Publicidade

Posts com a Tag Nils Petersen

segunda-feira, 23 de setembro de 2013 Bundesliga | 12:47

Leverkusen, Bayern e Werder vencem bem fora de casa

Compartilhe: Twitter

Kruse fez dois gols pelo Bayer Leverkusen

28 gols nos nove jogos da 6ª rodada, média de mais de três tentos por partida. Nada mal. E três times conseguiram vitórias importantes fora de casa. O Bayer Leverkusen foi atéa cidade de Mainz e enfiou 4 a 1 nos donos da casa – com direito a dois gols do bom australiano Robbie Kruse.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

A goleada deixa os Leões na terceira posição, apenas um ponto atrás do líder Borussia Dortmund e do vice Bayern de Munique. Com os mesmos 16 pontos e os mesmos 11 gols de saldo, os aurinegros levam vantagem sobre os Bávaros por conta dos gols marcados: 16 a 13.

Por falar no Dortmund, o técnico Jurgen Klopp usou um time misto diante do Nuremberg e voltou da Baviera com um amargo empate por 1 a 1. Já o Bayern de Munique, assim como o Leverkusen, triunfou muito bem longe da sua torcida. O atual campeão foi até Gelsenkirchen e atropelou o Schalke por 4 a 0, sem muitas dificuldades.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Atacante Petersen vence o goleiro Adler

Também fora de casa, o Werder Bremen derrotou o Hamburgo por 2 a 0 no tenso clássico do norte alemão, o Nordderby. O atacante Nils Petersen fez os dois gols dos Papagaios, que respiram na tabela de classificação. O HSV, por sua vez, ocupa agora a antepenúltima colocação, na frente apenas de Freiburg e Braunschweig.

Além de Petersen e Kruse, o croata Ivica Olic também marcou duas vezes no triunfo do Wolfsburg por 2 a 1 sobre o Hoffenheim. Na sexta-feira, o meia brasileiro Raffael já havia marcado dois gols na goleada do Borussia M’gladbach diante do lanterna Braunschweig.

Confira os resultados da 6ª rodada:

Sexta, 20 de setembro
Borussia M’gladbach 4 x 1 Braunschweig

Sábado, 21 de setembro
Hannover 2 x 1 Augsburg
Wolfsburg 2 x 1 Hoffenheim
Nuremberg 1 x 1 Borussia Dortmund
Mainz 1 x 4 Bayer Leverkusen
Hamburgo 0 x 2 Werder Bremen
Schalke 0 x 4 Bayern de Munique

Domingo, 22 de setembro
Freiburg 1 x 1 Hertha Berlim
Stuttgart 1 x 1 Eintracht Frankfurt

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 22 de maio de 2012 Amistosos, Vídeos | 23:33

Vaias para Robben, vaias para a torcida do Bayern

Compartilhe: Twitter

No amistoso da ressaca, o Bayern de Munique derrotou a Holanda por 3 a 2, na Allianz Arena – gols de Kroos, Petersen e Mario Gomez para os alemães, com Huntelaar e Narsingh descontando para os visitantes. Para quem não sabe, o jogo já estava agendado desde fevereiro de 2011 como forma de compensar as lesões que Robben teve na seleção em 2010, fato que havia deixado a diretoria bávara bastante irritada.

Enfim. Calhou de acontecer justamente três dias depois da derrota mais sofrida da história do Bayern. Mas os times tinham que jogar. E Robben, por contrato, tinha que atuar. E ele jogou, com a camisa da Holanda.

Robben começou no banco de reservas da seleção e entrou aos 31 minutos do segundo tempo. E a reação de grande parte dos torcedores que foram ao estádio foi lamentável, vaiando constantemente o camisa 10 da sua equipe sempre que encostava na bola.

Ele errou dois pênaltis decisivos na temporada, é verdade, mas ele fez de propósito? E o gol de pênalti na semifinal contra o Real Madrid? É óbvio que a perda do título da Champions pode ser colocada na conta do holandês, mas não se pode condenar Robben, que é um patrimônio do clube. Ainda mais depois de ter renovado o contrato até 2015.

Veja os cinco gols do amistoso:

http://www.youtube.com/watch?v=fJfMmsdtbis

Toni Kroos, autor de um dos gols, disse que as “vaias foram desnecessárias, um verdadeiro lixo“. Já Van der Vaart corroborou o discurso do meia alemão e falou que “o Bayern de Munique deveria se envergonhar da atitude da sua torcida”. Concordo com ambos.

Mas, justiça seja feita, alguns torcedores que foram ao amistoso levaram faixas de incentivo aos jogadores do Bayern e, principalmente, a Robben. “Cabeça erguida”, dizia uma delas.

Uma cena depois do duelo chamou bastante atenção. Schweinsteiger, que assistiu todo jogo do banco de reservas por conta de um desconforto na panturrilha, foi até Robben e os dois se cumprimentaram. Um gesto bem sincero deles, muito legal. Os dois personagens da final da Liga dos Campeões contra o Chelsea saíram abraçados de campo.

A Allianz Arena recebeu 33 mil pessoas. Um público até que razoável, levando em consideração os últimos acontecimentos com a equipe.

O Bayern jogou assim: Butt, Rafinha, Tymoshchuk (Boateng), Badstuber e Alaba (Contento); Luiz Gustavo, Pranjic, Kroos (Lahm) e Thomas Müller (Usami); Olic (Ribéry) e Petersen (Mario Gomez).

Autor: Tags: , , , , , , , ,