Publicidade

Posts com a Tag Wembley

terça-feira, 19 de novembro de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 19:17

Alemanha arma ‘muro de Berlim’ em Wembley e bate Inglaterra

Compartilhe: Twitter
Capitão Mertesacker marcou o gol da vitória alemã

Capitão Mertesacker marcou o gol da vitória alemã

Um paredão alemão em Wembley. A Inglaterra poderia jogar mais 5 horas que não ia conseguir passar pela defesa germânica no amistoso desta sexta-feira. Excelente atuação dos zagueiros Mertesacker, Boateng, Hummels e Höwedes, que tiraram todas as bolas ali de trás, tanto por cima quanto por baixo. Mertesacker, aliás, ainda foi para o ataque e marcou o único gol da vitória da Nationalelf por 1 a 0, dentro de Londres.

► Confira a agenda completa e outras informações sobre a seleção da Alemanha

Os jogos contra Itália e Inglaterra foram um alento e mostraram que o sistema defensivo vai se ajustando aos poucos, chegando perto do ideal. Se arrumar a cozinha, a Alemanha é favoritíssima para vencer a Copa, já que o poderio ofensivo dispensa comentários, só jogador de alto nível.

Diante de um time alemão desfigurado e cheio de reservas, a Inglaterra, com seus titulares, tomou conta do primeiro tempo. A superioridade e o maior volume de jogo, entretanto, não foram transformados em chances de gol, tanto que Weidenfeller, estreante do dia, praticamente não foi testado nos primeiros 45 minutos e não fez uma defesa difícil sequer.

Aos 39 minutos, a Alemanha apareceu pela primeira vez no ataque. E foi fatal. Kroos cobrou o escanteio, Mertesacker cabeceou firme e Hart fez a defesa. Kruse pegou o rebote e o goleiro inglês fez outra intervenção, espalmando para fora. No novo tiro de canto, outra cobrança de Kroos, mais uma cabeçada do zagueirão do Arsenal, mas dessa vez a bola entrou.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Na etapa final, Hummels entrou na vaga de Boateng e manteve o bom desempenho no miolo de zaga, ganhando todas as jogadas. O defensor, porém, se machucou e deu lugar a Höwedes. Resta saber se Hummels terá condições de jogar o clássico de sábado pela Bundesliga, quando o Borussia Dortmund recebe o Bayern de Munique. Só isso.

Rooney pouco fez contra o paredão germânico

Rooney pouco fez contra o paredão germânico

Com uma postura bastante diferente, a Alemanha passou a atacar mais e assustar a Inglaterra, principalmente nos contra-ataques. Sumidos no primeiro tempo, Reus e Götze melhoraram demais e quase deixaram suas marcas, parando nas mãos do goleiro rival. No meio defensivo, os irmãos Bender atuaram os 90 minutos e conseguiram substituir à altura a dupla titular Schweinsteiger-Khedira. Claro que sem a mesma qualidade, mas mostraram segurança.

► Me segue lá no Twitter: @alemao_mario

Assim como na primeira etapa, Weidenfeller não fez defesas na segunda, apesar de ter levado uma bola na trave. Pelas laterais, Schmelzer e Westermann completaram a boa atuação defensiva da equipe.

E, justiça seja feita, Jansen fez um ótimo jogo contra os italianos, na semana passada, e entrou melhor ainda na etapa complementar diante dos ingleses. Arrisco dizer que o ala do Hamburgo carimbou seu passaporte para o Mundial. Se bobear, ganha até a vaga de titular. Vive uma excelente fase com a camisa tricampeã, surpreendentemente. Depois da Copa de 2010, não apostava em Jansen defendendo a seleção no Brasil.

Alemanha agora só em 2014. A equipe tem um amistoso agendado contra o Chile, no dia 5 de março, na cidade de Stuttgart. Semanas antes do Mundial, o time ainda deverá fazer outros amistosos e jogos-treino, inclusive em solo brasileiro.

Notas dos jogadores:

Weidenfeller 6,5, Westermann 6,5 (Draxler Sem nota), Boateng 8,5 (Hummels 8,5, depois Höwedes 8,0), Mertesacker 9,5 e Schmelzer 7,0 (Jansen 8,5); Lars Bender 7,0, Sven Bender 7,0, Kroos 6,5, Götze 7,5 e Reus 7,0 (Schürrle 6,5); Kruse 5,5 (Sidney Sam 7,5)

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 18 de novembro de 2013 Amistosos, Seleção da Alemanha | 09:10

Prévia de Inglaterra x Alemanha e o drama de Khedira

Compartilhe: Twitter

Sami Khedira

Que pena o Khedira, hein? No amistoso da Alemanha contra a Itália, na semana passada, o volante rompeu os ligamentos do joelho direito e terá que fazer uma cirurgia para reconstrução. Como o prazo de recuperação é de seis meses, a participação do jogador na Copa do Mundo está ameaçadíssima – ele voltaria no final do de maio de 2014, sendo que o Mundial começa na primeira quinzena de junho. Ainda há esperanças.

► Confira a agenda completa e outras informações sobre a seleção da Alemanha

Caso o atleta do Real Madrid não possa mesmo jogar a Copa, Kroos e Gündogan, atualmente lesionado, disputarão o posto de titular ao lado de Schweinsteiger. “Este é um golpe duro para todos nós. Khedira é um grande lutador dentro e fora dos gramados. Sempre pensa positivo e isso vai ajudá-lo. E por isso estou otimista de que ele estará em forma novamente no pontapé inicial da Copa do Mundo no Brasil. Vamos cruzar nossos dedos para que a cirurgia corra bem e para que ele passar iniciar rapidamente a reabilitação”, disse o técnico Joachim Löw.

► Curta página do Blog do Alemão no Facebook

Para o amistoso diante da Inglaterra, nesta terça-feira, o último do ano, o treinador deverá escalar Sven Bender na vaga de Khedira. Na verdade, Löw planeja mandar a campo um time bem diferente do que empatou com os italianos. Recuperado de uma gripe, Mertesacker volta à zaga. No gol, Roman Weidenfeller fará sua estreia. Se for bem, carimba seu passaporte para o Brasil. E dos atletas que entraram em campo na terça passada, apenas Hummels, Höwedes e Kroos devem permanecer entre os titulares.

Quando: 19/11/2013, terça-feira
Onde: Wembley, em Londres-ING
Porque: Amistoso
Horário: 18h00 (de Brasília)
Na TV: ESPN Brasil

Özil, Lahm e Neuer serão poupados e não ficam nem no banco de reservas. Se Löw mandar a campo o time que treinou, a Nationalelf que começa o duelo contra os ingleses terá Weidenfeller, Höwedes, Mertesacker, Hummels e Schmelzer; Sven Bender, Kroos, Draxler, Sidney Sam e Reus; Kruse. Um time rápido e jovem do meio para frente, mas ainda inexperiente. Se empatar fora de casa, já está de bom tamanho. Meu palpite é 2 a 2.

História

São 32 jogos entre as seleções ao longo dos anos, com vantagem para os ingleses, que venceram 15 vezes. A Alemanha tem 11 vitórias, com outros seis empates registrados. Aliás, a pior derrota dos alemães em toda história foi justamente diante do rival desta terça. Em 1909, a Inglaterra enfiou impiedosos 9 a 0, em amistoso realizado em Oxford.

Confira alguns desses duelos:

Último jogo e maior vitória alemã
27/06/2010 – Oitavas da Copa do Mundo
Alemanha 4 x 1 Inglaterra, em Bloemfontein (África do Sul)

Copa do Mundo de 2010, Alemanha 4 a 1

Copa do Mundo de 2010, Alemanha 4 a 1

Primeiro jogo
20/04/1908 – Amistoso
Alemanha 1 x 5 Inglaterra, em Berlim (Alemanha)

Maior derrota alemã
16/03/1909 – Amistoso
Inglaterra 9 x 0 Alemanha, em Oxford (Inglaterra)

Jogo mais importante
30/07/1966 – Final da Copa do Mund0
Inglaterra 4 x 2 Alemanha, em Londres (Inglaterra)

Primeira vitória alemã
01/06/1968 – Amistoso
Alemanha 1 x 0 Inglaterra, em Hannover (Alemanha)

Autor: Tags: , , , , , ,