Publicidade

Posts com a Tag Mainz 05

domingo, 26 de setembro de 2010 Bundesliga | 23:06

Os pitacos da 6ª rodada da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

Rapaz, e o Mainz? Quem esperava que após seis rodadas disputadas a equipe seria a líder da Bundesliga? E ainda com 100% de aproveitamento? E batendo o poderoso Bayern de Munique dentro da Allianz Arena?

Ninguém.

O maiúsculo triunfo deste sábado em Munique credencia o 05, sim, como candidato ao título. É claro que muitos fatores são importantes, como lesões, suspensões, negociações no meio da temporada… mas, se continuar nesse ritmo, as chances da primeira conquista da história do clube aumentam, por que não?

Contra o Bayern, o Mainz jogou de igual para igual dentro da casa do inimigo. E a vitória por 2 a 1 veio com dois golaços, um em cada tempo do jogo. Os Bávaros tiveram mais posse de bola e volume de jogo, mas não incomodaram o líder do Alemão. O Mainz, aliás, que tem um estilo de jogo bem agressivo, onde a marcação começa desde a pressão no campo de ataque. Dá gosto de assistir.

Logo na sequência vem o Borussia Dortmund, que mostra a cada rodada que o sonho do hepta é mais do que possível. Contra o St. Pauli, fora de casa, os Amarelos venceram mais uma e se consolidaram na vice-liderança. Shinji Kagawa, japonês bom de bola, e o jovem Grosskreutz foram acima da média.

Em 3º aparece o surpreendente Hannover. O time lutou para não ser rebaixado na última temporada, mas agora disputa as primeiras posições. O grande destaque da equipe no campeonato é o atacante Ya Konan, que jogou bem, mas não marcou na vitória sobre o Kaiserslautern, no campo do rival.

No superclássico do norte da Alemanha, disputado em Bremen, o Werder derrotou o Hamburgo por 3 a 2 com dois gols de Hugo Almeida, o segundo já aos 41 do segundo tempo, quando a partida estava empatada. O Hamburgo não vence há 4 jogos na Bundesliga. Sinal de alerta já ameaça acender.

Por falar em Hamburgo, a torcida dos Hanseáticos deu mais um vexame, a exemplo do que aconteceu contra o St. Pauli. Os torcedores que foram ao Weserstadion no sábado tiveram que esperar dentro do estádio por uns 25 minutos, tempo suficiente para a torcida do Werder deixar o local, um procedimento padrão na Alemanha. Mas os 4 mil fanáticos pelo Hamburgo ficaram impacientes e provocaram um tumulto generalizado. A polícia teve que intervir, mais uma vez.

Voltando ao futebol, o Bayer Leverkusen goleou o Stuttgart fora de casa e empurrou os Schwaben para a lanterna. Já o Schalke, que era o último colocado, deixou a incômoda posição, mas o resultado de 2 a 2 em casa contra o fraco Borussia M’gladbach foi péssimo. O atacante espanhol Raúl fez seu primeiro gol no Alemão.

E a campanha de recuperação do Wolfsburg? Depois de perder nas três primeiras rodadas, os Lobos venceram nas três seguintes e já aprecem bem classificados na tabela. A vítima da vez foi o Freiburg. Com dois gols de Grafite de cabeça – com direito a duas assistências de Diego -, a equipe verde triunfou na Volkswagen Arena. Olho neles.

Fechando a rodada, o Frankfurt superou o Nuremberg com boa atuação do meio-campista brasileiro Caio e com um gol do zagueiro Chris, também brasileiro. Para quem não lembra, esse Chris era um que jogava no Botafogo de Ribeirão Preto e no Coritiba.

Seleção da rodada

Wiese (Werder Bremen), Fuchs (Mainz), Pogatetz (Hannover), Hyypiä (Bayer Leverkusen) e Schmelzer (Borussia Dortmund); Vidal (Bayer Leverkusen), Diego (Wolfsburg) e Kagawa (Borussia Dortmund); Grafite (Wolfsburg), Hugo Almeida (Werder Bremen) e Grosskreutz (Borussia Dortmund)

Resultados da rodada

Colônia 1 x 1 Hoffenheim (2×1) – Podolski marcou no tropeço em casa
Bayern de Munique 1 x 2 Mainz (2×0) – Surpresa?
Schalke 2 x 2 Borussia M’gladbach (4×0) – Que fase dos Azuis-Reais
Stuttgart 1 x 4 Bayer Leverkusen (1×1) – Vitória surpreendente fora
Frankfurt 2 x 0 Nuremberg (1×0) – Quaaaase acertei
St. Pauli 1 x 3 Borussia Dortmund (2×2) – Segurem os Amarelos
Werder Bremen 3 x 2 Hamburgo (1×2) – Primeira vitória de Wesley
Wolfsburg 2 x 1 Freiburg (3×1) – Show de Grafite e Diego
Kaiserslautern 0 x 1 Hannover (1×1) – Mais uma ótima vitória fora

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 22 de setembro de 2010 Bundesliga | 17:39

Segurem o Mainz e o Dortmund

Compartilhe: Twitter


Aos 19 anos, Lewis Holtby é um dos destaques do líder Mainz na Bundesliga

31 gols em 9 partidas, uma média de quase 3,5 tentos por jogo. A 5ª rodada, a primeira disputada no meio de semana, foi recheada de bons jogos, estádios lotados e marcou as redenções de Wolfsburg, Schalke e Bayern. Além, claro, de confirmar as belas campanhas de Mainz e Borussia Dortmund. Vale lembrar que acertei o resultado em 7 dos 9 jogos nos palpites pré-rodada, sendo 3 em cheio. Polvo Paul em ação!

Mais uma bela atuação, mais uma vitória, 100% de aproveitamento e liderança mais do que garantida. O Mainz faz um começo de temporada espetacular na Bundesliga, simplesmente impecável, com cinco vitórias em cinco jogos. A vítima da vez foi o Colônia, que jogou fechadinho, a exemplo do que fez contra o Bayern no fim de semana passado, mas não conseguiu brecar o ímpeto dos donos da casa.

O ótimo meio-campista Lewis Holtby, que fez só 19 anos de idade na semana passada, entrou no segundo tempo para marcar os dois gols da vitória do líder 05. Como de costume, Podolski mal apareceu. Ou o Colônia arruma jogadores de nível para atuarem ao lado de Poldi, ou o atacante terá que procurar outro clube para conseguir fazer alguma coisa. Só joga bem na seleção.

Acredito que a alegria do Mainz acaba no próximo domingo. O time enfrenta ninguém menos que o Bayern de Munique, dentro da Allianz Arena. Os bávaros que visitaram o perigoso Hoffenheim e conseguiram uma vitória sofrida no fim do jogo. Ibisevic fez para o Hoffe a um minuto de partida, mas no segundo tempo só deu Bayern. Müller, aos 17, e Van Buyten, aos 46, viraram o marcador.

No lance do gol de Müller, Franck Ribéry machucou o tornozelo e teve que deixar o campo carregado. O francês apareceu de muletas nesta quarta-feira e desfalca a equipe de Munique por, pelo menos, um mês. Sem Robben e agora sem Ribéry, Louis van Gaal vai ter que se virar nos póximos jogos. E tem Liga dos Campeões pela frente…

Aliás, quero deixar um parágrafo aqui sobre Toni Kroos. Não está jogando nada. Não é nem sobra do Kroos que brilhou pelo Bayer Leverkusen na última temporada. O time fica lento com o meio-campista no jogo. Foi só ele sair no intervalo que o Bayern melhorou bastante contra o Hoffenheim. Se bem que ele deve continuar na equipe com esse monte de ausência.

Se o Mainz está voando, o Borussia Dortmund também. Com a goleada de 5 a 0 sobre o Kaiserslautern, a equipe amarela assumiu a vice-liderança do Alemão, três pontos atrás do 05. Lucas Barrios foi o grande nome da partida contra o FCK, anotando dois gols. Para variar, mais de 70 mil pessoas fizeram a festa no Westfalenstadion. Será que é a temporada do Dortmund?

E o Werder Bremen, hein? Caiu de quatro para o Hannover, na AWD Arena. Wesley foi titular e ainda não conseguiu vencer com a camisa dos Papagaios. O Stuttgart também foi derrotado longe da torcida. Cacau deixou sua marca, mas o Nuremberg fez aos 46 do segundo tempo com Pinola e conquistou o triunfo. Também com gol no fim, o Bayer Leverkusen bateu o Frankfurt com gol do chileno Vidal cobrando pênalti no último minuto. Isso porque o time está sem Ballack, Helmes e Kiessling.

Não disse que o Schalke venceria sua primeira? Contra o Freiburg, fora de casa, mais sofrimento. Porém, com um final feliz. Rakitic fez para os Azuis-Reais e Cisse empatou para os anfitriões. No apagar das luzes, aos 42 minutos do segundo tempo, Huntelaar fez a alegria de Felix Magath. Ufa! Apesar da vitória, o time de Gelsenkirchen segue na lanterna pelos critérios de desempate, ao lado de Frankurt e Stuttgart, todos com apenas 3 pontos.

Na Nordbank Arena, outro grande jogo na rodada. Grafite desencantou e marcou duas vezes na vitória do Wolfsburg sobre o Hamburgo. Dzeko, sempre ele, marcou o outro dos Lobos. Vitória maiúscula da equipe verde e branca. Também, né, com um time recheado de bons jogadores, estava na hora de engrenar.

No outro jogo desta quarta-feira, o St. Pauli bateu o irregular Borussia M’gladbach fora de casa com um gol do veterano Asamoah.

Resultados da rodada

Mainz 2 x 0 Colônia (2×0) – Na mosca!
Hoffenheim 1 x 2 Bayern de Munique (1×2) – Na mosca!
Hannover 4 x 1 Werder Bremen (1×0) – Sabia que o Hannover venceria, mas não de tanto
Bayer Leverkusen 2 x 1 Frankfurt (1×0) – Acertei a vitória dos Leões
Borussia Dortmund 5 x 0 Kaiserslautern (4×2) – Cantei a goleada. Segurem eles…
Hamburgo 1 x 3 Wolfsburg (3×3) – Acertei só os gols dos Lobos. Show de Grafite
Borussia M’gladbach 1 x 2 St. Pauli (0x2) – Acertei a vitória e os gols dos Piratas
Freiburg 1 x 2 Schalke (1×2) – Na mosca!
Nuremberg 2 x 1 Stuttgart (1×1) – Quaaaase acertei. Se não fosse o gol no fim

Seleção da rodada

Neuer (Schalke), Höwedes (Schalke), Hummels (Borussia Dortmund), Pinola (Nuremberg) e Schulz (Hannover); Vidal (Bayer Leverkusen), Bruns (St. Pauli) e Holtby (Mainz); Grafite (Wolfsburg), Barrios (Borussia Dortmund) e Ya Konan (Hannover)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 20 de setembro de 2010 Bundesliga | 10:35

Panorama da 4ª rodada da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

Sem dúvida, o grande protagonista do fim de semana na Alemanha foi o meio-campista japonês Shinji Kagawa. O cara chegou agora ao Borussia Dortmund e infernizou no maior dérbi do país marcando dois gols contra o Schalke, dentro da Veltins Arena. Para falar a verdade, toda equipe fez uma grande partida. Ou será que os Azuis-Reais é que fizeram um péssimo jogo? O importante é que os Amarelos enfiaram 3 a 1 no clássico do Vale do Ruhr – Huntelaar marcou para os donos da casa – e só não fizeram mais porque o goleiro Neuer não deixou. Era pra ser uns 6 ou 7.

A coisa está complicada para Felix Magath. A diretoria do Schalke precisa se mexer logo e decidir o que vai fazer no elenco. A melhor saída agora é trocar o comando. Está muito claro que os jogadores não estão gostando do estilo de Magath e o estão boicotando. Quem sofre são os torcedores, que assistem a vexames como esse e amargam a lanterna da Bundesliga, sem nenhum ponto.

E o Bayer Leverkusen? Empate sem brilho com o Nuremberg dentro de casa e duas péssimas notícias. Logo aos 12 minutos de jogo, o atacante Stefan Kiessling fraturou o tornozelo e terá que ficar 8 semanas sem jogar. No começo do segundo tempo, Patrick Helmes sentiu dores na virilha, teve que sair e não joga o próximo jogo. Sem contar que Ballack já está fora. A bruxa está solta pelos lados dos Leões, pelo amor!

Sinal de alerta também ligado para Bayern de Munique e Werder Bremen. Os Bávaros não conseguiram furar a sólida defesa do Colônia, que contou com uma atuação impecável do brasileiro Pedro Geromel, e só não perderam em casa porque Butt fez duas lindas defesas no segundo tempo. Já os Papagaios foram derrotados no Weserstadion para o Mainz, líder e único 100% no torneio. Holtby não fez gol, mas jogou demais. Vale lembrar que o meio-campista pertence ao Schalke e está emprestado ao 05.

Quem também precisava dar as caras na competição era o Stuttgart. E não deixou dúvidas contra o Borussia M’gladbach, aplicando a maior goleada da temporada. Indiscutíveis 7 a 0, com três gols do russo Pogrebnyak. Cacau até que fez um bom jogo, mas não balançou as redes. E o M’gladbach, hein?! É só entrar em campo que é certeza de jogo recheado de gols, seja a favor ou contra…

No outro clássico da rodada, St. Pauli e Hamburgo empataram em 1 a 1. O jogo foi bem disputado, bastante nervoso em campo. O clima quente dentro das quatro linhas acirrou os ânimos dos torcedores dos dois times nas arquibancadas, e o bicho pegou pelas ruas da cidade. É difícil vermos cenas de vandalismo no futebol alemão, mas o dérbi de Hamburgo é tradicionalmente muito tenso. A polícia teve que intervir e acabar com a confusão.

Nos outros jogos, o Wolfsburg conseguiu sua primeira vitória no torneio sobre o Hannover. Diego, que pedalou uma linda bicicleta para marcar e teve uma ótima atuação, e Dzeko anotaram os gols. Kaiserslautern e Hoffenheim fizeram um jogo emocionante e empataram em dois gols, mantendo a ótima campanha das equipes até agora.

Neste meio de semana tem a 5ª rodada da Bundesliga, com jogos na terça e na quarta. A cobertura aqui, claro…

Seleção da rodada

Baumann (Freiburg), Brecko (Colônia), Pedro Germomel (Colônia), Subotic (Borussia Dortmund), Schmelzer (Borussia Dortmund); Bender (Borussia Dortmund), Holtby (Mainz), Diego (Wolfsburg) e Kagawa (Borussia Dortmund); Pogrebnyak (Stuttgart) e Hoffer (Kaiserslautern)

Resultados da 4ª rodada

Frankfurt 0 x 1 Freiburg (1×0)Inverti o placar, mas tá valendo
Bayern de Munique 0 x 0 Colônia (3×0)Segundo jogo seguido sem marcar do Bávaros
Werder Bremen 0 x 2 Mainz (2×1)Isso é zebra
Stuttgart 7 x 0 Borussia M’gladbach (2×0)Não esperava tanto…
Wolfsburg 2 x 0 Hannover (4×1)Lobos fizeram o suficiente para vencer a primeira
Kaiserslautern 2 x 2 Hoffenheim (1×1)Empate que ficou bom para os dois
St. Pauli 1 x 1 Hamburgo (1×1)Na mosca!
Schalke 1 x 3 Borussia Dortmund (3×2)Clássico é clássico e vice-versa
Bayer Leverkusen 0 x 0 Nuremberg (2×0)Bruxa solta na BayArena

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 13 de setembro de 2010 Bundesliga | 00:23

Bundesliga de cabeça para baixo, e o azar de Ballack

Compartilhe: Twitter

Quando olhamos para os líderes da tabela do Campeonato Alemão procurando por Schalke, Stuttgart, Bayern de Munique ou Wolfsburg, encontramos Mainz, Hoffenheim, Hannover… esse começo de temporada mostra que a Bundesliga promete ser mais equilibrada do que nunca. Tudo bem que é normal os grandes times começarem meio oscilantes. Quem não se lembra do início ruim do Bayern de Munique no torneio passado, que culminou no título para a equipe bávara?

O fato é que Hoffe e Mainz lideram o campeonato atual, ambos com 100% de aproveitamento. Na abertura da rodada, na sexta-feira, o time azul recebeu o Schalke e enfiou indiscutíveis 2 a 0. E foi pouco, já que Neuer salvou os Azuis-Reais de levarem um goleada histórica. A equipe do goleiro da seleção alemã ainda não pontuou no torneio. Que fase hein, Magath?!

Já o Mainz, que também jogou em casa, perdia por 1 a 0 para o Kaiserslautern e conseguiu uma virada incrível em apenas dois minutos. Bungert fez o gol do empate aos 26 do segundo tempo, com Schürrle marcando o gol da vitória aos 28. A torcida que lotou o Stadion am Bruchweg foi à loucura, fazendo uma festa muito bonita.

Apesar da derrota, bela campanha do FCK, relembrando os tempos de glória do clube. Só não gostei muito do estilo de jogo da equipe neste domingo. É um time bem forte fisicamente, mas que bate muito, faltoso demais. A defesa inteira levou cartão amarelo diante do Mainz.

Outro que ocupa a parte de cima da tabela é o Hannover. Os Vermelhos poderiam ter conseguido a vitória em casa contra o Bayer Leverkusen, mas sofreram o gol de empate no último minuto. Helmes evitou a derrota dos Leões, que perdiam por 2 a 0 mas conseguiram buscar a igualdade.

A nota triste da partida foi mais uma grave lesão de Michael Ballack, que fraturou a tíbia (um osso na perna) aos 30 minutos de jogo e terá que ficar afastado dos gramados por aproximadamente um mês e meio. A foto aí do lado é dele saindo do hospital de muletas. Xô, uruca! Desse jeito nem vai precisar brigar para ter de volta a braçadeira de capitão da seleção…

Além do Hannover, o Hamburgo também vacilou e perdeu a chance de ficar com 9 pontos. Diante da sua torcida, os Hanseáticos saíram na frente do fraco Nuremberg, mas cederam o empate no fim.

O Freiburg confirmou o bom começo de Bundesliga com uma vitória sobre o Stuttgart, que é o lanterninha. A coisa tá feita para os Schwaben, assim como para o Wolfsburg, que perdeu a terceira em três jogos disputados. Com Diego jogando os 90 minutos, os Lobos visitaram o Borussia Dortmund e perderam por 2 a 0. Destaque para a bela atuação do japonês Kagawa, autor de um dos gols do time amarelo. Só pra variar, o Westfalenstation estava transbordando com 80 mil fanáticos torcedores.

Em uma partida que se esperava muito, nada de emoções e o primeiro 0 a 0 do campeonato. Com o empate, Bayern de Munique e Werder Bremen estão em 11º e 10º, respectivamente. Muito pouco. Nessa metade de baixo da tabela também estão Colônia e St. Pauli, que duelaram fechando a rodada. Podolski não marcou, mas os Bodes venceram os Piratas e marcaram seus primeiros pontos.

Por fim, o inexplicável Borussia M’gladbach, que é capaz de enfiar meia-dúzia de gols no Bayer Leverkusen fora de casa, e cair de quatro diante da sua torcida para o Frankfurt, como aconteceu no sábado. Alguém explica esse time? Vai entender.

Seleção da rodada

Baumann (Freiburg), Beck (Hoffenheim), Jung (Frankfurt), Vorsah (Hoffenheim) e Schmelzer (Borussia Dortmund); Meier (Frankfurt), Sahin (Borussia Dortmund) e Salihovic (Hoffenheim); Ya Konan (Hannover), Schürrle (Mainz) e Gekas (Frankfurt).

Resultados

Hoffenheim 2 x 0 Schalke (3×2) Boicote a Felix Magath? Xiiii
Borussia Dortmund 2 x 0 Wolfsburg (1×2)Nem Diego salva os Lobos
Hamburgo 1 x 1 Nuremberg (2×0) Vacilo em casa. Era a chance de também ficar 100%
Borussia M’gladbach 0 x 4 Frankfurt (3×1)O que acontece com o Borussia?
Freiburg 2 x 1 Stuttgart (1×1) Time de Cacau é o lanterna
Hannover 2 x 2 Bayer Leverkusen (0x2)Ballack e sua recente sina de lesões…
Bayern de Munique 0 x 0 Werder Bremen (4×2)Os times deixaram a desejar
Mainz 2 x 1 Kaiserslautern (1×1)Virada sensacional da sensação da temporada
Colônia 1 x 0 St. Pauli (1×1) – Primeira vitória dos Bodes

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 23 de julho de 2010 Bundesliga, Fora dos campos | 08:58

Camisas da temporada 2010/2011 (parte 2)

Compartilhe: Twitter

Vamos à segunda leva de camisas dos times da primeira divisão da Bundesliga. Nessa parte, com outras nove equipes, gostei bastante da segunda camisa do Wolfsburg (a primeira parece de treino) e a segunda do St. Pauli. O uniforme número um do Mainz, apesar de ser simples, é bem bonito.

E você? Gostou de qual?

Para ver camisas do post anterior – Bayer Leverkusen, Bayern de Munique, Borussia Dortmund, Borussia Mönchengladbach, Colônia, Frankfurt, Freiburg, Hamburgo e Hannover -, clique aqui e acesse a parte 1.

Off-topic
Mais uma dica pra quem gosta de cinema, assim como eu. O filme “Predadores” estreia nesta sexta-feira, e o meu amigo Lucas Nascimento fez um especial muito legal sobre o longa. Pra acessar, é só clicar aqui

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 3 de janeiro de 2010 Jogadores brasileiros, Mercado | 10:15

Sabe quem é Edu, novo reforço do Schalke?

Compartilhe: Twitter

Eduardo Gonçalves de Oliveira, o EduO Schalke 04 anunciou no começo de 2010 a contratação de mais um brasileiro para seu elenco, que já conta com Rafinha (LD), Kuranyi (A), Bordon (Z), Mineiro (V) e, possivelmente, Zé Roberto (M), que retorna do Flamengo. Desconhecido por aqui, mas com uma boa fama em terras germânicas, Eduardo Gonçalves de Oliveira – ou somente Edu – já tem experiência na Bundesliga, tendo defendido o Bochum e o Mainz entre os anos de 2003 e 2007.

Antes de retornar ao futebol alemão, Edu teve uma passagem de sucesso pela Coréia do Sul, anotando 26 gols em 73 jogos pelo Suwon Samsung Bluewings.

Nascido em 30 de novembro de 1981 na capital paulista, o jogador de 28 anos jogou nas categorias de base de São Paulo e Santos, antes de se tornar profissional pelo time da Vila Belmiro em 2000. No ano seguinte defendeu o Guarani, e depois ainda atuou por Náutico e CRAC-GO, antes de se transferir para o Bochum em sua primeira aventura no exterior.

Curiosamente, Edu começou a carreira jogando como zagueiro, sua posição até atuar no CRAC, de Goiás. Quando se transferiu para o Bochum, virou atacante.

Na equipe alemã, Edu jogou 63 partidas entre 2004 e 2006, marcando 16 gols. Já no Mainz, fez apenas um gol em 14 partidas disputadas no ano de 2006. No começo de 2007, se transferiu para a Ásia, retornando agora no início de 2010 à Alemanha.

Se quiser saber mais sobre o brasileiro, o site oficial dele é bem banaca e tem várias informações e  curiosidades sobre o atacante. Só a seção de fotos que é meio brega. O endereço é www.edugoncalves.de.

Ficha técnica
Nome completo
: Eduardo Gonçalves de Oliveira
Nascimento: São Paulo-SP
Data: 30 de novembro de 1981
Altura: 1,85 m
Peso: 80 kg
: Canhoto
Posição: Atacante
Clubes: Santos, São Paulo, Guarani, CRAC-GO, Bochum, Mainz e Suwon Blue Wings

> Clique aqui e acompanhe o mercado da bola na Alemanha, atualizado diariamente com as principais contratações e perdas dos clubes da primeira divisão da Bundesliga

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 Bundesliga, Fora dos campos | 10:19

O inferno astral de Jens Lehmann

Compartilhe: Twitter

Jens LehmannDesde a Eurocopa de 2008, quando foi titular da Alemanha e teve atuações muito contestadas – apesar do vice-campeonato -, o goleirão Jens Lehmann não se encontra em campo. E fora dele também. Seu temperamento, suas declarações e, principalmente, seu comportamento fazem com que ele, muitas vezes, vire motivo de chacota entre torcedores e imprensa.

> O mesmo assunto aqui na coluna da Trivela

Só nessa temporada, o jogador do Stuttgart já proporcionou quatro episódios polêmicos. Na derrota para o Hannover, por exemplo, Lehmann foi tentar fazer uma reposição com rapidez, mas levou um drible do gandula, que tirou um sarro danado do veterano e jogou a bola por cima dele. O vídeo virou febre na Alemanha e passou durante toda semana nos programas esportivos.

Com a má fase vivida pela equipe dentro da Bundesliga, a comissão técnica resolveu cortar algumas regalias do arqueiro de 40 anos. Lehmann tinha o direito de folgar no dia seguinte aos jogos por conta de sua idade, mas Markus Babbel, treinador na ocasião, preferiu retirar esse beneficio.

Babbel, depois, foi demitido. Não por “punir” o goleiro, mas sim por não conseguir fazer o time jogar bem.

Lehmann então passou a criticar a diretoria do Stuttgart. Após a vitória por 3 a 1 sobre o Unirea, pela Liga dos Campeões, o goleiro disse que os dirigentes decidiram demitir o Babbel para atender a pressão de jovens torcedores. Pelas fortes declarações, Lehmann foi multado.

Nesse jogo contra a equipe romena, inclusive, o goleiro proporcionou um episódio bem curioso, para não falar patético. Quando o Unirea tinha a posse de bola, Lehmann não hesitou em pular a placa de publicidade atrás de seu gol para “tirar água do joelho”. Sim, ali, no meio do jogo, ele resolveu fazer xixi. Tá bom, devia estar super apertado. Veja o vídeo aqui.

Jens Lehmann é expulso contra o MainzA mais recente presepada do goleiro aconteceu na 16ª rodada do Alemão, contra o Mainz. O Stuttgart vencia a partida por 1 a 0, quando no final do jogo, Lehmann pisou de propósito no atacante Aristide Bancé dentro da área, cometeu o pênalti escandaloso e acabou sendo expulso. A cobrança foi convertida e o placar terminou em 1 a 1, prejudicando demais os Schwaben, que brigam para não cair para segunda divisão.

Pelo episódio, a Federação Alemã puniu Lehmann com três jogos de suspensão. A entidade considerou que o goleiro cometeu ato desleal ao fazer a falta e “se vingou de uma entrada recebida do mesmo atleta poucos minutos antes”, o que caracteriza atitude antidesportiva.

Há quem diga que o Stuttgart pensa até em demití-lo.

Até Oliver Kahn, lendário goleiro do Bayern de Munique e da seleção, hoje aposentado, aconselhou Lehmann a também pendurar as chuteiras. “Talvez fosse melhor ele pensar na retirada. Quem sabe aonde isso vai levar. Jens é um bom goleiro, mas o que pensarão agora os responsáveis pelo clube? Ele não está ajudando na situação, e os diretores do Stuttgart devem pensar se ele beneficiará o time ou se vai prejudicá-lo ainda mais”.

Vídeo com alguns lances do “maluco” Lehmann

É a hora de Lehmann parar? Lembra de mais algum episódio polêmico em que o goleiro se envolveu? Comente aí embaixo!

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

terça-feira, 6 de outubro de 2009 Bundesliga, Off-topic | 16:13

Nos passos do Brasil…

Compartilhe: Twitter
Lucien Favre, ex-Hertha

Lucien Favre, ex-Hertha

O blog Futebol em Números, do meu amigo Rodolfo Rodrigues, mostrou em seu último post que 22 técnicos já caíram nesta edição do Campeonato Brasileiro. Na Europa, a quantidade de treinadores que são demitidos é bem menor, mas a Alemanha já lidera essa estatística no ranking do velho Mundo, ao lado de Portugal.

Em oito rodadas já disputadas, quatro clubes já mudaram de comandante: Mainz 05, Bochum, Hannover e Hertha Berlim. Tudo bem que o Mainz mandou embora Joen Andersen antes mesmo da primeira rodada da Bundesliga, mas o treinador fez toda pré-temporada com a equipe e, inclusive, estava à frente do time no primeiro jogo da Copa da Alemanha – eliminação para o inexpressivo Lubeck, que joga nas ligas amadoras do país.

Entretanto, a mudança deu certo, já que o Mainz faz uma boa campanha no Alemão. O Hannover também mostra sinais de recuperação depois que se livrou de Dieter Hecking, mas Bochum, que mandou embora Marcel Koller, e Hertha, que demitiu Lucien Favre, seguem péssimos. Principalmente o time da capital, que é o lanterna e aparece como sério candidato ao descenso.

Mudanças de treinador nas principais ligas europeias, temporada 2009/10

Bélgica: uma (Germinal)
Espanha: nenhuma
França: nenhuma
Grécia: três (Olympiakos, Panthrakikos, Xanthi)
Holanda: uma (Heerenveen)
Inglaterra: nenhuma
Itália: três (Atalanta, Roma e Napoli)
Portugal: quatro (Naval, Vitória Setúbal, Marítimo e Académica)
Turquia: duas (Denizlispor, Kasimpasa)

*****

Off-topic
Fugindo mais uma vez do assunto futebol e falando de cinema, outra dica de leitura bacana. Se você gosta de Quentin Tarantino, diretor de Pulp Fiction (ótimo, por sinal), Kill Bill e Sin City, não perca esse especial no blog Lucas Filmes. Clique aqui

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 25 de agosto de 2009 Bundesliga, Fora dos campos, Vídeos | 11:20

Briga, reclamação e um vídeo bacana

Compartilhe: Twitter

Depois da derrota por 4 a 2 em casa para o Hamburgo, o clima esquentou lá no Wolfsburg. O atacante bósnio Dzeko e o meia argelino Ziani trocaram socos no treino desta terça-feira. Veja nas fotos abaixo. Engraçado que o técnico Armin Veh só observou com as mãos na cintura. Para ampliar, é só clicar.

Lembrando que na campanha da temporada passada, quando os lobos sagraram-se campeões, um episódio parecido aconteceu também num treinamento. Na ocasião, o brasileiro Rodrigo Alvim e o bósnio Misimovic chegaram às vias de fato. Reveja as fotos clicando aqui. Na época deu certo…

Barra divisória

Rafael Van der VaartAinda repercutindo a campanha pífia do Bayern de Munique neste começo de Bundesliga, alguns torcedores criaram fóruns na internet para pressionar a diretoria do clube bávaro. A principal reivindicação é pela contratação do meia-atacante holandês Rafael van der Vaart (foto), encostado no Real Madrid. O atacante Wesley Sneijder, também holandês e também no clube espanhol, é outro nome citado como preferido da torcida.

Mas será que não enxergam que o Bayern não precisa de gente que joga na frente? Já tem lá Luca Toni, Klose, Olic e Mario Gomez, que seriam titulares em qualquer clube europeu… além de Ribéry e Schweinsteiger vindo de trás… o time precisa mesmo é de defensores… de um lateral-direito bom, dois volantes e dois zagueiros. Só assim vai pra frente.

Barra divisória

Por falar em Bayern, um dos grandes responsáveis pela má fase do clube de Munique é o goleiro Heinz Muller, do Mainz 05. O arqueiro brilhou no último final de semana e garantiu a vitória do pequeno sobre o gigante. Na Alemanha, o jogador de 31 anos defendeu apenas equipes menores, como Hannover, Arminia Bielefeld e St. Pauli. E na sua passagem pelo futebol norueguês, no Lillestrom, ele era submetido a um treinamento bem diferente, que talvez explique sua ótima forma.

Veja no vídeo abaixo

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 24 de agosto de 2009 Bundesliga | 08:56

O que é isso, Bayern?

Compartilhe: Twitter

É… a coisa tá feia lá pelos lados de Munique… o Bayern bateu uma marca história e igualou seu pior início de Bundesliga nos últimos 43 anos. No ano de 1966, os bávaros também começaram o campeonato com dois empates e uma derrota, mas, na ocasião, conseguiram vencer na quarta rodada. Veremos se nesta temporada a equipe bate mais um recorde negativo. Motivos para se preocupar eles têm, já que o próximo adversário é o atual campeão Wolfsburg.

É, Schweinsteiger... fazer o quê?

No sábado, o time visitou o Mainz e foi derrotado por 2 a 1. E três coisas puderam ser observadas nesta partida. Primeiro que o goleiro Rensing é fraco mesmo, e o Bayern precisa urgentemente contratar outro jogador para posição. A janela de transferências ainda fica aberta por mais uma semana… o reserva Butt também não serve para ser titular.

Segundo: Olic vem mostrando que merece ser titular. É o que mais cria e quem mais leva perigo ao gol adversário. Lembrando que Ribéry não jogou. E, por último, a defesa é uma peneira. Badstuber é jovem demais, inseguro. Van Buyten está pesado. E aquele holandês Braafheid é limitadíssimo, sem condições para ser titular. Volta Lúcio!

Se é que serve de alento para o Bayern, o Wolfsburg, próximo rival no final de semana que vem, foi goleado em casa pelo Hamburgo e viu sua invencibilidade de 22 partidas cair. Eram 20 jogos sem perder na temporada passada e dois na atual. Aliás, jogão esse entre Bayern e Wolfsburg no Allianz Arena. Sábado, 13h30. Começo a ver a batata de Louis van Gaal assando, saindo fumaça!

O Hamburgo começa a voar no torneio. Quem esperava uma vitória assim dentro da Volkswagen Arena?! E os 4 a 2 ficaram barato, porque era pra ser mais. O goleiro Benaglio garantiu que o vexame dos lobos fosse menor diante de sua torcida. E o Zé Roberto comendo a bola na nova função, um pouco mais adiantado. Eu sei que está no começo, foram só três jogos, mas o time está ajustado, com uma mescla interessante de expeciência e juventude.

Renato Augusto e Tranquillo Barnetta

Juntamente com o Hamburgo na liderança, estão Schalke e Bayer Leverkusen, todos com sete pontos – duas vitórias e um empate. Este último leva vantagem no saldo de gols e encabeça a Bundesliga. Veja abaixo os resultados e a comparação com meus palpites. Piorei. (Em vermelho, nos parênteses, o meu placar)

Hoffenheim 0 x 0 Schalke (2 x 1) – Nenhum golzinho?! Pelo amor…
Borussia Dortmund 1 x 1 Stuttgart (1 x 1) – Na mosca!
Colônia 0 x 0 Frankfurt (3 x 1) – Nem com um jogador a mais, Colônia?
Freiburg 0 x 5 Bayer Leverkusen (2 x 2) – De cinco eu não imaginava
Mainz 2 x 1 Bayern de Munique  (1 x 3) – Não dá mais para apostar nos bávaros
Nuremberg 0 x 2 Hannover (0 x 0) – Aqui tudo era possível
Bochum 1 x 0 Hertha Berlim  (2 x 0) – Faltou só um do Bochum, quase!
Wolfsburg 2 x 4 Hamburgo (2 x 2) – Errei, mas pintou campeão
Werder Bremen 3 x 0 Borussia M’Gladbach (4 x 3) – Werder sempre toma gols, mas foi bem

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última