Publicidade

Posts com a Tag Lucas Barrios

terça-feira, 17 de maio de 2011 Bundesliga, Fora dos campos, Vídeos | 11:55

Números, curiosidades e recordes da Bundesliga 2010/11

Compartilhe: Twitter

O futebol germânico ainda reserva as fortes emoções da final da Copa da Alemanha e dos playoffs de rebaixamento, mas com o fim da temporada regular da Bundesliga, já dá para fazermos um balanço dos números, estatísticas e curiosidades que marcaram a 48ª edição do Campeonato Alemão. Não é?

Sem mais delongas, vamos aos principais fatos:

► A temporada teve 102 vitórias de visitantes, novo recorde no torneio

Dortmund e Leverkusen venceram 11 vezes fora de casa, igualando os recordes de Hamburgo (2005/06) e Werder (2003/04)

O Dortmund estabeleceu um novo recorde de vitórias consecutivas longe de casa – oito

Ao final do 1º turno, o Dortmund abriu 10 pontos de vantagem na ponta, a maior diferença da história nesse período

Mario Götze, 18 anos

Bayern de Munique teria sido campeão se os jogos tivessem só os primeiros 45 minutos. Os Bávaros fariam 64 pontos, mais do que qualquer outro time

Dortmund foi o campeão mais novo da história, com média de idade de 23,73 anos. Bayern (72/73) e M’gladbach eram os recordistas, com média de 24,67 anos

Mainz venceu seus 7 primeiros jogos, igualando as marcas de Bayern (95/96) e Kaiserslautern (2001/02)

Frankfurt marcou apenas 7 gols no segundo turno, a pior marca desde a temporada 65/66, quando o extinto Tasmania Berlin também só fez 7 gols pós-Natal

O Borussia M’gladbach passou o primeiro semestre inteiro sem vencer em casa, enquanto o Stuttgart ficou o mesmo período sem vencer em casa. Curiosamente, a primeira vitória fora do Stuttgart foi contra o M’gladbach

Claudio Pizarro, do Werder Bremen

► Hannover ficou pela primeira vez na história entre os 4 primeiros colocados e voltará a disputar uma competição europeia após 19 anos

Claudio Pizarro, do Werder, chegou aos 142 gols na Bundesliga e superou a marca do atacante Elber como maior artilheiro estrangeiro do torneio. O brasileiro tinha 134 tentos anotados

Nuri Sahin desperdiçou suas últimas 4 cobranças de pênalti, recorde negativo no Alemão

E o Dortmund errou seus últimos seis pênaltis no campeonato, já contando com os 4 de Sahin

Zé Roberto fez seu jogo de número 331 na Bundesliga, ultrapassando Sergej Barbarez e se transformando no estrangeiro com maior aparições no campeonato

Papiss Demba Cisse, atacante do Freiburg, fez 22 gols na temporada e se transformou no africano que mais marcou em uma edição da Bundesliga, ultrapassando a marca de Tony Yeboah, que tinha feito 20

O grego Georgios Tzavellas, do Frankfurt, fez um gol contra o Schalke chutando de seu próprio campo e entrou para história como o tento anotado da maior distância – 73 metros (veja no vídeo aí embaixo)

Com apenas 30 segundos de jogo na primeira rodada do Alemão, o português Carlitos, do Hannover, rompeu os ligamentos do joelho e ficou 8 meses afastado

Titsch-Rivero, do Frankfurt, levou o cartão vermelho mais rápido de todos os tempos na Alemanha. Contra o Dortmund, na última rodada, ele entrou no 2º tempo e ficou somente 43 segundos em campo

► Já Youssef Mohamad, do Colônia, foi expulso com 94 segundos de jogo – ou um minuto e meio – logo na primeira rodada, contra o Kaiserslautern. Foi o cartão vermelho mais rápido da história, em se tratando de tempo do jogo

Mario Gomez, do Bayern

Mario Gomez conseguiu cinco “hat-tricks” (quando um jogador faz 3 gols num jogo), quase se igualando a marca de Gerd Müller, que fez seis na temporada 71/72

O atacante do Bayern de Munique chegou aos 100 gols na Bundesliga, entrando num restrito grupo de 48 jogadores que atingiram a marca centenária

Ainda falando de Mario Gomez, ele se tornou o 3º jogador a marcar mais de 27 gols em uma única temporada desde 81/82. Os outros são os brasileiros Grafite (2008/09) e Aílton (2003/04)

Franck Ribéry se transformou no francês com maior número de gols na Bundesliga, 31, se igualando a Johan Micoud

Lucas Barrios foi o campeão de bolas na trave na temporada – 9 no total

894 gols foram anotados no torneio. O recorde é da temporada 2000/01, com 909 tentos

83 pênaltis foram marcados, bem abaixo do recorde de 102

Pogrebnyak leva o amarelo

1.038 cartões amarelos foram mostrados. Nos últimos 20 anos, foi o menor número. A temporada 90/91 teve apenas 950 advertências dessa natureza

Apenas 63 partidas terminaram empatadas. É a menor marca das últimas 31 temporadas, se igualando a de 79/80

Somente 14 jogos acabaram em 0 a 0, a menor marca em 29 anos. A temporada 81/82 teve apenas 12 placares em branco

26 jogadores marcaram gols-contra, maior marca das últimas nove temporadas. Em 2001/02, 33 atletas jogaram contra a própria pátria

3.012 escanteios foram marcados. Foi o menor número desde que as estatísticas foram implementadas no Alemão, em 2004

10.009 faltas foram cometidas. Foi o menor número desde que as estatísticas foram implementadas no Alemão, em 2004

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 5 de maio de 2011 Fora dos campos | 20:03

Os jogadores mais caros da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

O site Transfermkt, especializado em negócios do futebol, fez um levantamento na Bundesliga e listou os 20 jogadores mais caros desta temporada no Campeonato Alemão. Pra variar, o Bayern de Munique é o que possui o maior número de atletas caros, sete, sendo que os cinco primeiros são dos Bávaros.

Já o Borussia Dortmund, campeão por antecipação, tem quatro jogadores na relação – já contando a dulpa de zaga Subotic-Hummels -, enquanto Bayer Leverkusen e Schalke aparecem com três atletas. Dois brasileiros aparecem no Top 20: Diego, do Wolfsburg, e Luiz Gustavo, do Bayern.

Veja abaixo a lista dos 20 jogadores mais caros na Alemanha:

O belo Ribéry é o mais caro

Franck Ribéry (Bayern de Munique) 45 milhões de euros
Arjen Robben (Bayern de Munique) 40 milhões de euros
Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique) 40 milhões de euros
Philipp Lahm (Bayern de Munique) 28 milhões de euros
Mario Gomez (Bayern de Munique) 26 milhões de euros
Manuel Neuer (Schalke) 24 milhões de euros
Thomas Müller (Bayern de Munique) 23 milhões de euros
Nuri Sahin (Borussia Dortmund) 17,5 milhões de euros
Arturo Vidal (Bayer Leverkusen) 17 milhões de euros
René Adler (Bayer Leverkusen) 16 milhões de euros
Eljero Elia (Hamburgo) 15 milhões de euros
Jefferson Farfán (Schalke) 15 milhões de euros
Luiz Gustavo (Bayern de Munique) 15 milhões de euros
Mats Hummels (Borussia Dortmund) 15 milhões de euros
Klaas-Jan Huntelaar (Schalke) 15 milhões de euros
Neven Subotic (Borussia Dortmund) 15 milhões de euros
Diego (Wolfsburg) 15 milhões de euros
Stefan Kiessling (Bayer Leverkusen) 14 milhões de euros
Marko Marin (Werder Bremen) 14 milhões de euros
Lucas Barrios (Borussia Dortmund) 14 milhões de euros

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 1 de maio de 2011 Bundesliga | 23:42

Agora sim! Borussia Dortmund é heptacampeão

Compartilhe: Twitter

Fim de papo na Bundesliga. O Borussia Dortmund é o campeão Alemão da temporada 2010/2011. Novidade, né? O 7º título dos Amarelos chegou a ficar ameaçado nas últimas rodadas, mas nada que desesperasse o jovem time de Jurgen Klopp. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Nuremberg, no sábado, e a derrota do Leverkusen, a festa foi completa no Westfalenstadion, que estava transbordando de gente.

Lucas Barrios e Lewandowski anotaram os gols da partida, que começou bastante complicada. Os visitantes chegaram a assustar nos primeiros minutos, mas logo o Dortmund colocou em prática seu jogo e conseguiu a vitória do título.

Ainda nesta semana, o Blog do Alemão terá um post especial sobre o campeão. Aguardem!

Veja algumas imagens da festa:

> O Bild também fez uma galeria de fotos bem legal do pós-jogo. Confere aqui

A 32ª rodada confirmou o título do Dortmund, mas garantiu também a presença do Bayer Leverkusen na próxima Liga dos Campeões, apesar de perder para o Colônia. Já o Bayern de Munique deu um grande passo para ficar com a última vaga na Champions ao golear o Schalke, na Allianz Arena. Os Bávaros – e também o Leverkusen – foram beneficiados pela zebra do fim de semana. Em casa, o Hannover caiu diante do Borussia M’gladbach e se complicou.

A diferença do 3º colocado Bayern para o 4º Hannover é de dois pontos. Faltam duas rodadas, mas o time de Munique tem tudo para terminar à frente do rival. A equipe tem jogos relativamente mais fáceis, contra St. Pauli, fora, e Stuttgart, em casa. O Hannover, por sua vez, também enfrenta o Stuttgart, mas fora de casa, e encara o Nuremberg, em casa. O Mainz, que venceu o Frankfurt, praticamente assegurou sua vaga na Liga Europa.

Reencontros
A torcida do Bayern de Munique se dividiu na recepção ao goleiro Manuel Neuer. Enquanto metade da Allianz Arena continuou com a campanha “Koan Neuer” – principalmente a “Curva Sul“, ala radical da torcida bávara, muitos levaram faixas de apoio ao arqueiro, dando as boas-vindas ao possível reforço. Pelo menos já mudou alguma coisa.

Em Colônia, os 45 mil torcedores que foram ao RheinEnergieStadion vaiaram veementemente o meio-campista Michael Ballack, do Bayer Leverkusen, sempre quando ele encostava na bola. Isso porque o jogador, há algumas semanas, entrou na onda da torcida dos Leões e entoou cânticos contra o Köln, chegando, inclusive, a xingar o time.

Seleção da rodada

Baumann (Freiburg), Riether (Wolfsburg), Tasci (Stuttgart), Hummels (Borussia Dortmund), Daems (Borussia M’gladbach); Soto (Mainz), Schweinsteiger (Bayern de Munique) e Kuzmanovic (Stuttgart); Thomas Müller (Bayern de Munique), Cissé (Freiburg) e Novakovic (Colônia)

Resultados

(11º) Werder Bremen 0 x 1 Wolfsburg (16º) (2×3) Acertei a vitória dos Lobos
(12º) Kaiserslautern 2 x 0 St. Pauli (18º) (2×0) Na mosca!
(1º) Borussia Dortmund 2 x 0 Nuremberg (6º) (1×1) É CAMPEÃO!!
(7º) Hamburgo 0 x 2 Freiburg (8º) (3×1) Hamburgo decepção na temporada
(5º) Mainz 3 x 0 Frankfurt (15º) (2×0) Acertei a vitória do 05
(9º) Hoffenheim 1 x 2 Stuttgart (13º) (2×2) Schwaben livres do rebaixamento
(14º) Colônia 2 x 0 Bayer Leverkusen (2º) (1×2) Bodes quase livres
(3º) Hannover 0 x 1 Borussia M’gladbach (17º) (1×1) E os Potros tentam permanecer
(4º) Bayern de Munique 4 x 1 Schalke (10º) (3×0) Show de Thomas Müller

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de abril de 2011 Bundesliga | 00:32

Tudo nos conformes lá na Alemanha

Compartilhe: Twitter

Götze marcou e homenageou o brasileiro Dede, que já avisou que sairá do time e completou 13 anos de Dortmund

Podemos dizer que a 28ª rodada da Bundesliga transcorreu sem grandes surpresas. A começar pelo líder Borussia Dortmund, que levou um susto em casa, mas goleou o Hannover e segue a passos largos rumo à conquista da salva de prata.

Os 4 a 1, porém, são um tanto quanto enganosos. Os Amarelos fizeram um 1º tempo muito ruim e, na segunda etapa, logo no início, o Hannover abriu o placar, complicando ainda mais a vida do Dortmund. Mas aí Götze e Lucas Barrios resolveram entrar em cena e decidiram a parada a favor dos anfitriões – o atacante paraguaio marcou duas vezes e deu uma assistência genial para o gol de Grosskreutz.

Quem gostou do resultado foi o Bayern de Munique. A equipe suou a camisa para derrotar o lanterna Borussia M’gladbach, na Allianz Arena, ultrapassou o Hannover e agora ocupa a 3ª colocação, que lhe dá um lugar na próxima Champions. O gol do jogo foi dele, Arjen Robben.

Arne Friedrich foi expulso no jogo do Wolfsburg

Ainda com esperanças de ser campeão, o Bayer Leverkusen fez sua parte ao derrotar o Kaiserslautern, na casa do adversário. Com uma boa postura defensiva e um jogo consistente no meio de campo, os Leões venceram com tento de Sidney Sam.

Lá embaixo, o Wolfsburg só empatou com o Frankfurt, na Volkswagen Arena, mas conseguiu deixar a penúltima posição da Bundesliga. Todos os brasileiros dos Lobos foram titulares – Diego, Grafite, Cícero e Josué. A equipe está em 16º, posição que lhe garante o direito de jogar o playoff com o 3º colocado da 2.Bundesliga por um lugar na elite.

Já o duelo entre St. Pauli e Schalke, que foi interrompido aos 43 minutos do segundo tempo, será julgado nesta semana pela DFB (Federação Alemã de Futebol). O placar apontava 2 a 0 para os Azuis-Reais, quando um torcedor jogou uma caneca de cerveja no bandeirinha e o árbitro resolveu encerrar o jogo. A entidade deve decretar a vitória de 3 a 0 do Schalke. Aguardemos.

Seleção da rodada

Ulreich (Stuttgart), Piszczek (Borussia Dortmund), Schwaab (Bayer Leverkusen), Mathijsen (Hamburgo) e Pranjic (Bayern de Munique); Vidal (Bayer Leverkusen), Farfán (Schalke) e Götze (Borussia Dortmund); Raúl (Schalke), Lucas Barrios (Borussia Dortmund) e Cissé (Freiburg)

Resultados

(17º) St. Pauli 0 x 2 Schalke (10º) (2×1) O jogo que não terminou
(3º) Bayern de Munique 1 x 0 Borussia M’gladbach (18º) (5×0) Vitória magra, mas ótima
(12º) Werder Bremen 1 x 1 Stuttgart (15º) (3×2) Ulreich fechou o gol dos Schwaben
(1º) Borussia Dortmund 4 x 1 Hannover (4º) (1×1) Olha o título logo ali…
(5º) Mainz 1 x 1 Freiburg (8º) (2×0) Jogo igual, bem disputado
(14º) Kaiserslautern 0 x 1 Bayer Leverkusen (2º) (1×3) Acertei a vitória dos Leões
(9º) Hoffenheim 0 x 0 Hamburgo (7º) (2×2) Acertei o empate
(11º) Colônia 1 x 0 Nuremberg (6º) (1×1) Novakovic, no último minuto
(16º) Wolfsburg 1 x 1 Frankfurt (13º) (3×0) Placar ruim para ambos

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 Bundesliga | 13:57

Líderes vencem, e o drama do Werder Bremen

Compartilhe: Twitter

Como era previsto, os líderes vencerem sem grandes problemas na 23ª rodada da Bundesliga. O Bayern de Munique talvez tenha tido mais dificuldades, já que o Mainz teve algumas boas chances para marcar no duelo entre ambos, mas com Robben, Ribéry e Müller inspirados, e Schweinsteiger tomando conta do meio de campo, não deu para o time de Holtby vencer em casa.

Nesta partida, destaque para os defesas do veterano goleiro Butt, que entrou no intervalo devido à lesão do jovem titular Kraft e garantiu o triunfo. Além de Kraft, o atacante Mario Gomez – com dores no tornozelo – também é dúvida para o jogo de quarta-feira pela Liga dos Campeões, contra a Inter de Milão, na Itália. Em todo caso, Butt e Klose já estão de sobreaviso.

Em casa, Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen também venceram. Os Amarelos bombardearam o St. Pauli no Westfalenstadion, perderam muitos gols, mas fizeram 2 a 0. Lucas Barrios foi o nome do jogo. Já na BayArena, o Bayer Leverkusen goleou o vice-lanterna Stuttgart com dois gols de Kiessling. A diferença entre líder e vice-líder segue em 10 pontos – 55 a 45.

Lá embaixo seguem Wolfsburg e Werder Bremen, que perderam outra. Os Lobos foram derrotados pelo Freiburg, fora de casa, mas apesar da situação delicada, o time tem elenco para fugir do rebaixamento. Quando Patrick Helmes começar a fazer mais gols – ele fez um no fim de semana – e Diego mostrar o que sabe, o time embala. Com Arne Friedrich, Grafite, Riether e Schäfer não tem como cair.

Os Papagaios, por sua vez, não têm jogadores capazes de chamar a responsabilidade e o risco de cair para 2ª divisão é altíssimo. Ainda mais depois de um vexame de 4 a 0 diante do rival do norte Hamburgo. Sem querer secar o Werder, mas precisa melhorar muito, mas muito mesmo para sair dessa situação. O saldo de gols da equipe é de -20, melhor apenas do que o saldo do lanterna M’gladbach, e o próximo rival é “só” o Bayer Leverkusen.

Seleção da rodada

Baumann (Freiburg), Piszczek (Borussia Dortmund), Wollscheid (Nuremberg), Mohamad (Colônia) e Schmelzer (Borussia Dortmund); Schweinsteiger (Bayern de Munique), Reus (Borussia M’gladbach) e Guerrero (Hamburgo); Schlaudraff (Hannover), Lucas Barrios (Borussia Dortmund) e Kiessling (Bayer Leverkusen)

Resultados

(8º) Nuremberg 3 x 0 Frankfurt (12º) (2×1) Acertei a vitória
(1º) Borussia Dortmund 2 x 0 St. Pauli (11º) (2×0) Na mosca!
(7º) Hamburgo 4 x 0 Werder Bremen (14º) (1×1) Papagaios rumo à Segundona? Sei não…
(9º) Hoffenheim 1 x 1 Colônia (13º) (3×2) Bodes se recuperaram bem
(6º) Freiburg 2 x 1 Wolfsburg (15º) (0x0) O que acontece com os Lobos?
(4º) Hannover 3 x 0 Kaiserslautern  (16º) (1×2) Hannover na luta pela Champions
(5º) Mainz 1 x 3 Bayern de Munique (3º) (0x1) Acertei a vitória
(2º) Bayer Leverkusen 4 x 2 Stuttgart (17º) (2×0) Acertei a vitória
(18º) Borussia M’gladbach 2 x 1 Schalke (10º) (1×1) Potros venceram, mas seguem lanterna

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 Liga Europa | 18:00

Dortmund vence e segue vivo na Liga Europa

Compartilhe: Twitter

Como era esperado, o Borussia Dortmund venceu o Karpaty, da Ucrânia, sem muita dificuldade. O jogo no Westfalenstadion, que recebeu “só” 40 mil torcedores, terminou em 3 a 0. Agora, o time alemão soma 8 pontos, contra 11 do líder Paris Saint-Germain e 9 do vice-líder Sevilla. O Karpaty ainda não pontuou. No outro jogo do grupo, o time francês fez 4 a 2 no espanhol e garantiu vaga na próxima fase da Liga Europa.

Nesta quinta, o Dortmund passou pelo time ucraniano com gols de Shinji Kagawa, no primeiro tempo, e Mats Hummels e Robert Lewandowski, ambos no segundo. O meia japonês e o zagueiro alemão marcaram de cabeça, enquanto o atacante polonês, que substituiu o lesionado Lucas Barrios, fez o seu no último minuto, após bobeira da zaga adversária.

A conta para os Amarelos seguirem adiante na competição é simples: Vencer o Sevilla na última rodada, na Espanha. Se o Borussia perder ou empatar, dá adeus à Europa League. Fácil? Longe disso. Mas o time lidera a Bundesliga e tem totais condições. Torceremos.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 12 de novembro de 2010 Bundesliga | 19:46

A Bundesliga "amarelou" de vez

Compartilhe: Twitter

Sei não, hein?! Esse Borussia Dortmund está com uma cara de campeão. Diante de mais de 80 mil pessoas no Westfalenstadion – outro espetáculo nas arquibancadas, pra variar -, o time amarelo derrotou o Hamburgo por 2 a 0 e disparou na liderança do Campeonato Alemão, sete pontos à frente do Mainz, segundo colocado, e dez a mais que o Bayer Leverkusen, terceiro.

Está dando gosto de ver esse time jogar. Tudo bem que o primeiro tempo da partida desta sexta foi bem fraco, sem muitas chances de gol, mas na etapa final o Dortmund resolveu mostrar porque está lá em cima na tabela. Shinji Kagawa marcou o primeiro tento aos 4 minutos, e Lucas Barrios decretou o triunfo aos 25.

Joga demais esse Kagawa, pelo amor. O japa tem só 21 anos de idade e foi o destaque do duelo ao lado de Mario Götze, convocado essa semana por Joachim Löw para defender a seleção alemã no amistoso contra a Suécia. O meia-atacante alemão tem só 18 anos de praia e fez a jogada do 2º gol. Sem contar Hummels, Schmelzer, Sahin, Grosskreutz, Subotic, Kuba… esses caras estão voando.

E por que o Hamburgo não ameaçou a meta de Weidenfeller? Simples: sem o holandês Ruud van Nistelrooy, ainda machucado, o time do norte perde demais em poder de fogo no ataque. E na lateral-esquerda, com Aogo e Jansen lesionados, ficou um buraco por ali. Zé Roberto atuou no setor e foi péssimo. Ele começou sua carreira como lateral, fato, mas já está no auge dos seus 36 anos, não aguenta mais ir e volta. Só ir…

Conforme citei na matéria do iG sobre a partida, é o melhor começo de campanha na história do Dortmund na Bundesliga. Nunca a equipe tinha alcançado a marca de 31 pontos nos 12 primeiros jogos. O clube é hexacampeão alemão – assim como o Hamburgo – e venceu o campeonato pela última vez na temporada 2001/2002, quando tinha os brasileiros Amoroso, Ewerthon e Evanílson no elenco.

Bom, já errei esse palpite. Mas acertarei os outros. Para deixar o seu, clique aqui e comente.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 3 de outubro de 2010 Bundesliga | 20:31

Mainz bate recorde na Alemanha, e os craques na TV

Compartilhe: Twitter

Mais um show do Mainz na rodada e liderança garantida. De quebra, a modesta equipe igualou os recordes de Bayern de Munique e Kaiserslautern, que venceram seus sete primeiros jogos nas temporadas 1995/1996 e 2001/2002, respectivamente. O triunfo deste sábado veio em casa com uma goleada indiscutível por 4 a 2 sobre o perigoso Hoffenheim.

E nas comemorações dos gols, a equipe simulou uma banda de rock tocando no gramado. A criatividade dos garotos rendeu até um convite para participar de um programa de TV na Alemanha, chamado “Sportstudio“. De óculos escuros, Holtby, Szalai e Schurrle usaram instrumentos de verdade e participaram da música de abertura do programa, para depois concederem uma entrevista.

Quer ver o vídeo? Então clique aqui. É bem divertido.

Bom, voltando à rodada da Bundesliga, o Schalke decepcionou mais uma vez e perdeu fora de casa para o Nuremberg. Huntelaar fez o gol dos Azuis-Reais. O atacante holandês até que está jogando bem, mas não consegue levar o time nas costas. Raúl parece perdido em campo, e o espanhol Jurado oscila bons e péssimos momentos dentro da partida. É bem estranho.

Pior que o Schalke está o Stuttgart. O time do brasileiro Cacau caiu diante da sua torcida para o Frankfurt. Gekas e o brasileiro Chris fizeram os tentos dos visitantes. Os Schwaben, que descontaram com gol de Pogrebnyak, fazem bela campanha na Liga Europa, mas no Alemão estão um desastre. A equipe está na lanterna com apenas 3 pontos ganhos de 21 possíveis.

O Borussia Dortmund perdeu na estreia, mas depois só colecionou vitórias. A última veio neste domingo contra o poderoso Bayern de Munique, no Westfalenstadion que estava transbordando de torcedores. Lucas Barrios e o ótimo Sahin anotaram os gols dos Amarelos, que são os vice-líderes, três pontos atrás do Mainz.

Por falar em Bayern, um jogador que está fazendo muita falta, mas muita mesmo, é Arjen Robben. O holandês só poderá jogar em 2011, mas segue sendo notícia na Alemanha. Na TV, o atacante teve que vestir a camisa da seleção alemã e beber alguns copos de cerveja como “castigo” por ter perdido um game num programa. Robben estava bem acompanhado, ao lado da atriz Milla Jovovich e da cantora Katy Perry.

Aliás, caiu bem a camisa da Nationalelf nele, hein?! Imaginem Robben ao lado de Müller, Özil, Khedira, Podoslki… bom, deixa pra lá.

Fechando a rodada da Bundesliga, o Bayer Leverkusen jogou em casa contra o Werder Bremen e buscou o empate no fim com gol de Derdiyok. Como faz gol esse suíço, né? Antes, Helmes abriu o placar para os Leões, e Hugo Almeida e Marin anotaram para os Papagaios. O português Hugo Almeida, além de fazer o gol, jogou bem e deu a assistência para o tento de Marin.

Nos outros jogos, o St. Pauli venceu fora de casa e subiu na tabela. Também longe dos torcedores, o Wolfsburg não passou de um empate com o M’gladbach. Jogando em casa, Hamburgo e Freiburg venceram.

Seleção da rodada

Wetklo (Mainz), Judt (Nuremberg), Barth (Freiburg), Hummels (Borussia Dortmund) e Fuchs (Mainz); Kacar (Hamburgo), Rosenthal (Freiburg), Sahin (Borussia Dortmund) e Holtby (Mainz); Hugo Almeida (Werder Bremen) e Lucas Barrios (Borussia Dortmund).

Resultados

Hannover 0 x 1 St. Pauli (3×1) – Piratas seguraram a pressão
Hamburgo 2 x 1 Kaiserslautern (2×1) – Na mosca!
Mainz 4 x 2 Hoffenheim (3×2) – Sabia que venceria. Segurem!!
Borussia M’gladbach 1 x 1 Wolfsburg (1×5) – Aqui errei feio
Freiburg 3 x 2 Colônia (1×1) – Time de Podolski não dá mais pra confiar
Nuremberg 2 x 1 Schalke (1×2) – Inverti os placares, mas tá valendo
Stuttgart 1 x 2 Frankfurt (3×0) – Lanterninha perdeu outra. Que fase!
Bayer Leverkusen 2 x 2 Werder Bremen (4×2) – Jogão, mas errei
Borussia Dortmund 2 x 0 Bayern de Munique (2×2) – Amarelos lá em cima

http://www.youtube.com/watch?v=dsPRN94_2vg
Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 22 de setembro de 2010 Bundesliga | 17:39

Segurem o Mainz e o Dortmund

Compartilhe: Twitter


Aos 19 anos, Lewis Holtby é um dos destaques do líder Mainz na Bundesliga

31 gols em 9 partidas, uma média de quase 3,5 tentos por jogo. A 5ª rodada, a primeira disputada no meio de semana, foi recheada de bons jogos, estádios lotados e marcou as redenções de Wolfsburg, Schalke e Bayern. Além, claro, de confirmar as belas campanhas de Mainz e Borussia Dortmund. Vale lembrar que acertei o resultado em 7 dos 9 jogos nos palpites pré-rodada, sendo 3 em cheio. Polvo Paul em ação!

Mais uma bela atuação, mais uma vitória, 100% de aproveitamento e liderança mais do que garantida. O Mainz faz um começo de temporada espetacular na Bundesliga, simplesmente impecável, com cinco vitórias em cinco jogos. A vítima da vez foi o Colônia, que jogou fechadinho, a exemplo do que fez contra o Bayern no fim de semana passado, mas não conseguiu brecar o ímpeto dos donos da casa.

O ótimo meio-campista Lewis Holtby, que fez só 19 anos de idade na semana passada, entrou no segundo tempo para marcar os dois gols da vitória do líder 05. Como de costume, Podolski mal apareceu. Ou o Colônia arruma jogadores de nível para atuarem ao lado de Poldi, ou o atacante terá que procurar outro clube para conseguir fazer alguma coisa. Só joga bem na seleção.

Acredito que a alegria do Mainz acaba no próximo domingo. O time enfrenta ninguém menos que o Bayern de Munique, dentro da Allianz Arena. Os bávaros que visitaram o perigoso Hoffenheim e conseguiram uma vitória sofrida no fim do jogo. Ibisevic fez para o Hoffe a um minuto de partida, mas no segundo tempo só deu Bayern. Müller, aos 17, e Van Buyten, aos 46, viraram o marcador.

No lance do gol de Müller, Franck Ribéry machucou o tornozelo e teve que deixar o campo carregado. O francês apareceu de muletas nesta quarta-feira e desfalca a equipe de Munique por, pelo menos, um mês. Sem Robben e agora sem Ribéry, Louis van Gaal vai ter que se virar nos póximos jogos. E tem Liga dos Campeões pela frente…

Aliás, quero deixar um parágrafo aqui sobre Toni Kroos. Não está jogando nada. Não é nem sobra do Kroos que brilhou pelo Bayer Leverkusen na última temporada. O time fica lento com o meio-campista no jogo. Foi só ele sair no intervalo que o Bayern melhorou bastante contra o Hoffenheim. Se bem que ele deve continuar na equipe com esse monte de ausência.

Se o Mainz está voando, o Borussia Dortmund também. Com a goleada de 5 a 0 sobre o Kaiserslautern, a equipe amarela assumiu a vice-liderança do Alemão, três pontos atrás do 05. Lucas Barrios foi o grande nome da partida contra o FCK, anotando dois gols. Para variar, mais de 70 mil pessoas fizeram a festa no Westfalenstadion. Será que é a temporada do Dortmund?

E o Werder Bremen, hein? Caiu de quatro para o Hannover, na AWD Arena. Wesley foi titular e ainda não conseguiu vencer com a camisa dos Papagaios. O Stuttgart também foi derrotado longe da torcida. Cacau deixou sua marca, mas o Nuremberg fez aos 46 do segundo tempo com Pinola e conquistou o triunfo. Também com gol no fim, o Bayer Leverkusen bateu o Frankfurt com gol do chileno Vidal cobrando pênalti no último minuto. Isso porque o time está sem Ballack, Helmes e Kiessling.

Não disse que o Schalke venceria sua primeira? Contra o Freiburg, fora de casa, mais sofrimento. Porém, com um final feliz. Rakitic fez para os Azuis-Reais e Cisse empatou para os anfitriões. No apagar das luzes, aos 42 minutos do segundo tempo, Huntelaar fez a alegria de Felix Magath. Ufa! Apesar da vitória, o time de Gelsenkirchen segue na lanterna pelos critérios de desempate, ao lado de Frankurt e Stuttgart, todos com apenas 3 pontos.

Na Nordbank Arena, outro grande jogo na rodada. Grafite desencantou e marcou duas vezes na vitória do Wolfsburg sobre o Hamburgo. Dzeko, sempre ele, marcou o outro dos Lobos. Vitória maiúscula da equipe verde e branca. Também, né, com um time recheado de bons jogadores, estava na hora de engrenar.

No outro jogo desta quarta-feira, o St. Pauli bateu o irregular Borussia M’gladbach fora de casa com um gol do veterano Asamoah.

Resultados da rodada

Mainz 2 x 0 Colônia (2×0) – Na mosca!
Hoffenheim 1 x 2 Bayern de Munique (1×2) – Na mosca!
Hannover 4 x 1 Werder Bremen (1×0) – Sabia que o Hannover venceria, mas não de tanto
Bayer Leverkusen 2 x 1 Frankfurt (1×0) – Acertei a vitória dos Leões
Borussia Dortmund 5 x 0 Kaiserslautern (4×2) – Cantei a goleada. Segurem eles…
Hamburgo 1 x 3 Wolfsburg (3×3) – Acertei só os gols dos Lobos. Show de Grafite
Borussia M’gladbach 1 x 2 St. Pauli (0x2) – Acertei a vitória e os gols dos Piratas
Freiburg 1 x 2 Schalke (1×2) – Na mosca!
Nuremberg 2 x 1 Stuttgart (1×1) – Quaaaase acertei. Se não fosse o gol no fim

Seleção da rodada

Neuer (Schalke), Höwedes (Schalke), Hummels (Borussia Dortmund), Pinola (Nuremberg) e Schulz (Hannover); Vidal (Bayer Leverkusen), Bruns (St. Pauli) e Holtby (Mainz); Grafite (Wolfsburg), Barrios (Borussia Dortmund) e Ya Konan (Hannover)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 16 de setembro de 2010 Liga Europa | 17:59

Alemães começam bem na Liga Europa

Compartilhe: Twitter


Patrick Helmes anota seu terceiro gol, o quarto do Bayer Leverkusen sobre o Rosenborg

Abrindo a fase de grupos da Liga Europa, o Bayer Leverkusen passeou em campo contra o Rosenborg, da Noruega, e derrotou o adversário por 4 a 0 na BayArena. O grande nome do jogo foi Patrick Helmes, que balançou as redes três vezes. O outro tento foi anotado por Reinartz – um golaço no ângulo.

Os Leões entaram em campo com uma equipe mista. Ballack foi desfalque por conta de lesão, assim como Rolfes, que ainda recupera a boa forma física, enquanto Kiessling, Vidal e Barnetta começaram a partida no banco de reservas. Os noruegueses pouco assustaram e tiveram duas chances logo no começo, quando Adler fez duas grandes defesas. Depois disso, só deu Leverkusen.

Mais tarde, o Stuttgart recebeu os suíços do Young Boys e venceu por 3 a 0 na Mercedes Benz Arena. Cacau jogou muito. O atacante brasileiro anotou o primeiro gol dos Schwaben cobrando pênalti e fez uma ótima jogada no segundo gol, anotado por Gentner. Nos acréscimos da partida, o zagueiro Tasci completou o placar.

O triunfo é o ânimo necessário que a equipe precisa para deixar a lanterna da Bundesliga. Em três jogos disputados até agora, o Stuttgart perdeu todos. E como é bom ver Cacau jogando bem. Por isso que sempre é lembradopor Joachim Löw para defender a seleção germânica.

O único alemão que jogou fora de casa nesta quinta foi o que passou mais sufoco. O Borussia Dortmund vencia o Karpaty, na Ucrânia, por 2 a 0, levou a virada no segundo tempo, mas foi buscar a vitória por 4 a 3 nos últimos minutos de jogo. Uma partida emocionante.

Sahin e Götze fizeram os gols dos amarelos, com Golodyuk descontando para os anfitriões ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Kopolovets e Kozhanov marcaram para os ucranianos, e o paraguaio Lucas Barrios, aos 43 minutos do segundo tempo, deixou tudo igual. Aos 47, o mesmo Barrios deu um lindo passe para Götze, que dominou no peito e tocou na saída do goleiro. A bola ainda beliscou a trave antes de morrer nas redes.

Que jogo, amigo!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última