Publicidade

Posts com a Tag Philipp Lahm

sábado, 4 de janeiro de 2014 Seleção da Alemanha | 09:11

Qual foi o melhor jogador da seleção em 2013?

Compartilhe: Twitter

A DFB (Federação Alemã de Futebol) abriu votação para eleger o melhor jogador da seleção da Alemanha no ano de 2013. No total, foram 35 atletas utilizados por Joachim Löw nos 12 jogos do ano passado (contando amistosos e eliminatórias), mas somente 12 deles estão concorrendo à premiação. Os nomeados precisam ter atuado em mais de 50% das partidas – ou seja, em mais de seis duelos.

► Clique para votar no melhor jogador da seleção em 2013

Seleção da AlemanhaCom essa regra, alguns nomes de peso ficaram de fora do pleito, como Mario Götze, Marcell Schmelzer, Lars Bender, Max Kruse (seis jogos cada), Mats Hummels, Marco Reus, Lukas Podolski (cinco), Miroslav Klose, Ilkay Gündogan (quatro) e Bastian Schweinsteiger (três).

Os indicados sãoPer Mertesacker, Andre Schürrle (dez jogos cada), Philipp Lahm, Mesut Özil, Thomas Müller (nove), Manuel Neuer, Sami Khedira, Jerome Boateng, Benedikt Höwedes, Marcell Jansen (oito), Toni Kroos e Julian Draxler (sete).

Fiquei em dúvida entre Müller, Kroos e Özil, mas escolhi o atacante do Bayern de Munique. E você? Para votar, é só CLICAR AQUI. Vale lembrar que a eleição acontece só até o próximo dia 8 de janeiro, às 11h (horário de Brasília), quando a DFB encerra a votação online.

=)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 Liga dos Campeões | 19:34

Bayern passeia na Rússia, e Leverkusen apanha em casa

Compartilhe: Twitter

PFC CSKA Moskva v FC Bayern Muenchen - UEFA Champions LeagueO Bayern de Munique segue soberano e imbatível na Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, os Bávaros visitaram o CSKA, na gelada Moscou, e enfiaram 3 a 1, alcançando sua 10ª vitória consecutiva na competição – contando, claro, a campanha da temporada passada. Um recorde absoluto na história da Champions League.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Debaixo de muita neve, os alemães conseguiram segurar a pressão inicial dos russos e abriram o placar com Robben, aos 17 minutos, aproveitando cruzamento de Müller. No segundo tempo, o Bayern ampliou com um golaço de Götze, que driblou metade do time adversário. O japonês Honda marcou para os anfitriões batendo pênalti cometido por Dante, mas, também de pênalti, Müller decretou o triunfo dos visitantes.

A nota preocupante do jogo ficou por conta do capitão Philipp Lahm, que teve uma lesão muscular e deixou o duelo ainda no primeiro tempo. O Mundial de Clubes está chegando, hein?

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

A vitória mantém o Bayern de Munique na liderança absoluta do grupo D, com 15 pontos e 100% de aproveitamento. A equipe de Pep Guardiola só perde a primeira posição se, na última rodada, for derrotado pelo vice-líder Manchester City por dois ou mais gols de diferença, dentro da Allianz Arena.

Bayer Leverkusen v Manchester United -- UEFA Champions LeagueJá o Bayer Leverkusen se complicou na Champions. A paulada de 5 a 0 que levou do Manchester United, jogando em casa, derrubou os Leões para terceira posição da chave A com sete pontos, um atrás do Shakhtar Donetsk, segundo colocado. Os ingleses chegaram aos 11 pontos, lideram e garantiram uma vaga nas oitavas de final do torneio.

Na última rodada, o Leverkusen pega a Real Sociedad fora de casa e um empate serve para avançar de fase, desde que o Manchester United vença o Shakhtar, na Inglaterra. Se der empate em Manchester, o time alemão precisa vencer na Espanha. Agora, se a Real Sociedad ou Shakhtar vencerem, o Bayer está eliminado.

Jogando na BayArena, o time germânico foi totalmente submisso ao Manchester United. O primeiro tempo teve um amplo domínio dos ingleses, que foram para o intervalo vencendo por 2 a 0, gols de Valencia e Spahic, contra. Na etapa final, os visitantes seguiram mandando na partida e transformaram o triunfo em goleada, gols de Evans, Smalling e Nani. Ficou barato, poderia ser um vexame maior.

Agora, se for para o Bayer Leverkusen passar esses vexames, que fique com uma vaga na Liga Europa. Capaz de ser humilhado nas oitavas de final da Champions, caso avance.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 Fora dos campos | 09:49

Os “velhinhos” Schweinsteiger, Lahm e Müller

Compartilhe: Twitter

Nesta semana, o meia Bastian Schweinsteiger disse que seria engraçado se, daqui 30 anos, ele, Philipp Lahm e Thomas Müller dirigissem o Bayern de Munique, assim como fazem atualmente Uli Hoeness e Karl-Heinz Rummenigge, ex-jogadores de sucesso do clube da Baviera.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Baseado nesta declaração de Schweini, o diário Bild fez uma montagem bem divertida com os atletas, mostrando como o trio estaria daqui três décadas, lá no longínquo ano de 2043. Confira a foto:

Thomas Müller, Philipp Lahm e Bastian Schweinsteiger daqui 30 anos

Thomas Müller, Philipp Lahm e Bastian Schweinsteiger daqui 30 anos (Foto: Bild)

Aliás, Hoeness gostou da previsão de Schweinsteiger: “Eu acho muito bom quando os meninos se identificam com o Bayern de Munique. Mas não é só Bastian, Lahm ou Thomas. O goleiro Manuel Neuer é outro que pode virar dirigente aqui. Estes são jovens que têm cérebro e coração para representar bem o clube no futuro”, disse o presidente bávaro.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

A título de informação, Schweinsteiger tem 29 anos de idade, assim como o lateral direito Lahm, que em novembro entra na casa dos 30. Já Müller tem apenas 24 anos, enquanto Neuer está com 27.

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 18:09

Defesa falha, e Alemanha sofre para empatar com Paraguai

Compartilhe: Twitter

Com um primeiro tempo inseguro da defesa, mas muito bom no ataque, a Alemanha empatou com o Paraguai por 3 a 3, em Kaiserslautern, nesta quarta-feira, no primeiro amistoso da temporada europeia. Hummels e Khedira falharam nos tentos do rival, mas o setor ofensivo funcionou e salvou a equipe de uma derrota em casa.

► Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

A Alemanha começou devagar, quase parando, e levou dois gols antes dos 15 minutos de jogo. Aos nove, o paraguaio Nuñez recebeu lançamento em profundidade, apareceu livre nas costas de Hummels e fuzilou o goleiro Neuer. Quatro minutos mais tarde, Neuer cortou mal um cruzamento, Khedira errou o passe na entrada da área e Pittoni ampliou para os visitantes.

Neuer não conseguiu parar o Paraguai

Ninguém acreditava. Era o lanterna das eliminatórias sul-americanas ensaiando uma goleada para cima da Alemanha, dentro de Kaiserslautern.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Mas aí o time germânico colocou a bola no chão e passou a jogar do jeito que gosta. Depois de perder duas boas chances com Klose e Özil, a Nationalelf diminuiu com Gündogan, que acertou um belo chute colocado no canto do goleiro Villar. Isso aos 18 minutos. Mais tarde, aos 31, Hummels acertou um longo e perfeito lançamento para Müller, o meia-atacante dominou com estilo, ficou cara a cara com o arqueiro paraguaio e deixou tudo igual.

A Alemanha ainda perdeu dois gols com Reus, que ficou na frente do goleiro do Paraguai e não conseguiu marcar, e depois foi castigada ao levar o terceiro gol aos 46. Hummels levou outra bola nas costas – com o perdão do trocadilho -, o experiente Roque Santa Cruz recebeu na área e só rolou para Samudio, livre, marcar. Mertesacker chegou atrasado no lance.

Na segunda etapa, Joachim Löw arrumou o sistema defensivo colocando Boateng na vaga do lento Mertesacker. E melhorou  muito, tanto que o Paraguai mal chegou ao ataque e Neuer foi um mero espectador. Se a zaga ficou mais protegida, o poderio ofensivo piorou demais em relação aos primeiros 45 minutos.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Foram poucas chances (uma com Özil e outra com Mario Gomez) até o gol de empate, anotado por Lars Bender aos 30 minutos. A jogada começou com o próprio volante, que chutou de fora da área e exigiu uma boa defesa do goleiro adversário. No rebote, Podolski cruzou, Gomez errou a finalização e a bola sobrou para Bender ajeitar no peito e soltar a bomba. Um golaço. Nos últimos minutos, na base do abafa, a Alemanha desperdiçou mais algumas oportunidades com Boateng e Jansen.

Müller marcou o segundo gol alemão

Tirando a falha no segundo gol paraguaio, Khedira teve uma excelente atuação. Marcou muito no meio de campo e deu qualidade no passe. Os outros destaques alemães foram Bender, Müller e Lahm. Já o zagueiro Hummels, que não foi bem no primeiro tempo, melhorou na etapa complementar e demonstrou a costumeira segurança.

No meio de campo, Özil não tirou o pijama e errou alguns passes. Enquanto isso, Gündogan, autor do primeiro gol, estava bem no duelo até se machucar e sair do jogo ainda no primeiro tempo. E, assim como Özil, Reus não fez uma boa apresentação, perdendo dois gols na cara do goleiro. Podolski entrou e deu mais velocidade ao time pelo lado esquerdo.

Lá na frente, Klose não conseguiu marcar e perdeu mais uma chance de alcançar o recorde de Gerd Müller na artilharia da seleção. Fica para a próxima. E Mario Gomez, que entrou no seu lugar, teve apenas um bom lance de perigo, numa cabeçada. Foi só.

Próximo jogo da Alemanha será no dia 6 de setembro, na Allianz Arena, em Munique, pelas eliminatórias da Copa de 2o14. O adversário será a Áustria. Quatro dias depois, o time viaja até Ilhas Faroe para duelar contra os anfitriões.

Notas dos jogadores

Neuer 5,0, Lahm 8,0, Mertesacker 4,0 (Boateng 6,0), Hummels 5,5 e Schmelzer 6,5 (Jansen 6,5); Khedira 7,5, Gündogan 7,0 (Lars Bender 7,5), Özil 6,0, Reus 5,5 (Podolski 6,5) e Müller 7,5 (Schürrle Sem nota); Klose 6,5 (Mario Gomez 5,5)

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 6 de abril de 2013 Bundesliga | 12:29

No passinho do volante, Bayern é campeão alemão!

Compartilhe: Twitter

Acabou! O Bayern de Munique é o grande campeão alemão da temporada 2012/2013, somando agora 23 títulos nacionais em toda a sua história – já contando o período pré-Bundesliga. E tudo isso com seis rodadas de antecedência, um recorde absoluto no país, superando a marca de 1972/1973 do próprio clube bávaro, que conseguiu o título faltando quatro rodadas para acabar o torneio.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

É claro que os torcedores gostariam de celebrar a conquista depois daqueles 9 a 2 diante do Hamburgo, na Allianz Arena, semana passada, mas a vitória por 1 a 0 contra o Eintracht Frankfurt, fora de casa, teve um sabor especial. Cruzamento de Lahm e golaço de letra de Schweinsteiger. Uma jogada dos dois maiores xodós do Bayern de Munique atualmente.

Na comemoração, Bastian fez o passinho do volante com o zagueiro brasileiro Dante, dançando o “Lelek lek lek”.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Alaba chegou a perder um pênalti no primeiro tempo, chutando na trave, e o gol do título foi aos 12 minutos do segundo tempo. Logo após abrir o placar, os visitantes tentaram administrar a vantagem e sofreram uma pressão absurda dos anfitriões, que só não empataram porque Manuel Neuer fez duas defesas sensacionais e o árbitro ainda não marcou um pênalti a favor das Águias, depois que Dante meteu o braço na bola.

O objetivo da equipe agora é buscar a tríplice coroa, com as conquistas da Copa da Alemanha e da Champions League. Será que dá? Sei não hein, o time está voando.

O Borussia Dortmund bem que tentou adiar em mais uma semana o título do Bayern, mas dessa vez não deu. Nem o triunfo por 4 a 2 contra o Augsburg, no Westfalenstadion, foi capaz de estragar o fim de semana do rival. Na luta pelo vice-campeonato, o BVB se distanciou ainda mais do Bayer Leverkusen, que só empatou em casa com o Wolfsburg.

Já na briga pela Champions League, o Schalke derrotou o Werder Bremen fora de casa por 2 a 0 e consolidou a 4ª colocação. Em 5º agora aparece o Freiburg, que venceu o Hamburgo no norte alemão e está a três pontos dos Azuis-Reis. O Frankfurt caiu para 6ª posição e tem a mesma pontuação que o Freiburg. Na cola dos dois aparece o Borussia M’gladbach. Com a suada vitória sobre o Greuther Fürth, os Potros ficam a 4 pontos do Schalke e ainda sonhando.

Confira os resultados da 28ª rodada:

Sexta, 7 de abril
Hoffenheim 3 x 0 Fortuna Düsseldorf

Sábado, 6 de abril
Borussia Dortmund 4 x 2 Augsburg
Borussia M’gladbach 1 x 0 Greuther Fürth
Eintracht Frankfurt 0 x 1 Bayern de Munique
Werder Bremen 0 x 2 Schalke
Bayer Leverkusen 1 x 1 Wolfsburg
Hamburgo x 1 Freiburg

Domingo, 7 de abril
Nuremberg x 1 Mainz
Hannover x 0 Stuttgart

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 26 de março de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 18:51

Borussia Dortm… quer dizer, Alemanha vence outra

Compartilhe: Twitter

Não tem nem como tirar esse jogo contra o Cazaquistão como parâmetro de alguma coisa. A Alemanha não deu a menor chance para o adversário, venceu por 4 a 1 na cidade de Nuremberg e segue firme rumo à Copa do Mundo de 2014. Foi um jogo de ataque contra defesa, praticamente, tirando a falha bisonha de Neuer. A Nationalelf lidera a chave C com 16 pontos, oito a mais que Irlanda, Áustria e Suécia, que estão com oito.

► Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

Apesar de dominar todo duelo, o primeiro gol saiu apenas aos 23 minutos. Depois que Gündogan e Götze acertaram a trave cazaque uma vez cada, Marco Reus deu um drible desconcertante no defensor rival, mandou a bola no meio das suas pernas e finalizou para abrir o placar. Quatro minutos depois, Götze aproveitou linda jogada individual de Lahm e só desviou para o gol, fazendo 2 a 0.

Aos 27 minutos, Özil encontrou Gündogan na área e o meia do Borussia Dortmund ampliou. Aliás, só gols do BVB na primeira metade de jogo. Antes do intervalo, Gündogan ainda acertou outra bola na trave do Cazaquistão.

No começo do segundo tempo, Manuel Neuer quis aparecer um pouco. Como não encostou na bola na primeira etapa, o goleirão do Bayern de Munique recebeu um recuo de Mertesacker, resolveu driblar um adversário dentro da sua área e o atacante Schmidtgal, que joga no Greuther Fürth, aproveitou a besteira do arqueiro e chutou para o gol vazio.

A partir daí, sempre que encostava na bola, Neuer era vaiado pela torcida que lotou o Frankenstadion.

► Curta a página do Blog do Alemão no Facebook

Depois que levou o gol, a Alemanha continuou pressionando em busca de mais gols, mas parou no goleirão Sildenikov, que fez pelo menos umas cinco ou seis defesas difíceis. Sem contar as bolas na trave de Özil, Khedira e Müller. No total, os germânicos enfiaram seis bolas na trave. Os visitantes também acertaram o poste uma vez na segunda etapa. Nos últimos minutos, Reus recebeu passe de Gündogan e decretou a goleada.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Özil mais uma vez foi o maestro alemão no duelo, jogando muito bem e totalmente lúcido. Entretanto, o melhor em campo foi Philipp Lahm. O lateral atuou como um verdadeiro ponta direita e infernizou a defesa cazaque. Pelo outro lado, Schmelzer também teve uma atuação destacada no apoio ao ataque. Götze deu conta do recado jogando como “falso centroavante”, enquanto Thomas Müller ficou devendo. Uma atuação bastante apática do meia-atacante.

O curioso é que Joachim Löw fez só uma alteração na partida, colocando Jansen na vaga de Reus. Isso aos 45 minutos do segundo tempo já.

O próximo jogo da seleção alemã será apenas no dia 29 de maio, contra o Equador, em amistoso que será realizado nos Estados Unidos. Depois, em 2 de junho, a Nationalelf encara os norte-americanos em Washington.

Notas dos jogadores:

Neuer 3,0, Lahm 8,5, Boateng 7,0, Mertesacker 6,5 e Schmelzer 7,5; Khedira 6,5, Gündogan 7,0 e Özil 8,0; Müller 5,0, Reus 7,0 (Jansen sem nota) e Götze 7,0

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quarta-feira, 7 de novembro de 2012 Liga dos Campeões | 20:20

Alemães lideram seus grupos na Champions

Compartilhe: Twitter

Pizarro chuta para marcar um de seus três gols no jogo

Os três times alemães que entraram em campo neste meio de semana pela Liga dos Campeões não perderam. O que é bom, mas poderia ter sido melhor. O único que venceu foi o Bayern de Munique, que atropelou o pobre Lille na Allianz Arena com impiedosos 6 a 1.

► Vote no BLOG DO ALEMÃO como melhor blog esportivo de 2012

O primeiro tempo bávaro foi simplesmente perfeito. Em menos de 30 minutos, a equipe já vencia o duelo por 5 a 0, com direito a três gols do peruano Pizarro, um de Schweinsteiger e outro de Robben – esses dois últimos marcaram em cobranças de falta. Na etapa final, Kroos completou o massacre, que só não foi maior porque o Bayern perdeu muitos gols e tirou o pé. Daria para fazer uns 10 ou 11 gols, sem exagerar.

Além dos três gols de Pizarro, “hat-trick” também para o lateral Philipp Lahm. Ele deu assistências para dois gols do peruano e para o tento de Kroos. Espetacular a atuação ofensiva do capitão da equipe e da Nationalelf. E “hat-trick” também para Robben, mas esse de gols perdidos. Na verdade, o holandês perdeu uns quatro gols.

Com o resultado, o Bayern assume a ponta do grupo F com 9 pontos conquistados, mesma pontuação do Valencia, que bateu o BATE Borisov no outro jogo da rodada. O time de Belarus está em 3º com seis pontos, enquanto o Lille segue com zero.

Mario Götze no lance do 2º gol do BVB

Por falar em atuação impecável, que jogaço o Borussia Dortmund fez na Espanha, hein? Não se intimidou com o Santiago Bernabéu lotado e jogou de igual para igual contra o poderoso Real Madrid no empate por 2 a 2. E só não ganhou porque Weidenfeller, na minha opinião, falhou no gol de falta de Özil nos minutos finais. O goleirão foi andando para a bola e viu ela bater na trave e entrar.

Antes disso, Marco Reus e Mario Götze infernizaram a zaga merengue. Mas vale destacar a importância de Lewandowski nos dois gols dos Amarelos. No primeiro, ele escorou de cabeça para Reus, que ajeitou e soltou a bomba. No fim da 1ª etapa, o atacante polonês tocou mais uma vez de cabeça, Grosskreutz dominou e encontrou Götze entrando na área. O camisa 10 passou pela marcação e tocou por cima de Casillas.

Özil fez o segundo gol do Real e ainda deu a assistência para o primeiro, anotado por Pepe.

O empate deixa o Dortmund na liderança da chave D com oito pontos, seguido pelo Real Madrid, que tem sete. Na terceira posição aparece o Ajax, que tem quatro, com o Manchester City segurando a lanterna, dois pontos.

Farfán fez o gol de empate do Schalke

Por fim, o Schalke. Os Azuis-Reais jogaram em casa e saíram perdendo por 2 a 0 do Arsenal, mas buscaram o empate por 2 a 2, somando um ponto precioso na chave. E se apertasse um pouco mais, conseguiria a vitória. O time lidera o grupo B com oito pontos, seguido de perto pelo Arsenal, sete, e pelo Olympiacos, que tem seis. O Montpellier tem apenas um.

No primeiro tempo, Walcott abriu o placar após falha do bom volante Neustädter, que cabeceou para trás no lance que terminou no gol adversário. Depois, o atacante Giroud ampliou para os ingleses – assistência de Podolski – e a vaca parecia que estava indo para o brejo. Parecia, porque antes do intervalo Huntelaar diminuiu, dando ânimo para o Schalke.

Na segunda etapa, a pressão azul foi imensa e culminou no empate. Farfán recebeu pela direita da área e soltou a bomba. A bola ainda desviou na zaga antes de entrar. A partir daí, o jogo ficou morno. Tanto Schalke quanto Arsenal pareciam que estavam satisfeitos com o resultado e pouco se arriscaram.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 23 de outubro de 2012 Liga dos Campeões | 22:49

Bayern vence fora e embola grupo da Champions

Compartilhe: Twitter

Thomas Müller e Philipp Lahm

Está vendo esses dois rapazes aí da foto? Eles decidiram a partida a favor do Bayern de Munique contra o Lille, na França, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A vitória por 1 a 0 foi construída ainda no primeiro tempo, quando Philipp Lahm foi derrubado na área e Thomas Müller converteu a penalidade com categoria.

Aliás, não me lembro de ver Müller batendo pênalti em outras oportunidades.

► Vote no BLOG DO ALEMÃO como melhor blog esportivo de 2012

A partida em si foi bastante fraca. O Bayern jogou para o gasto e controlou as ações ofensivas dos franceses, que não incomodaram a meta de Manuel Neuer. No ataque, poucas chances de gols para os Bávaros, até porque Ribéry saiu machucado no intervalo e o time perdeu com a ausência do camisa 7.

Com a vitória, o Bayern chegou aos mesmos seis pontos de BATE Borisov e Valencia, enquanto o Lille ainda não pontuou. No outro jogo desta terça, os espanhóis foram até Belarus e enfiaram 3 a 0, mas o BATE lidera a chave F nos critérios de desempate, com os germânicos em segundo.

Nesta quarta-feira tem Borussia Dortmund e Schalke em campo pela Champions. Os Amarelos recebem o Real Madrid, e os Azuis-Reais viajam até a Inglaterra para desafiar o Arsenal. Jogos dificílimos para os arquirrivais.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 15 de outubro de 2012 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 15:40

Prévia de Alemanha x Suécia: Pelo fim da zica de Berlim

Compartilhe: Twitter

Buscando fechar o ano das eliminatórias para Copa do Mundo com 100% de aproveitamento, a Alemanha encara a Suécia nesta terça-feira, na capital do país, pela 4ª rodada da competição europeia. A tricampeã mundial tem 9 pontos no grupo C, enquanto a Suécia está com 6, em 2º.

Clique aqui e confira a agenda completa de jogos da seleção da Alemanha

Lukas Podolski marcou no Alemanha 2 x 0 Suécia da Copa do Mundo de 2006

Depois deste duelo contra os suecos, o time germânico volta a campo em novembro para um amistoso diante da Holanda. Jogo pelas eliminatórias só em março de 2013, em duas partidas contra o Cazaquistão.

Quando: 16/10/2012, terça-feira
Onde: Estádio Olípico, em Berlim-ALE
Porque: Eliminatórias da Copa 2014
Horário: 15h45 (de Brasília)
Na TV: ESPN e ESPN + (ao vivo)

O técnico Joachim Löw deverá fazer duas mudanças na equipe que goleou a Irlanda na semana passada. O capitão Lahm volta à lateral direita – com isso, Boateng fica como opção no banco -, enquanto Kroos, que entrou muito bem no último jogo e fez dois gols, pode ganhar a vaga de Khedira como volante ao lado de Schweinsteiger.

Se as trocas forem confirmadas, o time deve ter Neuer, Lahm, Mertesacker, Badstuber e Schmelzer; Kroos, Schweinsteiger, Özil e Reus; Thomas Müller e Klose.

Palpite? 2 a 0, sem grandes sustos, gols de Özil e Klose. Vamos combinar que a Suécia hoje em dia é só Ibrahimovic, o restante da equipe é de regular para baixo. Não tem como não ganhar em casa.

Confrontos
Alemanha e Suécia já duelaram 34 vezes em toda história, com pequena vantagem para a Nationalelf, que venceu 14 jogos e perdeu outros 12. Ainda aconteceram 8 empates. Os germânicos anotaram 61 gols e sofreram 53.

Curiosidades
– A cidade de Berlim, palco do jogo desta terça, já recebeu outros 4 duelos
– E em Berlim, a Alemanha nunca venceu a Suécia: 3 derrotas e 1 empate
– Em meses de outubro, a Alemanha venceu 2 jogos, a Suécia 2 e aconteceu 1 empate
– Dos 34 jogos, em apenas dois não aconteceram gols
– A cidade que mais recebeu jogos foi Estocolmo, na Suécia: 14 duelos
– Cinco jogos foram por eliminatórias de Copa do Mundo
Quatro partidas foram em Copas do Mundo

Pôster do jogo de 1937

Confira alguns desses duelos:

Último jogo
17/11/2010 – Amistoso
Suécia 0 x 0 Alemanha, em Gotemburgo-SUE

Primeiro jogo
18/06/1911 – Amistoso
Suécia 2 x 4 Alemanha, em Estocolmo-SUE

Maior vitória alemã
21/11/1937 – Eliminatórias Copa de 38
Alemanha 5 x 0 Suécia, em Hamburgo-ALE

Maior derrota alemã
31/08/1924 – Amistoso
Alemanha 1 x 4 Suécia, em Berlim-ALE

Jogo mais importante
24/06/1958 – Semi da Copa de 58
Suécia 3 x 1 Alemanha, em Gotemburgo-SUE

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 11 de outubro de 2012 Eliminatórias da Copa, Seleção da Alemanha | 10:19

Prévia de Irlanda x Alemanha: Osso duro de roer

Compartilhe: Twitter

Nesta sexta-feira, a Alemanha tem mais um desafio na busca por uma vaga na Copa do Mundo de 2014, aqui no Brasil. Com duas vitórias em duas partidas disputadas, a Nationalelf encara a Irlanda, fora de casa, tentando manter a liderança isolada (6 pontos) e o aproveitamento de 100% no grupo C das eliminatórias. Os irlandeses estão em 3º com 3 pontos, mesma pontuação da Suécia, 2ª colocada.

► Clique aqui e confira a agenda completa de jogos da seleção da Alemanha

Klose esteve presente no jogo da Copa de 2002 e marcou no empate por 1 a 1 contra a Irlanda

Quando: 12/10/2012, sexta-feira
Onde: Aviva Stadium, em Dublin-IRL
Porque: Eliminatórias da Copa 2014
Horário: 15h45 (de Brasília)
Na TV: Sportv 2 (ao vivo)

Para o duelo, o técnico Joachim Löw não poderá contar com Philipp Lahm, suspenso pelo acúmulo de cartões, e Hummels, que se machucou no último jogo do Borussia Dortmund. Além, claro, de Mario Gomez, que ainda nem estreou nesta temporada por conta de uma cirurgia no tornozelo.

Quem volta é Schweinsteiger, ausente dos dois primeiros jogos da equipe nas eliminatórias e atualmente vivendo ótima fase no Bayern de Munique. Sem Lahm, o meia será o capitão da seleção e deve entrar na vaga de Kroos. A provável escalação para pegar os irlandeses terá Neuer, Boateng, Mertesacker, Badstuber e Schmelzer; Khedira, Schweinsteiger, Özil e Reus; Müller e Klose.

Palpite? O histórico abaixo mostra que a Irlanda não é uma presa fácil para a Alemanha, mas ainda assim aposto em uma boa vitória por 3 a 1, gols de Klose, Özil e Müller. E você?

Osso duro de roer

Ao longo de toda história, Alemanha e Irlanda se enfrentaram 16 vezes. E o retrospecto não é tão favorável assim para os alemães, que venceram 7 jogos, perderam 5 e empataram outros 4 –  foram 25 gols a favor dos germânicos e 21 contra. Ou seja, bastante equilíbrio entre as seleções.

Cartaz do jogo amistoso de 1936, que terminou Irlanda 5 x 2 Alemanha

Confira alguns desses duelos:

Último jogo
13/10/2007 – Eliminatórias Euro 2008
Irlanda 0 x 0 Alemanha, em Dublin-IRL

Primeiro jogo
08/05/1935 – Amistoso
Alemanha 3 x 1 Irlanda, em Dortmund-ALE

Maior vitória alemã
04/05/1966  – Amistoso
Irlanda 0 x 4 Alemanha, em Dublin-IRL

Maior derrota alemã
17/10/1936  – Amistoso
Irlanda 5 x 2 Alemanha, em Dublin-IRL

Em Copa do Mundo
05/06/2002 – Fase de grupos
Alemanha 1 x 1 Irlanda, em Ibaraki-JAP

Autor: Tags: , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. Última