os Azuis-Reais estão preparando uma surpresa para o mundo. “Ninguém espera nada de nós. O que importa é que estamos confiantes em nós mesmos”, disse.

A Inter de Milão que o diga, né?

E aí, Schalke ou Manchester? Torcer eu torço para os alemães, claro, mas a razão me diz que vai dar ingleses. Talvez um empate já seria legal para o Schalke sair de cabeça erguida.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 25 de abril de 2011 Bundesliga | 01:26

Bundesliga só acaba quando termina

Compartilhe: Twitter

BRIGA PELO TÍTULO
Quem imaginava que o Borussia Dortmund fosse perder para o lanterna Borussia M’gladbach? Tudo bem, teve gente que acreditou nos Potros, mas eu apostava cegamente em uma vitória do líder. o (ex) último colocado se superou e venceu. O fato é que o lesionado Sahin faz muuuuita falta.

Com a inesperada derrota, a diferença dos Amarelos para o Bayer Leverkusen, que era de 8 pontos, volta a ser de 5. Isso porque os Leões receberam o Hoffenheim e venceram por 2 a 1, no sufoco.

A título de curiosidade, a mesma situação aconteceu em 2002, também faltando três rodadas para o fim da Bundesliga. Porém, as posições eram invertidas. Naquele ano, o Leverkusen liderava com exatamemente 5 pontos de vantagem sobre o Dortmund, mas, nos jogos finais, o Borussia tirou a diferença e ficou com o título por um ponto de vantagem.

Será?

LIGA DOS CAMPEÕES
Na quinta-feira, abrindo a rodada, o Hannover bateu o Freiburg fora de casa e subiu para 3ª colocação. Por isso, o todo poderoso Bayern de Munique entrou pressionado para encarar o Frankfurt, no sábado. E, ainda sem Robben, os Bávaros só empataram fora de casa, ficando na perigosa 4ª posição, um ponto atrás dos Vermelhos.

A briga pela Champions promete ser intensa até a última rodada.

LIGA EUROPA
Hannover ou Bayern já estão garantido, pelo menos, na Liga Europa. O outro time que vai para a competição “prima pobre” da Champions está entre Mainz e Nuremberg. As duas equipes se enfrentaram no domingo e não saíram do zero, permanecendo ambos na 5ª e 6ª posições, respectivamente. Na frente, portanto, o 05.

O terceiro time alemão da Liga Europa será o campeão da Copa da Alemanha, a DFB Pokal. A decisão entre Schalke e Duisburg acontece em maio. Entretanto, se o Schalke conquistar a Liga dos Campeões (não custa sonhar), abre-se uma vaga da Europa League na Bundesliga.

REBAIXAMENTO
Com o triunfo sobre o líder, o M’gladbach deixou, finalmente, a última colocação. Mas estaria rebaixado se acabasse hoje. O lanterna agora é o St. Pauli, derrotado em casa pelo Werder Bremen. Acredito que os Piratas não se salvam, está beeeem difícil a situação.

O Wolfsburg, que era o penúltimo colocado antes da rodada, goleou o Colônia e subiu para 16º, posição que lhe dá o direito da permancência contra o 3º colocado da 2.Bundesliga – hoje, o Bochum. Já o Köln, que já parecia ter se salvado do descenso, voltou a ficar ameaçado. Suspenso, Podolski não jogou.

Stuttgart e Kaiserslautern venceram e deram um grande passo para assegurar um lugar na elite na próxima temporada. Cacau brilhou pelos Schwaben ao anotar dois gols contra o Hamburgo, em casa. Já os Diabos Vermelhos bateram o time misto do Schalke, fora de casa.

SCHALKE 04
Preocupado com a semifinal da Liga contra o Manchester United, na terça-feira, os Azuis-Reais usaram um mistão contra o Kaiserslautern e perderam em casa. Até ai, tudo bem… o Alemão já virou treino para a equipe… o destaque desse jogo na Veltins Arena foi o comportamento dos torcedores.

Por que?

Sabemos que Manuel Neuer não deve ficar na equipe, certo? Pensando nisso, alguns fãs foram ao estádio em Gelsenkirchen apoiar o goleirão com faixas como essa ai do lado: “Manu, vamos continuar gostando de você mesmo se você sair”. Porém, a torcida da ala radical do Schalke foi na contramão da maioria e levou algumas faixas desaprovando o atleta: “Como goleiro, nota 10. Como pessoa, nota 0”.

Tenso!

Seleção da rodada

Fährmann (Frankfurt), Vidal (Bayer Leverkusen), Tasci (Stuttgart), Stranzl (Borussia M’gladbach) e Russ (Frankfurt); Moravek (Kaiserslautern), Dejagah (Wolfsburg) e Rausch (Hannover); Pizarro (Werder Bremen), Cacau (Stuttgart) e Mandzukic (Wolfsburg)

Resultados

(8º) Freiburg 1 x 3 Hannover (3º) (Sem palpite) Vitória maiúscula fora
(10º) Schalke 0 x 1 Kaiserslautern (12º) (3×1) Azuis-Reais perderam com “mistão”
(2º) Bayer Leverkusen 2 x 1 Hoffenheim (9º) (1×1) Ainda dá…
(13º) Stuttgart 3 x 0 Hamburgo (7º) (2×1) Acertei a vitória
(15º) Frankfurt 1 x 1 Bayern de Munique (4º) (1×3) Xiiii, outro tropeço bávaro
(18º) St. Pauli 1 x 3 Werder Bremen (11º) (2×0) Piratas rumo à segunda divisão
(17º) Borussia M’gladbach 1 x 0 Borussia Dortmund (1º) (1×2) Surpresa master
(16º) Wolfsburg 4 x 1 Colônia (14º) (2×0) Lobos como nos velhos tempos
(6º) Nuremberg 0 x 0 Mainz (5º) (2×2) Acertei o empate

Briga pelo título
Quem imaginava que o Borussia Dortmund fosse perder para o lanterna Borussia M’gladbach? Tudo bem, teve gente que acreditou nos Potros, mas eu apostava cegamente em uma vitória do líder, mas o último colocado se superou e venceu. O fato é que o lesionado Sahin faz muuuuita falta.

Com a inesperada derrota, a diferença dos Amarelos para o Bayer Leverkusen, que era de 8 pontos, volta a ser de 5. Isso porque os Leões receberam o Hoffenheim e venceram por 2 a 1, no sufoco.

A título de curiosidade, a mesma situação aconteceu em 2002, também faltando três rodadas para o fim da Bundesliga. Porém, as posições eram invertidas. Naquele ano, o Leverkusen liderava com exatamemente 5 pontos de vantagem sobre o Dortmund, mas, nos jogos finais, o Borussia tirou a diferença e ficou com o título por um ponto de vantagem.

Será?

Liga dos Campeões
Na quinta-feira, abrindo a rodada, o Hannover bateu o Freiburg fora de casa e subiu para 3ª colocação. Por isso, o todo poderoso Bayern de Munique entrou pressionado para encarar o Frankfurt, no sábado. E, ainda sem Robben, os Bávaros só empataram, ficando na perigosa 4ª posição.

A briga pela Champions promete ser intensa até a última rodada.

Liga Europa
Hannover ou Bayern já estão garantido, pelo menos, na Liga Europa. O outro time que vai para a competição “prima pobre” da Champions está entre Mainz e Nuremberg. As duas equipes se enfrentaram no domingo e não sairam do zero, permanecendo ambos na 5ª e 6ª posições respectivamente. Na frente, portanto, o 05.

O terceiro time alemão da Liga Europa será o campeão da Copa da Alemanha, a DFB Pokal. A decisão entre Schalke e Duisburg acontece em maio. Entretanto, se o Schalke conquistar a Liga dos Campeões (não custa sonhar), abre-se uma vaga da Europa League na Bundesliga.

Rebaixamento
Com o triunfo sobre o líder, o M’gladbach deixou, finalmente, a última colocação. Mas estaria rebaixado se acabasse hoje. O lanterna agora é o St. Pauli, derrotado em casa pelo Werder Bremen. Acredito que os Piratas não se salvam, está beeeem difícil a situação.

O Wolfsburg, que era o penúltimo colocado antes da rodada, goleou o Colônia e subiu para 16º, posição que lhe dá o direito da permancência contra o 3º colocado da 2.Bundesliga – hoje, o Bochum. Já o Köln, que já parecia ter se salvado do descenso, voltou a ficar ameaçado.

Schalke

Preocupado com a semifinal da Liga contra o Manchester United, na terça-feira, os Azuis-Reais usaram um mistão contra o Kaiserslautern e perderam em casa. Até ai, tudo bem… o Alemão já virou treino para a equipe… o destaque desse jogo na Veltins Arena fo

Seleção da rodada

Fährmann (Frankfurt), Vidal (Bayer Leverkusen), Tasci (Stuttgart), Stranzl (Borussia M’gladbach) e Russ (Frankfurt); Moravek (Kaiserslautern), Dejagah (Wolfsburg) e Rausch (Hannover); Pizarro (Werder Bremen), Cacau (Stuttgart) e Mandzukic (Wolfsburg)

Resultados

(8º) Freiburg 1 x 3 Hannover (3º) (Sem palpite) Vitória maiúscula fora
(10º) Schalke 0 x 1 Kaiserslautern (12º) (3×1) Azuis-Reais perderam com “mistão”
(2º) Bayer Leverkusen 2 x 1 Hoffenheim (9º) (1×1) Ainda dá…
(13º) Stuttgart 3 x 0 Hamburgo (7º) (2×1) Acertei a vitória
(15º) Frankfurt 1 x 1 Bayern de Munique (4º) (1×3) Xiiii, outro tropeço bávaro
(18º) St. Pauli 1 x 3 Werder Bremen (11º) (2×0) Piratas rumo à segunda divisão
(17º) Borussia M’gladbach 1 x 0 Borussia Dortmund (1º) (1×2) Surpresa master
(16º) Wolfsburg 4 x 1 Colônia (14º) (2×0) Lobos como nos velhos tempos
(6º) Nuremberg 0 x 0 Mainz (5º) (2×2) Acertei o empate

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 18 de abril de 2011 Bundesliga | 11:07

Já pode começar a bordar a 7ª estrela

Compartilhe: Twitter

A rodada desse final de semana praticamente garantiu o heptacampeonato ao Borussia Dortmund na Bundesliga. Com oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado, só uma tragédia tira o título dos Amarelos. Restam apenas quatro jogos. Ou seja, 12 pontos em disputa. A 7ª estrela vem aí…

Em casa, o Dortmund recebeu o Freiburg e, mesmo sem o lesionado Lucas Barrios, mostrou o futebol ofensivo de sempre e venceu sem muitas dificuldades: 3 a 0. Destaque para o menino Mario Götze, que infernizou o sistema defensivo do rival e ainda fez um gol. Esse é bom de bola, só 18 anos.

O brasileiro Dede, ídolo no Dortmund, entrou no fim do jogo para ser homenageado. Depois da partida, ele deu entrevista super emocionado a uma TV alemã. Confere aí no vídeo o choro do jogador, que já avisou que deixa o clube no fim da temporada. Aliás, que belo alemão fluente. Pena que não entendi muita coisa, rs.

As coisas no Alemão foram facilitadas para o líder com a derrota do vice-líder Bayer Leverkusen. Derrota no modo simpático de dizer, porque foi uma senhora chinelada que os Leões levaram do Bayern de Munique, na Allianz Arena. Em dia inspirado do “hat-trick” Mario Gomez, os Bávaros enfiaram impiedosos 5 a 1 e tiraram o rival da briga.

Mario Gomez fez 3 gols no domingo

A goleada foi excelente porque recoloca o time de Munique na 3ª posição, que lhe garante um lugar na próxima Liga dos Campeões. O Hannover, que começou a rodada à frente do Bayern, só empatou com o Hamburgo e caiu para 4º.

Fica aquela pontinha de dúvida com relação à motivação de Jupp Heynckes, técnico do Leverkusen, em derrotar o Bayern. Todo mundo sabe que ele será o comandante bávaro a partir de julho, o negócio já está fechado. Garanto que ele quer, e muito, jogar a Liga. Coisas do futebol.

Sinceramente, prefiro ver o Bayern de Munique na Champions. Hannover é um time bacana, esforçado, mas que não inspira muita confiança. É capaz de fazer papelão no principal torneio interclubes do mundo. Uma vaguinha na Liga Europa já está de bom tamanho para o Hannover, né?

Por falar em Liga Europa, o Mainz deu um passo importante para se classificar pela primeira vez na sua história para um torneio continental. A equipe venceu o lanterna Borussia M’gladbach e se consolidou na 5ª posição. Porém, o Nuremberg, que também triunfou, está mais do que embalado e quer abocanhar essa vaga.

A coisa tá feia no Wolfsburg

Na luta contra o descenso, Wolfsburg e St. Pauli empataram na Volkswagen Arena, resultado péssimo para ambos. Os Lobos permanecem em antepenúltimo e teriam que disputar o playoff contra o 3º colocado da 2ª divisão para ficar na elite se a Bundesliga terminasse hoje. Os Piratas estão com o mesmo número de pontos que o Wolfsburg, mas perdem no saldo de gols e estariam rebaixados.

Já o M’gladbach, a sete pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, está com um dos pés na 2.Bundesliga. O outro pé vai já já.

Seleção da rodada

Starke (Hoffenheim), Lahm (Bayern de Munique), Wollscheid (Nuremberg), Hummels (Borussia Dortmund) e Schmelzer (Borussia Dortmund); Träsch (Stuttgart), Lehmann (St. Pauli), Götze (Borussia Dortmund); Thomas Müller (Bayern de Munique), Edu (Schalke) e Mario Gomez (Bayern de Munique)

Resultados

(5º) Mainz 1 x 0 Borussia M’gladbach (18º) (3×2) Acertei a vitória
(7º) Hamburgo 0 x 0 Hannover (4º) (2×1) Jogo morno, empate justo
(16º) Wolfsburg 2 x 2 St. Pauli (17º) (4×1) Resultado ruim para ambos
(9º) Hoffenheim 1 x 0 Frankfurt (15º) (3×0) Acertei a vitória
(12º) Colônia 1 x 3 Stuttgart (14º) (1×1) Stuttgart é uma incógnita sempre
(13º) Kaiserslautern 0 x 2 Nuremberg (6º) (1×2) Acertei a vitória
(11º) Werder Bremen 1 x 1 Schalke (10º) (1×3) Foco azul-real é outro, claro…
(3º) Bayern de Munique 5 x 1 Bayer Leverkusen (2º) (1×2) Rapaz, que baile!
(1º) Borussia Dortmund 3 x 0 Freiburg (8º)  (2×0) Acertei a vitória

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 13 de abril de 2011 Liga dos Campeões | 18:15

Que venha o Manchester United!

Compartilhe: Twitter

Com outra boa vitória sobre a Inter de Milão, o Schalke confirmou, pela primeira vez em sua história, vaga na semifinal da Liga dos Campeões da Europa. Raúl – sempre ele – e Höwedes marcaram os gols da equipe alemã em Gelsenkirchen. Nesta quarta-feira, 2 a 1. No placar agregado, 7 a 3 para os Azuis-Reais, uma lavada!

Precisando apenas se cuidar para não levar uma goleada em casa, o Schalke controlou muito bem a partida desde o início. A Inter, precisando fazer 4 gols e não levar nenhum, mal assustou a meta de Neuer nos primeiros 45 minutos. Tanto que o goleirão trabalhou apenas uma vez, num chute de longe de Stankovic. De resto, só saídas em cruzamentos fáceis na área.

Benedikt Höwedes marcou o 2º gol do Schalke na partida

O Schalke também não forçou muito, não teve lá grandes chances para marcar, mas chegou ao primeiro gol antes do intervalo. O espanhol Jurado, que vem jogando demais, deu belo passe para o compatriota Raúl, que recebeu na área, driblou Júlio César e tocou para o gol vazio. Delírio na Veltins Arena com o 71º gol do atacante na história do torneio!

No segundo tempo, os italianos voltaram melhor e empataram nos primeiros minutos, com Thiago Motta. Mesmo assim, os germânicos foram inteligentes para administrar a vantagem conquistada no primeiro jogo e não deixaram o rival se animar. No fim, Raúl apareceu mais uma vez e deu lindo lançamento para Benedikt Höwedes. O zagueiro apareceu livre na frente do goleiro brasileiro e soltou a bomba para definir o placar.

Além de Raúl, “Sr. Champions League”, e de Jurado, outro atleta jogou muito nos dois duelos das quartas. Sabe quem? O volante grego Kyriakos Papadopoulos.  Ele pode não aparecer muito para a torcida, mas é de extrema importância no sistema que Ralf Rangnick montou na equipe. O jovem de 19 anos (sim, só 19 mesmo) marca muito bem, sabe sair jogando e mostra muita inteligência. Encaixou como uma luva. Como é que o Felix Magath não via esse garoto no elenco? Não dá pra entender…

Edu, que brilhou na partida em Milão, esteve tímido no jogo de volta e não teve muitas chances.

> Raúl sobe para arquibancada e comemora com a torcida no fim do jogo. Assista!

Agora, o Schalke terá o Manchester United pela frente no mata-mata. Depois comentamos com mais detalhes esse duelo aqui no blog. O primeiro jogo será em Gelsenkirchen, dia 26 de abril, com a decisão acontecendo na Inglaterra, dia 4 de maio. Na outra semifinal, o superclássico espanhol entre Barcelona e Real Madrid.

Bayern e Dortmund na Liga dos Campeões? Basta assistir, não jogar!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Fora dos campos | 14:15

Mau presságio no Schalke? Espero que não…

Compartilhe: Twitter

Horas antes do duelo decisivo contra a Inter de Milão, pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, um escudo luminoso enorme do Schalke 04 caiu do teto do escritório do clube, em Gelsenkirchen. Ninguém sabe ainda a causa do acidente, que, felizmente, não deixou feridos.

Seria um mau presságio do que está por vir no jogo contra os italianos, na Veltins Arena?
Espero que não!

*As imagens são do diário alemão Bild

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de abril de 2011 Liga dos Campeões | 17:57

Schalke 04… ou 05?

Compartilhe: Twitter

Que jogo, que atuação, que lavada! Histórico! Ninguém esperava que o Schalke goleasse a Inter de Milão, na Itália, por 5 a 2. Eu, sinceramente, não. E você? A vaga está praticamente assegurada. Praticamente porque é o Schalke. Já sabemos o que o time é capaz de fazer na temporada… digamos que os Azuis-Reais têm 95% de chance de seguir.

O fato é que o recém-chegado treinador Ralf Rangnick conseguiu dar um jeito na equipe. Ele promoveu os retornos de Baumjohann, Sarpei e Papadopoulos à equipe principal – antes eram preteridos por Felix Magath – e deu um voto de confiança ao brasileiro Edu. O resultado disso tudo foi a boa movimentação do ataque e uma ligeira melhora no sistema defensivo.

> Clique aqui e leia o relato completo da partida

Edu chuta e marca o 5º gol do Schalke

O grande nome do jogo desta terça-feira foi Edu. Partidaça do brasileiro! Não só pelos dois gols, mas também pelo inferno que causou na defesa italiana. Porém, sem muito alarde, o grego Papadopoulos também jogou demais, tomou conta do meio de campo. Talvez ele seja a peça que faltava para proteger os zagueiros e dar qualidade no passe.

Jurado deu velocidade e toque de classe na intermediária ofensiva, enquanto Matip, improvisado na defesa no lugar de Metzelder, formou um miolo de zaga bem mais consistente ao lado de Höwedes. Os dois se perderam em alguns lances, inclusive no 2º gol da Inter, mas no geral ficaram acima da média.

Mesmo com o lindo gol de Stankovic, aos 23 segundos de partida, o Schalke não se abalou. Raúl mostrou desde o começo que estava afim de jogo e assustou na sequência com duas boas cabeçadas perigosas. Mais tarde, Matip empatou após rebote da cabeçada de Papadopoulos, defendida por Júlio César.

Raúl + Champions = Sucesso

Ainda no primeiro tempo, Milito colocou a Inter na frente, mas Edu, faltando cinco minitos, igualou o marcador num gol de raça.

Logo no começo da segunda etapa, os donos da casa quase marcaram o terceiro. Mas foi Raúl que brilhou e virou para o Schalke. Ele recebeu passe de Farfán, ganhou da marcação de Chivu e, com extrema categoria, chutou na saída do goleiro brasileiro. Alguns minutos depois, Chivu foi expulso, facilitando a vida do Schalke.

Sem forçar muito, o time alemão chegou ao quarto gol. O espanhol Jurado puxou contra-ataque e viu Edu livre entrando na área. O passe, no entanto, foi interceptado pelo zagueiro Ranocchia, que marcou contra a própria pátria. Aos 30, Edu marcou mais um, girando na entrada da área e colocando no canto com precisão, longe do alcance do compatriota Júlio César.

Neuer se recuperou da bobeira no 1º gol

Depois foi só administrar e esperar o apito final. Ah, e fazendo justiça a Manuel Neuer, que se precipitou no primeiro gol da Inter ao cortar de cabeça fora da área um lançamento, ele foi seguro no jogo todo. Quando a partida estava 2 a 2, no começo da etapa final, o goleirão titular da seleção alemã fez uma defesaça num chute de Eto’o.

Outro destaque foi o peruano Jefferson Farfán. Desde o começo da campanha do Schalke na Champions, o jogador é o termômetro do time. Solícito, brigador, rápido, inteligente… pena que levou um cartão amarelo que lhe tira do jogo de volta, dia 13 de abril, quarta-feira que vem, lá na Veltins Arena, em Gelsenkirchen.

O bom é que a vaga já está garantida. Ou não?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de abril de 2011 Liga dos Campeões, Vídeos | 16:39

Schalke x Inter, mais uma decisão

Compartilhe: Twitter

Nesta terça-feira tem Inter de Milão x Schalke, duelo que abre as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Os dois times já se enfrentaram outras quatro vezes, todas em fases decisivas da Copa da Uefa – hoje, Liga Europa. Nunca um time ganhou do outro com margem superior a um gol de diferença.

Curiosamente, um jogador que esteve em campo nos quatro jogos anteriores também jogará nesta terça. Sabe quem? O argentino Javier Zanetti, atual capitão do time italiano. Esse tem história pra contar.

Veja o histórico de confrontos:

Atacante Ronaldo fez um gol no Schalke na Copa da Uefa de 1998

7 de maio de 1997
Final da Copa da Uefa – jogo de ida
Schalke 1 x 0 Inter de Milão
(SCH: Marc Wilmots)

21 de maio de 1997
Final da Copa da Uefa – jogo de volta
Inter de Milão 1 x 0* Schalke
(INT: Ivan Zamorano)
*Schalke venceu por 4 a 1 nos pênaltis

3 de março de 1998
Quartas da Copa da Uefa – jogo de ida
Inter de Milão 1 x 0 Schalke
(INT: Ronaldo)

17 de março de 1998
Quartas da Copa da Uefa – jogo de volta
Schalke 1 x 1* Inter de Milão
(SCH: Michaël Goossens / INT: Taribo West)
*Schalke venceu no tempo normal e a Inter empatou na prorrogação

No duelo mais importante da história, a decisão da Copa da Uefa da temporada 1996/97, o Schalke foi campeão com uma vitória em casa e uma derrota na Itália. Na partida de volta, a equipe alemã segurava a italiana até os 39 minutos do segundo tempo, quando o atacante chileno Zamorano anotou o gol que levou o jogo para os pênaltis.

Os times jogaram assim:

INTER: Gianluca Pagliuca, Giuseppe Bergomi (Jocelyn Angloma), Massimo Paganin, Salvatore Fresi e Alessandro Pistone; Javier Zanetti (Nicola Berti), Ciriaco Sforza (Aron Winter), Paul Ince e Youri Djorkaeff; Maurizio Ganz e Ivan Zamorano. Técnico: Roy Hodgson.

SCHALKE: Jens Lehmann, Olaf Thon, Johan de Kock, Thomas Linke e Yves Eigenrauch; Michael Büskens, Radek Latal (Oliver Held), Jiri Nemec e Andreas Müller (Ingo Anderbrügge); Marc Wilmots e Martin Max. Técnico: Huub Stevens.

Nos pênaltis: Zamorano e Winter perderam para a Inter, Djorkaeff marcou; Anderbrügge, Thon, Max e Wilmots marcaram para o Schalke.

Veja abaixo o vídeo de uma reportagem sobre esse jogo final:
(Detalhe para a cara de criança do goleiro Lehmann. Sim, aquele Lehmann)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última