Publicidade

Posts com a Tag Mats Hummels

sexta-feira, 22 de novembro de 2013 Bundesliga, Vídeos | 07:36

‘Clássico esvaziado’ marca o reencontro de Götze com BVB

Compartilhe: Twitter

A Bundesliga está de volta. E ela retorna em grande estilo, com o jogaço entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique, sábado, no Westfalenstadion – o famoso “Der Klassiker”. O duelo entre líder e vice-líder tem tudo para ser excelente, mas poderia ser bem melhor não fossem os inúmeros desfalques de ambos os times.

Veja o vídeo com a prévia do clássico:

Os aurinegros, por exemplo, têm muitos problemas na defesa. Hummels, Subotic, Piszczek e Schmelzer estão machucados, assim como Gündogan. Já o recém-contratado zagueiro Manuel Friedrich se lesionou em um jogo-treino durante a semana, chegou a ser dúvida, mas vai para o embate mesmo sem estar 100% fisicamente.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Borussia Dortmund x Bayern de MuniquePelos lados dos Bávaros, as perdas são no setor ofensivo. A principal ausência será a do francês Franck Ribéry, que está com a costela fraturada. Além dele, também não jogam Shaqiri, Pizarro e Schweinsteiger. O defensor Boateng chegou a ter sua participação no clássico ameaçada, mas deve atuar normalmente.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Aliás, o jogo em Dortmund marca o esperado reencontro de Mario Götze com o Borussia. O meia-atacante treinou como titular e Guardiola vai escalar o atleta desde o início. Certamente os mais de 80 mil torcedores não darão um minuto de sossego ao ex-ídolo, hoje traidor.

Como de costume, sempre que tem um jogo importante na rodada, o canal da Bundesliga no Youtube prepara uma série de vídeos legais do duelo. Confira abaixo os que eles fizeram sobre Borussia Dortmund x Bayern de Munique:

Os 10 mais belos gols do Dortmund sobre o Bayern
Os 10 mais belos gols do Bayern sobre o Dortmund
Dortmund e Bayern, a ‘batalha dos truques no ônibus’
Euforia e desespero no clássico alemão
Na memória: Dortmund 4 x 4 Bayern, em 1982/82
Prévia no Fifa 14: Empate por 1 a 1

Nos outros jogos, destaque para o encontro entre Hertha Berlim e Bayer Leverkusen, na capital. Os Leões estão em terceiro e podem fechar a 13ª rodada na segunda colocação, dependendo do que acontecer na partida em Dortmund. Quem também almeja subir na tabela é o Schalke, que enfrenta o Eintracht Frankfurt, fora de casa.

Veja a programação e os palpites da rodada:

Sexta, 22 de novembro
Stuttgart 2 x 2 Borussia M’gladbach (17h30 – ESPN Brasil)

Sábado, 23 de novembro
Nuremberg 1 x 2 Wolfsburg
Hertha Berlim 2 x 1 Bayer Leverkusen (12h30 – ESPN)
Augsburg 1 x 1 Hoffenheim
Braunschweig 2 x 0 Freiburg
Eintracht Frankfurt 1 x 3 Schalke
Borussia Dortmund 1 x 1 Bayern de Munique (15h30 – ESPN)

Domingo, 24 de novembro
Hamburgo 3 x 2 Hannover
Werder Bremen 3 x 0 Mainz

 

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 15 de novembro de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 19:13

E segue o tabu contra a Itália…

Compartilhe: Twitter
Hummels fez o gol da Alemanha e teve boa atuação contra a Itália

Hummels fez o gol da Alemanha e teve boa atuação no amistoso contra a Itália

Estreando o seu novo uniforme para Copa do Mundo de 2014, a Alemanha visitou a Itália em Milão e só empatou: 1 a 1. Já são 18 anos sem vencer os italianos, seja em amistosos ou em jogos oficiais – neste período, contando com o duelo desta sexta-feira, foram sete jogos disputados. A última vitória alemã aconteceu no longínquo mês de junho de 1995.

► Confira a agenda completa e outras informações sobre a seleção da Alemanha

Com um monte de desfalques, Joachim Löw escalou um time todo torto, todo improvisado. Não gostei. Höwedes jogou de lateral direito, Lahm foi deslocado para o meio e Götze fez a função de centroavante, revezando algumas vezes com Müller. Gripado, Özil começou no banco de reservas, com Schürrle iniciando a partida. Marco Reus também foi suplente, entrando no 2º tempo. Essa, sinceramente, eu não entendi.

O treinador também foi mal nas alterações no segundo tempo. Os irmãos Lars e Sven Bender entraram nas vagas de Khedira e Müller, deixando o meio de campo congestionado. Daria para colocar Kruse no comando de ataque, ou até mesmo testar Draxler ou Sidney Sam, soltando o time. Mas enfim.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na etapa inicial, os donos da casa mal assustaram os visitantes. Só no primeiro lance da partida, num chute de Balotelli, e no gol anotado por Abate, após receber pelo passe de letra de Bonucci, aos 28 minutos. De resto, só deu Alemanha. O time germânico abriu o placar com Hummels, aos oito, aproveitando escanteio cobrado por Kroos, e ainda acertou duas bolas na trave, com Khedira e Schürrle.

Thiago Motta acertou um tapa no rosto de Kroos, mas só levou o cartão amarelo

Thiago Motta acertou um tapa no rosto de Kroos, mas só levou o cartão amarelo

O segundo tempo foi um pouco mais equilibrado. Jogando diante da torcida, os italianos tiveram mais presença de ataque e deram trabalho para o sistema defensivo, que, por sinal, se mostrou bastante seguro com Hummels e Boateng no miolo de zaga. Neuer fez apenas uma defesa importante.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Pela lateral direita, Höwedes fez uma boa partida defensiva, mas foi horroroso no apoio ao ataque. Mesmo assim, aos 47 minutos, o jogador do Schalke quase balançou as redes, mas o chute de esquerda da entrada da área acertou a trave. No rebote, Reus tinha tudo para recolocar a Alemanha na frente do placar, mas Sven Bender atrapalhou a finalização do meia e tirou o gol alemão.

Lahm, atuando de volante, fez o básico. Prefiro ele na lateral, rende muito mais. Khedira e Jansen ajudaram bem no ataque e foram eficientes na marcação, diferente de Kroos, que teve uma atuação bem abaixo da média. Já Müller e Schürrle, apagados, não ajudaram na criação das jogadas, assim como Götze, perdido quando fazia a função de centroavante. Reus e Özil entraram e deram mais qualidade no passe.

O próximo jogo da Alemanha, o último do ano, será na terça-feira que vem, dia 19 de novembro, diante da Inglaterra. A partida será em Londres.

Atuações dos jogadores

Neuer 6,5, Höwedes 5,0, Boateng 7,5 , Hummels 8,0 e Jansen 7,0; Lahm 6,0, Khedira 7,0 (Sven Bender 5,0), Kroos 5,5, Schürrle 6,5 (Özil 6,5) e Müller 6,0 (Lars Bender 5,5); Götze 5,5 (Reus 6,5)

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 18:09

Defesa falha, e Alemanha sofre para empatar com Paraguai

Compartilhe: Twitter

Com um primeiro tempo inseguro da defesa, mas muito bom no ataque, a Alemanha empatou com o Paraguai por 3 a 3, em Kaiserslautern, nesta quarta-feira, no primeiro amistoso da temporada europeia. Hummels e Khedira falharam nos tentos do rival, mas o setor ofensivo funcionou e salvou a equipe de uma derrota em casa.

► Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

A Alemanha começou devagar, quase parando, e levou dois gols antes dos 15 minutos de jogo. Aos nove, o paraguaio Nuñez recebeu lançamento em profundidade, apareceu livre nas costas de Hummels e fuzilou o goleiro Neuer. Quatro minutos mais tarde, Neuer cortou mal um cruzamento, Khedira errou o passe na entrada da área e Pittoni ampliou para os visitantes.

Neuer não conseguiu parar o Paraguai

Ninguém acreditava. Era o lanterna das eliminatórias sul-americanas ensaiando uma goleada para cima da Alemanha, dentro de Kaiserslautern.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Mas aí o time germânico colocou a bola no chão e passou a jogar do jeito que gosta. Depois de perder duas boas chances com Klose e Özil, a Nationalelf diminuiu com Gündogan, que acertou um belo chute colocado no canto do goleiro Villar. Isso aos 18 minutos. Mais tarde, aos 31, Hummels acertou um longo e perfeito lançamento para Müller, o meia-atacante dominou com estilo, ficou cara a cara com o arqueiro paraguaio e deixou tudo igual.

A Alemanha ainda perdeu dois gols com Reus, que ficou na frente do goleiro do Paraguai e não conseguiu marcar, e depois foi castigada ao levar o terceiro gol aos 46. Hummels levou outra bola nas costas – com o perdão do trocadilho -, o experiente Roque Santa Cruz recebeu na área e só rolou para Samudio, livre, marcar. Mertesacker chegou atrasado no lance.

Na segunda etapa, Joachim Löw arrumou o sistema defensivo colocando Boateng na vaga do lento Mertesacker. E melhorou  muito, tanto que o Paraguai mal chegou ao ataque e Neuer foi um mero espectador. Se a zaga ficou mais protegida, o poderio ofensivo piorou demais em relação aos primeiros 45 minutos.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Foram poucas chances (uma com Özil e outra com Mario Gomez) até o gol de empate, anotado por Lars Bender aos 30 minutos. A jogada começou com o próprio volante, que chutou de fora da área e exigiu uma boa defesa do goleiro adversário. No rebote, Podolski cruzou, Gomez errou a finalização e a bola sobrou para Bender ajeitar no peito e soltar a bomba. Um golaço. Nos últimos minutos, na base do abafa, a Alemanha desperdiçou mais algumas oportunidades com Boateng e Jansen.

Müller marcou o segundo gol alemão

Tirando a falha no segundo gol paraguaio, Khedira teve uma excelente atuação. Marcou muito no meio de campo e deu qualidade no passe. Os outros destaques alemães foram Bender, Müller e Lahm. Já o zagueiro Hummels, que não foi bem no primeiro tempo, melhorou na etapa complementar e demonstrou a costumeira segurança.

No meio de campo, Özil não tirou o pijama e errou alguns passes. Enquanto isso, Gündogan, autor do primeiro gol, estava bem no duelo até se machucar e sair do jogo ainda no primeiro tempo. E, assim como Özil, Reus não fez uma boa apresentação, perdendo dois gols na cara do goleiro. Podolski entrou e deu mais velocidade ao time pelo lado esquerdo.

Lá na frente, Klose não conseguiu marcar e perdeu mais uma chance de alcançar o recorde de Gerd Müller na artilharia da seleção. Fica para a próxima. E Mario Gomez, que entrou no seu lugar, teve apenas um bom lance de perigo, numa cabeçada. Foi só.

Próximo jogo da Alemanha será no dia 6 de setembro, na Allianz Arena, em Munique, pelas eliminatórias da Copa de 2o14. O adversário será a Áustria. Quatro dias depois, o time viaja até Ilhas Faroe para duelar contra os anfitriões.

Notas dos jogadores

Neuer 5,0, Lahm 8,0, Mertesacker 4,0 (Boateng 6,0), Hummels 5,5 e Schmelzer 6,5 (Jansen 6,5); Khedira 7,5, Gündogan 7,0 (Lars Bender 7,5), Özil 6,0, Reus 5,5 (Podolski 6,5) e Müller 7,5 (Schürrle Sem nota); Klose 6,5 (Mario Gomez 5,5)

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 9 de maio de 2013 Bundesliga | 15:55

Seleção oficial da Bundesliga

Compartilhe: Twitter

A Bundesliga divulgou nesta quinta-feira, ainda faltando duas rodadas para o término do Alemão, a seleção da temporada 2012/2013 do campeonato. Bayern de Munique e Borussia Dortmund, para variar, dominam a equipe – são quatro bávaros e cinco aurinegros. Schalke e Borussia M’gladbach também tiveram representantes.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Veja abaixo e comente. Você concorda? Eu, sinceramente, senti falta do Lahm, do Reus e do Meier, do Frankfurt. Talvez desse para encaixar eles nas vagas de Uchida, Arango e Kuba. Mas enfim, não tem como colocar todo mundo. Ribéry, Kiessling, Adler, Müller…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 30 de abril de 2013 Liga dos Campeões | 17:48

Borussia Dortmund passa sufoco, mas está na final!

Compartilhe: Twitter

O Borussia Dortmund sofreu demais, mas confirmou vaga na grande decisão da Champions League mesmo perdendo por 2 a 0 do Real Madrid nesta terça-feira, no Santiago Bernabéu – 4 a 3 para os alemães no agregado. Os dois tentos dos espanhóis saíram já depois dos 35 minutos do segundo tempo, mas os visitantes conseguiram segurar o placar de forma dramática. Aliás, o resultado tirou a invencibilidade dos Amarelos na competição.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

Como era de se esperar, o Real Madrid partiu com tudo para cima do Borussia Dortmund tentando abrir o placar já nos primeiros minutos. Foi uma pressão absurda. E o time espanhol quase conseguiu com Cristiano Ronaldo e Higuaín, mas os atacantes pararam no “paredão” Weidenfeller. Özil também teve a chance de marcar, ficou cara a cara com o goleiro alemão, mas finalizou para fora.

O BVB não conseguia sair nos contra-ataques e antes dos 15 minutos ainda perdeu Mario Götze, que sentiu uma lesão na coxa e teve que ser substituído. Baita perda, até porque Grosskreutz entrou mal no duelo e não tem a mesma qualidade. No 1º tempo, os Amarelos tiveram apenas uma oportunidade de gol, com Lewandowski, que chutou mascado nas mãos de Diego Lopez.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

O segundo tempo começou bem diferente. O Dortmund resolveu jogar bola e passou a controlar mais a partida, criando mais oportunidades. Duas delas claríssimas. Na primeira, Lewandowski recebeu de Reus e mandou a bomba no travessão. Depois, Reus encontrou Gündogan livre na pequena área e o volante, com o gol aberto, sozinho, chutou em cima do goleiro adversário. Incrível o gol perdido.

Diante de tanta pressão, o Borussia Dortmund não conseguiu evitar o gol merengue. Aos 37 minutos, Özil recebeu pela direita e cruzou para Benzema balançar as redes. O Real continuou massacrando, Weindenfeller salvou o Dortmund mais duas vezes, mas não segurou o chute de Sergio Ramos. Aos 43 minutos, o defensor espanhol anotou o segundo gol , incendiando o Bernabéu.

Os minutos finais foram dramáticos e de um tremendo sufoco, bastava só mais um gol para o Real se classificar. O Dortmund, porém, conseguiu segurar o ímpeto dos anfitriões.

O conjunto em si do Dortmund não fez um bom jogo. Mas dá para destacar algumas atuações individuais dos germânicos, como a do zagueirão Hummels. Ele foi simplesmente perfeito no duelo, não perdeu uma bola pelo alto e uma dividida por baixo. Garantiu a classificação. Assim como Weidenfeller. O arqueiro fez alguns milagres, principalmente no 1º tempo.

Piszczek, Subotic e Kuba também tiveram atuações bastante seguras, mandaram bem demais. Já Reus esteve apático no primeiro tempo, mas cresceu muito na etapa final. Enquanto isso, Grosskreutz, Gündogan e Schmelzer pareciam inseguros, não se encontraram dentro de campo. Gündogan até que melhorou no segundo tempo, mas se espera mais dele.

O primeiro alemão já está garantido na final em Wembley, dia 25 de maio. Falta agora o Bayern de Munique confirmar sua classificação nesta quarta-feira, em Barcelona.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 14 de março de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 08:47

Que venha o Cazaquistão!

Compartilhe: Twitter

Reus e Boateng estão na lista de Löw

A seleção alemã está convocada para os dois próximos jogos diante do Cazaquistão, válidos pelo grupo C das eliminatórias para Copa do Mundo de 2014. O primeiro duelo acontece no dia 22 de março, fora de casa, em Astana, e a segunda partida será em Nuremberg, no dia 26.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

A Nationalelf lidera a chave com 10 pontos, três a mais que a Suécia, 2ª colocada. O Cazaquistão é só o 5º na tabela, com apenas um ponto.

É para garantir os seis pontos.

O técnico Joachim Löw, mais uma vez, deixou de fora o atacante Kiessling, que faz uma ótima temporada pelo Bayer Leverkusen. O centroavante Klose e os zagueiros Hummels e Badstuber também ficaram de fora, mas todos por conta de lesão. Em relação ao time que venceu o amistoso contra a França, no mês passado, as novidades são as voltas de Schweinsteiger, Götze, Schmelzer e Reus, que não jogaram em Paris porque estavam machucados.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

Reus, aliás, está suspenso pelo acúmulo de cartões e só poderá jogar o duelo em Nuremberg.

Confira a lista de convocados:

Goleiros: Manuel Neuer (Bayern de Munique), René Adler (Hamburgo), Ron-Robert Zieler (Hannover)

Defensores: Jerome Boateng (Bayern de Munique), Philipp Lahm (Bayern de Munique), Benedikt Höwedes (Schalke), Per Mertesacker (Arsenal-ING), Marcel Schmelzer (Borussia Dortmund), Heiko Westermann (Hamburgo)

Meio-campistas: Lars Bender (Bayer Leverkusen), Sven Bender (Borussia Dortmund), Mario Götze (Borussia Dortmund), Ilkay Gündogan (Borussia Dortmund), Marco Reus (Borussia Dortmund), Julian Draxler (Schalke), Sami Khedira (Real Madrid-ESP), Mesut Özil (Real Madrid-ESP), Toni Kroos (Bayern de Munique), Thomas Müller (Bayern de Munique), Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique)

Atacantes: Mario Gomez (Bayern de Munique), Lukas Podolski (Arsenal-ING), André Schürrle (Bayer Leverkusen)

Com esses nomes, eu montaria o time assim: Neuer, Lahm, Höwedes, Mertesacker e Schmelzer; Kroos, Schweinsteiger e Özil; Thomas Müller, Reus e Mario Gomez. E você?

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 Liga dos Campeões | 19:38

Dortmund empata fora e encaminha a vaga

Compartilhe: Twitter

Equipes fizeram um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do acidente de avião

Horas antes do duelo entre Shakhtar e Borussia Dortmund, válido pela ida das oitavas de final da Champions League, um avião com 45 passageiros e tripulantes fez um pouso de emergência na cidade de Donetsk, palco da partida, e matou pelo menos 4 pessoas. De acordo com informações da imprensa local, o avião atravessou a pista de pouso, apresentou problemas no propulsor e se chocou contra o solo, causando um incêndio. O voo levava torcedores do time ucraniano.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

Foi cogitado até o adiamento do jogo por conta da tragédia, mas a Uefa resolveu manter a programação. Dentro de campo, o Borussia Dortmund buscou o empate contra o Shakhtar por 2 a 2 e ficou muito perto da classificação. Um empate sem gols ou por um gol em casa, diante de 80 mil pessoas, garante a equipe germânica nas quartas de final. Vale destacar que os Amarelos estão invictos, mesmo tendo caído no grupo da morte, com Real Madrid, Manchester City e Ajax.

Lewandowski deixa dois defensores no chão para anotar o gol do Borussia Dortmund

Melhor em grande parte da primeira etapa, o time alemão saiu atrás do marcador. Srna cobrou falta praticamente no meio do gol e Weidenfeller aceitou. O goleiro se posicionou muito encostado em uma das traves e ainda demorou para saltar na bola.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Nos últimos minutos da primeira metade da partida, brilhou a estrela do atacante Lewandowski. O polonês recebeu cruzamento de Götze, dominou já dentro da área e furou o chute. O erro, porém, deu certo, já que dois defensores rivais ficaram no gramado e deixaram o artilheiro livre para deslocar o goleirão e deixar tudo igual.

Na segunda etapa, os anfitriões voltaram melhor e marcaram o segundo gol por intermédio de Douglas Costa. E foi um belo tento. O brasileiro recebeu um longo lançamento, lá do campo de defesa, dominou bonito e acertou um voleio de perna esquerda. Schmelzer, que estava na  marcação do atacante, só ficou olhando e deixou o adversário finalizar. O Shakhtar ainda teve outras oportunidades para ampliar o placar, mas quem marcou foi o BVB.

Aos 43  minutos, no apagar das luzes, o zagueirão Hummels, que já havia acertado uma cabeçada no travessão no primeiro tempo, dessa vez calibrou bem a cuca para deixar tudo igual. Schmelzer cobrou escanteio e o defensor nem precisou subir para escorar para as redes, sozinho, sem marcação, e decretar o empate.

Dortmund vai passar. E passa com vitória na Alemanha.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 29 de outubro de 2012 Bundesliga, Fora dos campos, Vídeos | 13:04

"Maluco" Neuer e Özil são indicados a prêmio da Fifa

Compartilhe: Twitter

Nesta segunda-feira, a Fifa e a revista France Football divulgaram a lista dos 23 indicados a prêmio de melhor jogador de futebol do mundo em 2012. E o goleiro do Manuel Neuer está na relação, assim como o meia Mesut Özil, do Real Madrid. Aliás, eles são os únicos alemães que concorrem.

► Vote no BLOG DO ALEMÃO como melhor blog esportivo de 2012


Sinceramente, acho que poderiam entrar mais germânicos, como o atacante Mario Gomez, que fez um ótimo ano pelo Bayern de Munique, principalmente no primeiro semestre, Marco Reus, que brilhou pelo M’gladbach e segue enchendo os olhos agora no Borussia Dortmund, e o zagueiro Mats Hummels, muito seguro nos Amarelos e um dos principais nomes da Alemanha na Euro 2012.

Se não fossem as inúmeras lesões e a irregularidade, Schweinsteiger também entraria. Mas fica para o ano que vem.

Quem mais poderia entrar? Lembrando que na lista aparecem Yaya Touré, Piqué, Busquets, Rooney, Sergio Ramos… nomes que foram indicados não sei como. E o Ribéry? Um dos principais jogadores do Bayern, mas preterido dessa vez.

Ah, no título do post eu coloquei “maluco” Neuer, mas ainda não expliquei o motivo. Neste domingo, na derrota do Bayern de Munique diante do Bayer Leverkusen pela Bundesliga, o goleiro simplesmente virou meio-campista e iniciou a jogada de um lance que quase saiu o empate, no último minuto. O detalhe é que ele foi driblando até a área do Leverkusen.

Não viu? Confere no vídeo aí embaixo:

 

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 11 de outubro de 2012 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 10:19

Prévia de Irlanda x Alemanha: Osso duro de roer

Compartilhe: Twitter

Nesta sexta-feira, a Alemanha tem mais um desafio na busca por uma vaga na Copa do Mundo de 2014, aqui no Brasil. Com duas vitórias em duas partidas disputadas, a Nationalelf encara a Irlanda, fora de casa, tentando manter a liderança isolada (6 pontos) e o aproveitamento de 100% no grupo C das eliminatórias. Os irlandeses estão em 3º com 3 pontos, mesma pontuação da Suécia, 2ª colocada.

► Clique aqui e confira a agenda completa de jogos da seleção da Alemanha

Klose esteve presente no jogo da Copa de 2002 e marcou no empate por 1 a 1 contra a Irlanda

Quando: 12/10/2012, sexta-feira
Onde: Aviva Stadium, em Dublin-IRL
Porque: Eliminatórias da Copa 2014
Horário: 15h45 (de Brasília)
Na TV: Sportv 2 (ao vivo)

Para o duelo, o técnico Joachim Löw não poderá contar com Philipp Lahm, suspenso pelo acúmulo de cartões, e Hummels, que se machucou no último jogo do Borussia Dortmund. Além, claro, de Mario Gomez, que ainda nem estreou nesta temporada por conta de uma cirurgia no tornozelo.

Quem volta é Schweinsteiger, ausente dos dois primeiros jogos da equipe nas eliminatórias e atualmente vivendo ótima fase no Bayern de Munique. Sem Lahm, o meia será o capitão da seleção e deve entrar na vaga de Kroos. A provável escalação para pegar os irlandeses terá Neuer, Boateng, Mertesacker, Badstuber e Schmelzer; Khedira, Schweinsteiger, Özil e Reus; Müller e Klose.

Palpite? O histórico abaixo mostra que a Irlanda não é uma presa fácil para a Alemanha, mas ainda assim aposto em uma boa vitória por 3 a 1, gols de Klose, Özil e Müller. E você?

Osso duro de roer

Ao longo de toda história, Alemanha e Irlanda se enfrentaram 16 vezes. E o retrospecto não é tão favorável assim para os alemães, que venceram 7 jogos, perderam 5 e empataram outros 4 –  foram 25 gols a favor dos germânicos e 21 contra. Ou seja, bastante equilíbrio entre as seleções.

Cartaz do jogo amistoso de 1936, que terminou Irlanda 5 x 2 Alemanha

Confira alguns desses duelos:

Último jogo
13/10/2007 – Eliminatórias Euro 2008
Irlanda 0 x 0 Alemanha, em Dublin-IRL

Primeiro jogo
08/05/1935 – Amistoso
Alemanha 3 x 1 Irlanda, em Dortmund-ALE

Maior vitória alemã
04/05/1966  – Amistoso
Irlanda 0 x 4 Alemanha, em Dublin-IRL

Maior derrota alemã
17/10/1936  – Amistoso
Irlanda 5 x 2 Alemanha, em Dublin-IRL

Em Copa do Mundo
05/06/2002 – Fase de grupos
Alemanha 1 x 1 Irlanda, em Ibaraki-JAP

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de outubro de 2012 Bundesliga | 12:58

Bayern ri à toa, e Dortmund lamenta o enorme prejuízo

Compartilhe: Twitter

Ribéry chuta no meio das pernas do goleiro do Hoffenheim para abrir o placar

Rodada da Bundesliga excelente para o Bayern de Munique. No sábado, os Bávaros venceram o Hoffenheim na Allianz Arena por 2 a 0 – dois gols de Ribéry -, mantiveram a campanha 100% no campeonato e ainda contaram com o tropeço do vice-líder Frankfurt, que foi derrotado pelo Borussia M’gladbach fora de casa.

Com isso, o Bayern já abre cinco pontos de vantagem na liderança sobre o Eintracht.

O terceiro colocado é o Schalke, que atropelou o Wolfsburg na Veltins Arena e está a sete pontos do time de Munique. Farfán fez um dos gols dos Azuis-Reais no triunfo por 3 a 0 e, na comemoração, foi até o banco dos Lobos e lançou um “hijo de puta” (o popular “FDP”) para o técnico Felix Magath.

Vale lembrar que quando o treinador comandava o Schalke, ele quase foi o responsável pela saída de Farfán do clube. Mas o peruano permaneceu e quem saiu foi Magath.

Kuba vai desfalcar o Dortmund por 6 semanas

E o Borussia Dortmund? Além de ceder o empate nos últimos minutos diante do Hannover e ficar distante nove pontos do líder, ainda perdeu três peças importantes para os próximos jogos. Hummels, com uma lesão no pé, desfalcará a equipe por duas semanas. Mesmo tempo de recuperação de Bender, que levou um chute no rosto e ficará de fora por aproximadamente 15 dias.

O caso de Kuba é mais grave. Com uma torção no tornozelo esquerdo, o meia polonês fica de fora dos Amarelos por 6 semanas, perdendo, inclusive, o duelo contra o Real Madrid na Champions.

Ah, e só para informar que, como Hummels não poderá jogar pela seleção alemã nas eliminatórias da Copa 2014 contra Irlanda e Suécia, o técnico Joachim Löw convocou o zagueiro Westermann, do Hamburgo. Os Hanseáticos que conseguiram uma ótima vitória fora de casa diante do Greuther Fürth, gol do sul-coreano Son.

Nos outros jogos, Ibisevic e Kiessling brilharam no empate por 2 a 2 entre Stuttgart e Bayer Leverkusen e anotaram duas vezes cada um. Em Mainz, os donos da casa tiraram a invencibilidade do Fortuna Düsseldorf com um tento já no fim da partida. Já o Freiburg, sem dificuldades, fez 3 a 0 no Nuremberg.

Confira os resultados da 7ª rodada da Bundesliga:

Sexta, 5 de outubro
Augsburg 3 x 1 Werder Bremen

Sábado, 6 de outubro
Bayern de Munique 2 x 0 Hoffenheim
Schalke 3 x 0 Wolfsburg
Freiburg 3 x 0 Nuremberg
Mainz 1 x 0 Fortuna Düsseldorf
Greuther Fürth 0 x 1 Hamburgo

Domingo, 7 de outubro
Borussia M’gladbach 2 x 0 Frankfurt
Stuttgart 2 x 2 Bayer Leverkusen
Hannover 1 x 1 Borussia Dortmund

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última