Publicidade

Posts com a Tag Marco Reus

terça-feira, 19 de novembro de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 19:17

Alemanha arma ‘muro de Berlim’ em Wembley e bate Inglaterra

Compartilhe: Twitter
Capitão Mertesacker marcou o gol da vitória alemã

Capitão Mertesacker marcou o gol da vitória alemã

Um paredão alemão em Wembley. A Inglaterra poderia jogar mais 5 horas que não ia conseguir passar pela defesa germânica no amistoso desta sexta-feira. Excelente atuação dos zagueiros Mertesacker, Boateng, Hummels e Höwedes, que tiraram todas as bolas ali de trás, tanto por cima quanto por baixo. Mertesacker, aliás, ainda foi para o ataque e marcou o único gol da vitória da Nationalelf por 1 a 0, dentro de Londres.

► Confira a agenda completa e outras informações sobre a seleção da Alemanha

Os jogos contra Itália e Inglaterra foram um alento e mostraram que o sistema defensivo vai se ajustando aos poucos, chegando perto do ideal. Se arrumar a cozinha, a Alemanha é favoritíssima para vencer a Copa, já que o poderio ofensivo dispensa comentários, só jogador de alto nível.

Diante de um time alemão desfigurado e cheio de reservas, a Inglaterra, com seus titulares, tomou conta do primeiro tempo. A superioridade e o maior volume de jogo, entretanto, não foram transformados em chances de gol, tanto que Weidenfeller, estreante do dia, praticamente não foi testado nos primeiros 45 minutos e não fez uma defesa difícil sequer.

Aos 39 minutos, a Alemanha apareceu pela primeira vez no ataque. E foi fatal. Kroos cobrou o escanteio, Mertesacker cabeceou firme e Hart fez a defesa. Kruse pegou o rebote e o goleiro inglês fez outra intervenção, espalmando para fora. No novo tiro de canto, outra cobrança de Kroos, mais uma cabeçada do zagueirão do Arsenal, mas dessa vez a bola entrou.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na etapa final, Hummels entrou na vaga de Boateng e manteve o bom desempenho no miolo de zaga, ganhando todas as jogadas. O defensor, porém, se machucou e deu lugar a Höwedes. Resta saber se Hummels terá condições de jogar o clássico de sábado pela Bundesliga, quando o Borussia Dortmund recebe o Bayern de Munique. Só isso.

Rooney pouco fez contra o paredão germânico

Rooney pouco fez contra o paredão germânico

Com uma postura bastante diferente, a Alemanha passou a atacar mais e assustar a Inglaterra, principalmente nos contra-ataques. Sumidos no primeiro tempo, Reus e Götze melhoraram demais e quase deixaram suas marcas, parando nas mãos do goleiro rival. No meio defensivo, os irmãos Bender atuaram os 90 minutos e conseguiram substituir à altura a dupla titular Schweinsteiger-Khedira. Claro que sem a mesma qualidade, mas mostraram segurança.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Assim como na primeira etapa, Weidenfeller não fez defesas na segunda, apesar de ter levado uma bola na trave. Pelas laterais, Schmelzer e Westermann completaram a boa atuação defensiva da equipe.

E, justiça seja feita, Jansen fez um ótimo jogo contra os italianos, na semana passada, e entrou melhor ainda na etapa complementar diante dos ingleses. Arrisco dizer que o ala do Hamburgo carimbou seu passaporte para o Mundial. Se bobear, ganha até a vaga de titular. Vive uma excelente fase com a camisa tricampeã, surpreendentemente. Depois da Copa de 2010, não apostava em Jansen defendendo a seleção no Brasil.

Alemanha agora só em 2014. A equipe tem um amistoso agendado contra o Chile, no dia 5 de março, na cidade de Stuttgart. Semanas antes do Mundial, o time ainda deverá fazer outros amistosos e jogos-treino, inclusive em solo brasileiro.

Notas dos jogadores:

Weidenfeller 6,5, Westermann 6,5 (Draxler Sem nota), Boateng 8,5 (Hummels 8,5, depois Höwedes 8,0), Mertesacker 9,5 e Schmelzer 7,0 (Jansen 8,5); Lars Bender 7,0, Sven Bender 7,0, Kroos 6,5, Götze 7,5 e Reus 7,0 (Schürrle 6,5); Kruse 5,5 (Sidney Sam 7,5)

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 15 de novembro de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 19:13

E segue o tabu contra a Itália…

Compartilhe: Twitter
Hummels fez o gol da Alemanha e teve boa atuação contra a Itália

Hummels fez o gol da Alemanha e teve boa atuação no amistoso contra a Itália

Estreando o seu novo uniforme para Copa do Mundo de 2014, a Alemanha visitou a Itália em Milão e só empatou: 1 a 1. Já são 18 anos sem vencer os italianos, seja em amistosos ou em jogos oficiais – neste período, contando com o duelo desta sexta-feira, foram sete jogos disputados. A última vitória alemã aconteceu no longínquo mês de junho de 1995.

► Confira a agenda completa e outras informações sobre a seleção da Alemanha

Com um monte de desfalques, Joachim Löw escalou um time todo torto, todo improvisado. Não gostei. Höwedes jogou de lateral direito, Lahm foi deslocado para o meio e Götze fez a função de centroavante, revezando algumas vezes com Müller. Gripado, Özil começou no banco de reservas, com Schürrle iniciando a partida. Marco Reus também foi suplente, entrando no 2º tempo. Essa, sinceramente, eu não entendi.

O treinador também foi mal nas alterações no segundo tempo. Os irmãos Lars e Sven Bender entraram nas vagas de Khedira e Müller, deixando o meio de campo congestionado. Daria para colocar Kruse no comando de ataque, ou até mesmo testar Draxler ou Sidney Sam, soltando o time. Mas enfim.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na etapa inicial, os donos da casa mal assustaram os visitantes. Só no primeiro lance da partida, num chute de Balotelli, e no gol anotado por Abate, após receber pelo passe de letra de Bonucci, aos 28 minutos. De resto, só deu Alemanha. O time germânico abriu o placar com Hummels, aos oito, aproveitando escanteio cobrado por Kroos, e ainda acertou duas bolas na trave, com Khedira e Schürrle.

Thiago Motta acertou um tapa no rosto de Kroos, mas só levou o cartão amarelo

Thiago Motta acertou um tapa no rosto de Kroos, mas só levou o cartão amarelo

O segundo tempo foi um pouco mais equilibrado. Jogando diante da torcida, os italianos tiveram mais presença de ataque e deram trabalho para o sistema defensivo, que, por sinal, se mostrou bastante seguro com Hummels e Boateng no miolo de zaga. Neuer fez apenas uma defesa importante.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Pela lateral direita, Höwedes fez uma boa partida defensiva, mas foi horroroso no apoio ao ataque. Mesmo assim, aos 47 minutos, o jogador do Schalke quase balançou as redes, mas o chute de esquerda da entrada da área acertou a trave. No rebote, Reus tinha tudo para recolocar a Alemanha na frente do placar, mas Sven Bender atrapalhou a finalização do meia e tirou o gol alemão.

Lahm, atuando de volante, fez o básico. Prefiro ele na lateral, rende muito mais. Khedira e Jansen ajudaram bem no ataque e foram eficientes na marcação, diferente de Kroos, que teve uma atuação bem abaixo da média. Já Müller e Schürrle, apagados, não ajudaram na criação das jogadas, assim como Götze, perdido quando fazia a função de centroavante. Reus e Özil entraram e deram mais qualidade no passe.

O próximo jogo da Alemanha, o último do ano, será na terça-feira que vem, dia 19 de novembro, diante da Inglaterra. A partida será em Londres.

Atuações dos jogadores

Neuer 6,5, Höwedes 5,0, Boateng 7,5 , Hummels 8,0 e Jansen 7,0; Lahm 6,0, Khedira 7,0 (Sven Bender 5,0), Kroos 5,5, Schürrle 6,5 (Özil 6,5) e Müller 6,0 (Lars Bender 5,5); Götze 5,5 (Reus 6,5)

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 11 de novembro de 2013 Bundesliga, Vídeos | 12:17

Rodada de clássicos e golaços

Compartilhe: Twitter

Antes de falar sobre a rodada da Bundesliga, queria compartilhar um vídeo bem legal com vocês leitores. Pela 4ª divisão do futebol alemão, a torcida do Magdeburg fez uma festa absurda antes do jogo diante do Babelsberg, na casa do adversário. O duelo pela 13ª rodada da Regionalliga Nordost terminou em 2 a 2, e o Magdeburg permaneceu na 5ª colocação. Os anfitriões caíram para 7º.

Confira o vídeo:

Agora sim, a elite alemã. No clássico da Baixa Saxônia que abriu a rodada, na sexta-feira, Hannover e Braunschweig fizeram um jogo bastante tenso e nervoso, mas o placar não saiu do zero. Foi o segundo empate sem gols da temporada.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Já no dérbi da Baviera, o Bayern de Munique superou o Augsburg por 3 a 0 e disparou na liderança isolada. Isso porque o vice-líder Borussia Dortmund visitou o Wolfsburg e perdeu de virada, ficando a quatro pontos do rival. Aliás, os dois jogos foram recheados de golaços. Ribéry e Reus fizeram pinturas cobrando falta, enquanto Olic virou para os Lobos num lindo tento de fora da área.

Esses gols entraram no top 5 dos mais belos da rodada. Assista abaixo:

O melhor jogo do fim de semana aconteceu na BayArena, onde o Bayer Leverkusen venceu o Hamburgo por 5 a 3 em um duelo cheio de alternativas. Com dois gols do sul-coreano Son, os anfitriões abriram 2 a 0, mas os visitantes buscaram o empate com Beister e Lasogga. Son voltou a recolocar os Leões na frente, e Kiessling ampliou. Lasogga ainda diminuiu para o HSV, com Gonzalo Castro decretando o marcador a favor dos donos da casa.

Jogaço!

Kevin-Prince BoatengJá em Freiburg, no clássico da Floresta Negra, o time da casa perdeu do Stuttgart por 3 a 1 e segue lá embaixo na tabela, em 16º. Os Schwaben, por sua vez, subiram para oitavo. Também no domingo, Mainz e Eintracht Frankfurt disputaram o Rhein-Main derby, e o 05 triunfou em casa por 1 a 0, gol de Choupo-Moting aos 43 minutos do segundo tempo.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Nas outras partidas, Schalke, Borussia M’gladbach e Hertha Berlim venceram Werder Bremen, Nuremberg e Hoffenheim, respectivamente, e continuam bem na classificação. Adrian Ramos, do Hertha, e Kevin Prince Boateng, do Schalke, marcaram duas vezes cada um.

Confira os resultados da 12ª rodada:

Sexta, 8 de novembro
Hannover 0 x 0 Eintracht Braunschweig

Sábado, 9 de novembro
Bayern de Munique 3 x 0 Augsburg 
Schalke 3 x 1 Werder Bremen
Bayer Leverkusen 5 x 3 Hamburgo
Wolfsburg 2 x 1 Borussia Dortmund
Hoffenheim 2 x 3 Hertha Berlim
Borussia M’gladbach 3 x 1 Nuremberg

Domingo, 10 de novembro
Mainz 1 x 0 Eintracht Frankfurt
Freiburg 1 x 3 Stuttgart

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 Fora dos campos, Vídeos | 14:25

É montagem ou Marco Reus é um gênio?

Compartilhe: Twitter


A Puma, marca esportiva que patrocina o meia Marco Reus, divulgou um vídeo do jogador do Borussia Dortmund acertando a bola dentro de uma pilha de pneus depois de chutar a redonda no travessão. O detalhe é que em uma das tentativas, o atleta consegue o feito com os olhos vendados.

E aí? Montagem ou não?

Confira abaixo:

marco reus

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 10:13

Prévia de Alemanha x Irlanda: Para carimbar o passaporte

Compartilhe: Twitter


Uma vitória simples. É disso que a Alemanha precisa nesta sexta-feira, diante da Irlanda, para carimbar de vez o seu passaporte para a Copa do Mundo de 2014. E, para variar, a equipe tem muitos desfalques para o duelo. Os irmãos Lars e Sven Bender e o meia Marco Reus foram desconvocados por conta de lesão, enquanto Mario Gomez, Klose, Podolski, Schmelzer e Gündogan não foram nem chamados pelo mesmo motivo. Joachim Löw convocou Westermann.

► Veja a agenda de jogos completa da Alemanha

Quando: 11/10/2013, sexta-feira
Onde: Rhein-Energie-Stadion, em Colônia
Porque: Eliminatórias da Copa 2014
Horário: 15h45 (de Brasília)
Ao vivo na TV: Sportv

A dúvida na escalação é no ataque. Sem Klose e Gomez, o treinador não sabe se coloca Kruse como centroavante ou se adianta Thomas Müller como o famoso “falso 9”, como vem fazendo em alguns jogos do Bayern. Se Kruse jogar, Kroos perde a vaga para Müller no meio de campo. O time inicial deve ser esse: Neuer, Lahm, Mertesacker, Boateng e Jansen; Khedira, Schweinsteiger, Özil, Draxler e Müller; Kruse (Kroos).

Palpite? Alemanha vence, claro, por uns 4 a 0. E com show de Özil, que vive uma ótima fase e está bastante motivado com seu bom início de jornada no Arsenal.

Osso duro de roer

Ao longo de toda história, Alemanha e Irlanda se enfrentaram 17 vezes. E o retrospecto não é tão favorável assim para os alemães, que venceram oito jogos, perderam cinco e empataram outros quatro – foram 31 gols a favor dos germânicos e 22 contra. Ou seja, um certo equilíbrio entre as seleções.

E em meses de outubro, a Irlanda leva vantagem. Nos quatro jogos que as equipes fizeram no mês dez, os irlandeses venceram dois, com uma vitória da Alemanha – justamente no primeiro turno das eliminatórias, no ano passado -, com outro empate registrado.

Cartaz do jogo amistoso de 1936, que terminou Irlanda 5 x 2 Alemanha

Cartaz do jogo amistoso de 1936, que terminou Irlanda 5 x 2 Alemanha

Confira alguns desses duelos:

Último jogo e maior vitória alemã
12/10/2012 – Eliminatórias Copa 2014
Irlanda 1 x 6 Alemanha, em Dublin-IRL

Primeiro jogo
08/05/1935 – Amistoso
Alemanha 3 x 1 Irlanda, em Dortmund-ALE

Maior derrota alemã
17/10/1936  – Amistoso
Irlanda 5 x 2 Alemanha, em Dublin-IRL

Em Copa do Mundo
05/06/2002 – Fase de grupos
Alemanha 1 x 1 Irlanda, em Ibaraki-JAP

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 1 de outubro de 2013 Liga dos Campeões | 18:18

Dortmund se recupera, e Schalke segue 100%

Compartilhe: Twitter

A terça-feira foi excelente para o futebol alemão na Champions League. Arquirrivais do Vale do Ruhr, Borussia Dortmund e Schalke venceram seus duelos contra Olympique de Marselha e Basel, respectivamente, com grande atuação dos seus principais jogadores – Draxler brilhou pelo S04, e Reus e Lewandowski deram as cartas no BVB.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na Suíça, os Azuis-Reais enfrentaram o perigoso Basel, que havia vencido o Chelsea na estreia, dentro do Stamford Bridge, e não se intimidaram: 1 a 0. Depois de um primeiro tempo onde o Schalke conseguiu controlar bem a partida e não dar chances para o rival, a etapa final foi bem mais movimentada.

Logo aos nove minutos, o jovem Draxler pegou rebote de escanteio e acertou um lindo chute de primeira de fora da área. A bola morreu no ângulo da meta suíça, um golaço! Depois de sofrer o gol, os donos da casa partiram para pressão e assustaram bastante o goleiro Hildebrand, mas as boas defesas do arqueiro e a segurança da zaga garantiram os três pontos para o time de Gelsenkirchen.

Clique para ampliar

Só para não passar batido, o jogo na Basiléia contou com um fato inusitado. Logo nos primeiros minutos, ativistas do Greenpeace escalaram até o teto do estádio e estenderam uma faixa contra a Gazprom, patrocinadora da Champions e do Schalke, apontada como a maior empresa de gás natural do mundo. O jogo foi paralisado até os engraçadinhos descerem e a faixa ser retirada.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Com 100% de aproveitamento, o Schalke lidera sozinho o grupo E com seis pontos, três a mais que o Chelsea, que bateu o Steaua Bucareste no outro jogo do dia, e do próprio Basel. Os romenos seguram a lanterna sem ponto.

Já o Borussia Dortmund recebeu o Olympique de Marselha e venceu por 3 a 0 sem grandes dificuldades, se recuperando da derrota diante do Napoli na estreia. No primeiro tempo, após um contra-ataque mortal, Durm cruzou e Lewandowski só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Na etapa complementar, Marco Reus ampliou o marcador. O meia bateu falta na área, a bola não desviou em ninguém e entrou no gol, para delírio dos torcedores que lotaram o Signal Iduna Park. O terceiro gol era questão de tempo, e veio de novo com Lewa. O atacante polonês bateu pênalti sofrido por Reus e deu números finais ao duelo.

A liderança da chave F é do Arsenal – seis pontos -, que derrotou o Napoli por 2 a 0 em Londres, com direito a gol de Özil. O meia ainda deu a assistência para o segundo tento, anotado por Giroud. Dortmund e Napoli estão com três, enquanto o Olympique segue sem pontuar.

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 30 de setembro de 2013 Bundesliga, Vídeos | 10:16

Stuttgart foi o único visitante que venceu na 7ª rodada

Compartilhe: Twitter

Mais um fim de semana com uma verdadeira chuva de gols na Bundesliga. Foram 36 tentos nos nove jogos da 7ª rodada, o equivalente a uma excelente média de 4 gols por partida. O Bayern de Munique, que sempre ajuda no alto número de bolas na rede, desta vez ficou devendo e fez só 1 a 0 no Wolfsburg, gol de Thomas Müller, jogando na Allianz Arena.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

A vitória do Bayern, mesmo magrinha, foi bastante importante para manter a equipe colada no líder Borussia Dortmund, que atropelou o pobre Freiburg no Westfalenstadion com show de Reus e Lewandowski: 5 a 0 – Bayern e BVB estão com 19 pontos, mas os aurinegros levam vantagem no saldo de gols. Já o Bayer Leverkusen segue perseguindo a dupla, venceu o Hannover e tem 18 pontos.

Quem se deu muito bem foi o Stuttgart, único time visitante que conseguiu vencer na rodada. Diante do lanterna Eintracht Braunschweig, os Schwaben fizeram 4 a 0 e continuam firme com sua campanha de recuperação, ocupando agora a 6ª colocação na tabela de classificação.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Os grandes destaques do fim de semana foram os empates. Só jogaço. Em Bremen, por exemplo, o Werder contou com ótima atuação do holandês Elia, mas não superou o Nuremberg, ficando no 3 a 3. Mesmo resultado de Hoffenheim x Schalke, partida emocionante e que teve gol do brasileiro Roberto Firmino, do Hoffe. Augsburg x Borussia M’gladbach e Eintracht Frankfurt x Hamburgo terminaram 2 a 2.

Confira os 5 gols mais bonitos da rodada:

Confira os resultados da 7ª rodada:

Sexta, 27 de setembro
Augsburg 2 x 2 Borussia M’gladbach

Sábado, 28 de setembro
Borussia Dortmund 5 x 0 Freiburg
Bayern de Munique 1 x 0 Wolfsburg
Bayer Leverkusen 2 x 0 Hannover
Hoffenheim 3 x 3 Schalke
Hertha Berlim 3 x 1 Mainz
Eintracht Frankfurt 2 x 2 Hamburgo

Domingo, 29 de setembro
Werder Bremen 3 x 3 Nuremberg
Braunschweig 0 x 4 Stuttgart

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 9 de setembro de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 10:29

Hora de carimbar o passaporte

Compartilhe: Twitter

Líder do grupo C das eliminatórias, a Alemanha entra em campo nesta terça-feira e pode garantir sua vaga para Copa do Mundo de 2014 de forma matemática. Para isso, basta a Nationalelf vencer a fraca seleção de Ilhas Faroe, fora de casa, e torcer para que a Suécia, 2ª colocada, não derrote o Cazaquistão, também fora de casa.

Özil fez dois contra Ilhas Faroe no 1º turno

Acho que vai, hein?

► Veja agenda de jogos da Alemanha

Quando: 09/09/2013, terça-feira
Onde: Estádio Torsvöllur, em Torshavn-FAR
Porque: Eliminatórias da Copa
Horário: 15h45 (de Brasília)
Ao vivo na TV: Sportv 3

Dos atletas que jogaram contra a Áustria na semana passada, Marco Reus será desfalque. O meia do Dortmund teve uma infecção intestinal – o famoso “piriri” – e nem viajou com a delegação. Draxler e Schürrle disputam a vaga no time titular. A provável formação inicial deverá ter Neuer, Lahm , Mertesacker, Boateng e Schmelzer; Khedira, Kroos, Özil, Thomas Muller e Draxler (Schürrle); Klose.

Palpite? Uns 3 a 0 está de bom tamanho, com três do Klose.

► Alemanha venceu Ilhas Faroe no 1º turno. Relembre a partida

O jogo desta terça será apenas o terceiro duelo entre as seleções em toda história, e a Alemanha venceu todos. Confira abaixo:
_______________________________________________________________________________

ALEMANHA 3 x 0 ILHAS FAROE
07/09/2012 – Em Hannover (ALE) – Eliminatórias da Copa 2014

Escalação da Alemanha: Neuer, Lahm, Mertesacker, Hummels e Badstuber; Khedira, Özil, Götze (Draxler), Reus e Thomas Müller (Schürrle); Klose (Podolski). Técnico: Joachim Löw

Gols:
ALEMANHA: Götze, aos 28′ do 1º tempo; Özil, aos 9′ e 26′ do 2º tempo
_______________________________________________________________________________

ALEMANHA 2 x 1 ILHAS FAROE
16/10/2002 – Em Hannover (ALE) – Eliminatórias da Euro 2004

Escalação da Alemanha: Kahn, Arne Friedrich, Ramelow (Freier), Wörns e Jeremies; Schneider (Kehl), Hamann, Frings e Ballack; Jancker (Neuville) e Klose. Técnico: Rudi Völler

Gols:
ALEMANHA: Ballack, aos 2′ do 1º tempo e Klose, aos 14′ do 2º tempo
ILHAS FAROE: Arne Friedrich, contra, aos 45′ do 1º tempo
_______________________________________________________________________________

ILHAS FAROE 0 x 2 ALEMANHA
11/06/2003 – Em Torshavn (FAR) – Eliminatórias da Euro 2004

Escalação da Alemanha: Kahn (Rost), Arne Friedrich, Ramelow, Wörns e Jeremies (Klose); Kehl, Freier, Schneider e Rau (Hartmann); Bobic e Neuville. Técnico: Rudi Völler

Gols:
ALEMANHA: Klose, aos 44′ do 2º tempo; Bobic, aos 45′ do 2º tempo
_______________________________________________________________________________

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 6 de setembro de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 17:39

Alemanha vence, convence e Klose iguala recorde

Compartilhe: Twitter

Depois de realizar algumas partidas bem abaixo da média, como no empate contra o Paraguai no último amistoso, a Alemanha voltou a jogar bem, vencer e convencer. Nesta sexta-feira, numa Allianz Arena lotada, a equipe derrotou a Áustria por 3 a 0 e ficou muito, mas muito perto da Copa do Mundo. O time germânico segue na liderança do grupo C das eliminatórias com 19 pontos, cinco a mais que a Suécia, que bateu a Irlanda. Faltam apenas três rodadas.

► Clique e veja a agenda de jogos completa da Alemanha

O primeiro tempo em Munique foi bastante complicado. Mesmo com a boa movimentação dos homens de frente, o time de Joachim Löw não conseguia furar a sólida defesa da Áustria, que só assustou em chutes de longa distância. A primeira grande alemã chance aconteceu apenas aos 28 minutos, quando Özil encontrou Reus livre na área e o meia do Borussia Dortmund finalizou em cima do goleiro. No rebote, Klose cabeceou e o arqueiro austríaco conseguiu tirar a bola em cima da linha.

Cinco minutos mais tarde, porém, saiu o gol da Nationalelf. E foi histórico! Müller recebeu pela direita e cruzou para Klose, que se antecipou ao zagueiro Dragovic e colocou no canto. Foi o 68º gol do atacante em 129 jogos pela seleção – ele não marcava desde outubro de 2012, no empate por 4 a 4 diante da Suécia. Com o tento, Miro se igualou a Gerd Müller como maior artilheiro da história da Alemanha.

Kroos marcou um golaço no jogo

A Áustria voltou um pouco mais disposta na etapa final, pressionando, mantendo a posse de bola, mas quem marcou foi a Alemanha. Logo aos seis minutos, Reus recebeu pela meia esquerda e só rolou para Kroos soltar a bomba de fora da área e colocar a bola no ângulo. Um golaço que foi um balde de água fria nos visitantes, que praticamente desistiram do duelo.

Jogando em casa, a tricampeã mundial só administrou o resultado e nem precisou se esforçar muito para ainda perder algumas boas oportunidades com Müller, Klose e Kroos. Apesar dos gols que levou, o goleiro austríaco Almer fez uma boa partida. Ele evitou uma vitória maior da Alemanha.

Ainda deu tempo para Thomas Müller deixar sua marca. Aos 44 minutos, Kroos deu passe genial para Höwedes, que recebeu atrás do marcador e só tocou para Müller empurrar para o gol vazio.

O duelo não teve um destaque individual, mas Özil e Müller estavam bem afim de jogo. Bela partida de ambos. Kroos também tomou conta do meio de campo, ajudado por Khedira. E Klose, além da marca atingida, fez uma boa apresentação. O veterano se mexeu, finalizou, buscou jogo… lembrando o Klose dos velhos tempos. O sistema defensivo não comprometeu, mas também não foi muito exigido. Vale registrar que o lateral direito e capitão Philipp Lahm completou sua 100ª partida com a camisa da Alemanha.

Próximo jogo da Alemanha é na semana que vem, dia 10 de setembro, na terça-feira, diante da fraquíssima Ilhas Faroe, fora de casa.

Atuações dos jogadores:

Neuer 6,0; Lahm 6,5, Mertesacker 6,0, Boateng 6,0 e Schmelzer 6,5 (Höwedes 6,5); Khedira 7,0, Kroos 7,5, Müller 8,0, Özil 8,0 e Reus 7,0 (Draxler sem nota); Klose 8,0 (Sven Bender Sem nota)

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 29 de julho de 2013 Eurocopa, Futebol feminino, Supercopa da Alemanha | 09:15

Os campeões do final de semana

Compartilhe: Twitter

Há alguns dias perguntei aqui no blog qual time poderia parar o Bayern de Munique nesta temporada. E a pergunta já está respondida. Neste sábado, o Borussia Dortmund não tomou conhecimento do atual campeão alemão e da Champions League e enfiou 4 a 2 na decisão da Supercopa da Alemanha, no Westfalenstadion.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Os Amarelos entraram em campo com praticamente a mesma equipe da final da Liga dos Campeões, tendo apenas uma alteração. Piszczek, machucado, deu lugar a Sahin – com isso, Grosskreutz atuou como lateral direito. Já os Bávaros não tiveram Ribéry e Neuer, ambos com lesão muscular, Martínez, ainda sem ritmo de jogo, enquanto Dante e Schweinsteiger começaram no banco de reservas.

Com muito mais vontade, o Borussia Dortmund abriu o placar logo no começo do duelo. Marco Reus aproveitou uma falha incrível do goleiro Tom Starke e anotou de cabeça. Minutos mais tarde, o arqueiro fez uma linda defesa num chute à queima-roupa de Lewandowski, se redimindo do erro.

No segundo tempo, o Bayern voltou um pouco melhor e buscou o empate com Robben, também de cabeça.Mas não deu nem tempo para os Bávaros comemorarem a igualdade e os donos da casa voltaram a ficar na frente do placar. Gündogan avançou pela intermediária, cruzou na área e Van Buyten marcou contra. Na sequência, o mesmo Gündogan fez linda jogada e marcou um golaço, deixando o BVB bem próximo do título.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Para colocar fogo na partida, Robben apareceu de novo e, num passe de Lahm, girou dentro da grande área e anotou seu segundo gol no duelo, confirmando a fama de carrasco do Dortmund. Só que dessa vez, o título não ficou com o Bayern, que ainda levou o quarto gol no final. Lewandowski encontrou Aubameyang livre, o atacante avançou e só rolou para Reus decretar o resultado final.

Obviamente que Guardiola ainda está tentando deixar o Bayern de Munique com a sua cara, mas o time fica muito desprotegido com Thiago Alcântara atuando na frente da zaga. No Barcelona, o filho do Mazinho sempre jogou como meia de criação, mais avançado, chegando forte no ataque. Pep tem que ver isso aí.

Dante começou no banco e entrou aos 40 do 2º tempo, na vaga de Kroos. E o brasileiro entrou com a função de atacar, jogando lá na frente, ao lado de Pizarro, que havia entrado na vaga de Manduzkic. Não deu muito certo.

A título foi ótimo para o Borussia Dortmund, claro, mas foi bom também para o futebol alemão. O triunfo dos Amarelos mostra que a temporada da Bundesliga não será necessariamente um passeio do Bayern, como muitos imaginam. Os Bávaros iniciam a temporada como favoritos, não poderia ser diferente, mas o próprio BVB mostrou que segue forte e outras equipes também querem atrapalhar o reinado do time de Munique.
_____________________________________________________________________________

Não foi só o Borussia Dortmund que levantou taça neste final de semana. As meninas da seleção alemã também comemoraram após a suada vitória por 1 a 0 diante da Noruega na grande decisão da Euro feminina de 2013. O gol do título foi anotado pela atacante Mittag, no começo do 2º tempo.

O título europeu foi o 8º da Alemanha e o 6º de maneira consecutiva, confirmando a hegemonia germânica no continente entre as mulheres. A campanha alemã na competição teve seis jogos, com quatro vitórias, um empate e uma derrota – revés sofrida justamente diante das norueguesas, na fase de grupos.

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última