Publicidade

Posts com a Tag Shkodran Mustafi

quarta-feira, 28 de outubro de 2009 Seleção da Alemanha, Vídeos | 00:05

Elástico humilhante

Compartilhe: Twitter

Pra quem não viu, aí está o vídeo com o elástico que o argentino Araujo deu no alemão Mustafi, como citei no post anterior. Depois ele ainda cruzou de letra. Assista no player aí embaixo.

Humilhante, não?!

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 27 de outubro de 2009 Seleção da Alemanha | 15:10

Apagão na meninada

Compartilhe: Twitter

Assim como aconteceu contra a Nigéria, quando cedeu o empate por 3 a 3 depois de abrir 3 a 0, a Alemanha vacilou feio diante da Argentina e perdeu a primeira no Mundial Sub-17. Levou dois gols em um minuto e foi derrotada por 2 a 1, de virada. Pane geral!

O jogo foi de dois tempos distintos. No primeiro, domínio total alemão, com gol de cabeça de Mario Goetze, o melhor jogador do time. Na segunda etapa, os argentinos viraram com gol de pênalti de Espindola, aos 12, e outro de Araujo, aos 13, aproveitando uma bobeira incrível do lateral-direito Bienvenue Basala (o nome já mostra que ele não é “alemão da gema”). Na saída de bola, logo depois que tomou o primeiro gol, ele recuou a bola de forma bisonha e o atacante da Argentina agradeceu balançando as redes.

Alemanha 1 x 2 ArgentinaConsegui acompanhar o jogo por inteiro e dá pra fazer umas análises preliminares dos jovens alemães. Do meio pra frente o time é muito bom. Goetze e Lennart Thy formam uma dupla interessante no setor ofensivo, recebendo o apoio do próprio Basala pela ala, que manda bem quando sobe, mas é um desastre na marcação.  Outro que manda mal é Reinhold Yabo, capitão da equipe. Erra muitos passes, meu Deus. Talvez não seja sempre assim, mas pelo que vi…

Shkodran Mustafi também se mostrou bastante inseguro na proteção à zaga. Ele, aliás, tomou um elástico maravilhoso do atacante argentino Araujo no segundo tempo. Vocês viram? Na boa, deve estar doendo a coluna dele até agora, foi impressionante. Prometo que vou procurar esse vídeo no Youtube e, se achar, coloco aqui… se alguém conseguir antes, me avise.

Enfim, a classificação ficou à perigo, mas não impossível. Se vencer Honduras na última rodada, sexta-feira, tem grandes chances de seguir para as oitavas-de-finais, ainda que com a 3ª colocação. Acertando o sistema defensivo, dá pra chegar longe.

Na quarta-feira volto aqui com o que de melhor aconteceu na Copa da Alemanha, que tem jogos hoje e amanhã.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sábado, 24 de outubro de 2009 Fora dos campos, Seleção da Alemanha | 21:13

Como assim?

Compartilhe: Twitter

Shkodran Mustafi

Inacreditável o que fez a seleção sub-17 da Alemanha na estreia do Mundial da categoria. Conseguiu ceder o empate para a Nigéria após abrir 3 a 0 no placar. Como se explica isso?

Tá bom, até tem explicação. A Nigéria é a dona da casa, o estádio estava lotado, empurrando a seleção africana para cima dos germânicos, mas um fator foi decisivo para esse deslize alemão: a expulsão de Robert Labus. Com um homem a menos, não foi possível suportar e a pressão dos anfitriões. E depois que empataram o jogo em 3 a 3, os nigerianos ainda tiveram chances claras para virar o marcador, mas falharam. Então, o empate até que ficou barato.

Os gols da Alemanha foram marcados por Shkodran Mustafi, bom zagueiro (o da foto aí de cima) que foi revelado no Hamburgo, e que joga no Everton-ING -, Mario Goetze, meia-atacante do Borussia Dortmund, e Lennart Thy, atacante do Werder Bremen.

Confesso que não conheço muito bem essa geração de valores alemães, mas prometo que ficarei atento a esse Mundial Sub-17 pra ver quem pode brilhar no futuro. Próxima partida é na terça-feira que vem, dia 27, contra Argentina, que começou o torneio derrotando Honduras por 1 a 0. Tem que vencer!

***

E a notícia do sábado é o acerto de Lothar Matthaus com o Racing, da Argentina. Sim, o ex-jogador alemão chega na próxima semana em terras hermanas para assumir o clube. Aventura master! O último time que dirigiu foi o Maccabi Netanya, de Israel. Quem não se lembra da passagem relâmpago dele pelo Atlético-PR, em 2006? Pelo menos saiu invicto – ficou sete jogos, conquistando cinco vitórias e empatando duas vezes. Na época ele disse que estava com saudades da família (?!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,